Volkswagen se lança ao mar com projeto de iate elétrico

Associada ao estaleiro austríaco Silent-Yachts, montadora amplia horizonte de seu sistema modular de baterias MEB, impulsionando catamarã movido a energia solar

Volkswagen se lança mar em projeto de iate elétrico

O Grupo Volkswagen acaba de revelar uma maneira surpreendente de estimular o interesse pela mobilidade limpa e de demonstrar os pontos fortes de sua plataforma modular 100% elétrica MEB, desenvolvida para ser a base da família ID.. Com isso, a VW pretende mostrar que prazer ao conduzir, grandes autonomias, viagens silenciosas e emissão zero de carbono também são possíveis em alto mar.

Em parceria com o estaleiro austríaco Silent-Yachts, especializado em embarcações de luxo movidas a energia solar, a montadora alemã anunciou o projeto do Silent 50, um barco do tipo catamarã – com cascos paralelos em forma de canoas – de 50 pés (15,2 metros), que alia a captação de energia através de painéis fotovoltaicos ao seu sistema de propulsão totalmente movido a eletricidade, alimentado por meio baterias de íons de lítio.

Volkswagen Silent 50

A reponsabilidade pelo design foi entregue à Cupra – divisão de veículos elétricos da Seat, marca espanhola pertencente ao Grupo VW -, que, em colaboração com o próprio estaleiro, conseguiu trazer para bordo o seu toque de esportividade contemporânea e estilo empolgante, resultando em um desenho que impressiona. Foi uma experiência inteiramente nova para os designers de carros, que tiveram de pensar de forma completamente diferente em termos de dimensões, proporções e superfícies, além de adaptar suas ideias para a geometria do iate. Mas, pelo que se vê, o resultado valeu os esforços.

Dessa forma, cada elo do trio traz algo único para o projeto. A Volkswagen proporciona o estado da arte em propulsão elétrica a bateria, que propicia a mobilidade livre de emissões. A Cupra participa em termos de design, incorporando o conceito estimulante pelo qual a empresa é conhecida. E, de sua parte, o Silent-Yachts entra com a sofisticada construção da embarcação e seu sistema de captação de energia solar, que combina a geração de eletricidade sustentável com o menor desperdício possível.

Já à venda na Europa, VW ID.3 é o primeiro modelo equipado com o sistema MEB

A plataforma Modular Electrification Toolkit (MEB, na sigla em alemão, que pode ser traduzido como “Jogo de Ferramentas Modular de Eletrificação”) é um sistema escalável para produção de veículos movidos a bateria totalmente criado pela Volkswagen.

Desde o início o desenvolvimento dessa plataforma, em 2015, a montadora vem apresentando uma série de conceitos baseados nela e que vão compor a família ID. de modelos 100% elétricos, entre eles os hatches ID. 3 e ID.4, ambos já à venda na Europa, e a nova versão da Kombi, chamada de ID. Buzz, prevista para chegar ao mercado em 2022.

Plataforma Volkswagen MEB 100% elétrica

O elemento central da plataforma MEB é a bateria de tração de alta voltagem. Seu desenho achatado (parecido com uma barra de chocolate) e o posicionamento por todo o assoalho do veículo têm papéis fundamentais no projeto, propiciando centro de gravidade mais baixo e melhor distribuição do peso pela estrutura. Composta por submódulos, sua formatação pode variar o número desses componentes, possibilitando a máxima flexibilidade: se o veículo requer maior autonomia, então mais módulos serão adicionados ao projeto.

A projeto da plataforma MEB adota o sistema de recarga do tipo plug-in, no qual o reabastecimento da bateria é feito por meio de uma tomada no veículo. Para repor a energia da bateria, basta conectar ali o plugue do cabo da estação de recarga ligada à rede elétrica.

Silent Yacht 55

Na adaptação para o uso náutico, pelo que pode ser visto na única ilustração divulgada do projeto, serão utilizados dois módulos de baterias, instalados sob o piso da popa e do salão principal, enquanto os dois motores elétricos ficarão abrigados de cada lado casco.

A recarga será feita por meio dos painéis solares de módulos fotovoltaicos, que são a principal fonte de energia dos projetos do estaleiro austríaco. Dessa forma, o modelo Silent 55, por exemplo, pode navegar por mais de 160 quilômetros por dia sem consumir uma gota de combustível, sequer.

Conceito Volkswagen Silent 50

O interesse da Silent-Yachts pela plataforma MEB da VW vem da possibilidade de ganho em economia de escala, permitindo que o barco possa ser produzido com custo menor. Fora isso, a unidade de força MEB não apenas é potente e silenciosa, mas também proporciona o nível quase imperceptível de vibrações.

Motor elétrico do Silent Yacht 55

Paralelamente, todos os modelos da Silent-Yachts são equipados com um potente gerador a diesel, utilizado como fonte de energia reserva. Além de garantir eletricidade em casos de emergência, o recurso também pode ser acionado para recarregar as baterias durante longos períodos de condições de clima desfavoráveis ou sempre que for exigida a navegação em alta velocidade por mais de duas horas.

Casco de fibra de carbono contribui para reduzir peso do barco pela metade

A construção leve do casco é resultado do design biônico combinado ao uso de fibra de carbono e resinas de alta qualidade. As linhas que ficam embaixo d´água são otimizadas por meio da ferramenta virtual Dinâmica de Fluidos Computacional (CFD, na sigla em inglês) e, também, fisicamente, em tanques de testes.

Isso reduz significativamente o peso à metade, comparado com um iate de construção e motorização convencionais, ao mesmo tempo em que eleva os níveis de eficiência dinâmica, proporcionando propulsão mais veloz e autossustentável.

Interior do Silent Yacht 55 também é decorado com materiais leves

O salão e as cabines são revestidos com material de isolamento térmico, para manter o interior do barco em temperaturas confortáveis.

O mobiliário interno é feito de placas leves e resistentes feiras de material compósito e lâminas de madeira, contribuindo para a redução de peso e maior eficiência de energia.

Primeiro protótipo da parceria deve ser colocado na água em 2022

A meta comum para a VW, Cupra e Silet-Yachts agora é colocar na água um barco com a propulsão MEB ao longo de 2022. Após o período de incubação por quatro anos, a parceria espera produzir ao menos 50 unidades anuais do Silent Yacht 50 equipado com o sistema MEB – e até mais se necessário. No futuro, os componentes da VW também poderão ser instalados em outros modelos do estaleiro austríaco.

Por enquanto, o preço final do barco não foi divulgado e a expectativa fica em torno de o quanto a adoção da plataforma impactará nisso. Apenas para se ter ideia, o Silent 55 tem preço básico de 1,97 milhão de euros – algo em torno de R$ 13 milhões -, lembrando que se trata de um barco de 16,7 m, classe de pequeno para médio porte.  

Fonte: Grupo VW e Silent-Yachts e Forbes I Tradução e Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação