LINHA TRIUMPH TIGER 1200 GANHA SUSPENSÃO “ATÉ PARA BAIXINHOS”

Novo recurso faz com que a altura do banco vá baixando à medida em que a moto desacelera. Assim, dá pra todo mundo pilotar (e parar sem medo) a bigtrail inglesa




Linha Triumph Tiger 1200 ganha suspensão “até para baixinhos”

Se você acha que não tem estatura suficiente para acelerar – ou pior, parar em pé – sobre uma bigtrail, seus problemas acabaram! E não se trata, neste caso, de algum produto mirabolante com o selo “tabajara”, como um par de botinas com latinhas de alumínio embaixo da sola ou uma versão reforçada das rodinhas das nossas primeiras bicicletas. Não, nada disso.

A novidade libertadora para aventureiros(as) de todas as dimensões da morfologia humana – mas, especialmente, para os que se enquadram no segmento mais “compacto” da espécie, digamos – vem de Hinkley, na Inglaterra, onde fica a matriz da Triumph Motorcycles.

Triumph Tiger 1200

Lá, a fabricante britânica acaba de revelar uma inovação na tecnologia da suspensão traseira da Tiger 1200 que baixa, automaticamente, a altura do assento até o chão, à medida em que a moto vai perdendo velocidade antes das paradas, por meio da redução da pré-carga ativa do sistema pressurizado.

 

Com isso, ao estancar completamente, o piloto ou a pilota, de qualquer tamanho, terá condição de plantar os dois pés no chão, sem precisar se equilibrar na pontinha dos dedões – situação nada confortável e/ou publicável no instagram.

Atualmente, os modelos GT, GT Pro e GT Explorer oferecem duas configurações de altura do assento – 850 e 870 mm -, enquanto para a Rally Pro e Rally Explorer são 875 e 895 mm.

Caso for necessário, é possível instalar um assento ainda mais baixo, oferecido como acessório opcional, permitindo rebaixar outros 20 mm, chegando à altura de 830 mm na família GT, e 855 mm na Rally.

 

Agora, com o novo recurso desenvolvido pela fabricante japonesa de suspensões Showa, é possível que essas medidas sejam diminuídas ainda mais, por meio da redução da pré-carga ativa da avançada suspensão semiativa.

Dependendo do peso combinado do(s) ocupante(s) e bagagem, a distância do banco até o chão pode baixar mais 20 mm quando a motocicleta estiver parada, oferecendo maior facilidade de apoio e confiança para quem está no guidão.

Triumph Tiger 1200

Para isso, basta pressionar, por um segundo, o botão “Início” no punho direito. O novo recurso pode ser ativado também durante velocidades mais baixas, rebaixando o centro de gravidade da moto, o que resulta em maior controle da imponente Tiger 1200 em manobras ou trilhas, entre outras situações. O acessório estará disponível a partir da linha 2024 para toda a gama da bigtrail premium produzida no Reino Unido.

E agora, já dá pra perder aquele medo (inclusive de passar vergonha) numa bigtrail, não dá? Veja a liberdade que isso pode significar em sua vida neste filme inspirador produzido pela Triumph para o lançamento da atual linha Tiger 1200:

UNIVERSO MOTOR I Redação

Edição: Fábio Ometto I Fonte: Triumph Motorcycles Brasil I Imagens: Divulgação




Sobre Universo Motor 995 Artigos
Jornalista e editor de conteúdo