Novo Jaguar F-Type chega ao Brasil, mais purista e tecnológico

Em versões cupê e conversível, esportivo britânico acentua o real design da marca, além do interior com padrão luxuoso, tela digital de 12.3” e motor de 300 ou 380 cv

Novo Jaguar F-Type chega ao Brasil, mais esculpido e tecnológico

A Jaguar está desembarcando no Brasil o novo F-Type 2021, com aparência ainda mais insinuante, além da cabine marcada por luxo, qualidade de materiais e riqueza de detalhes. Produzido na fábrica da marca britânica em Castle Bromwich, a cerca de 200 km a noroeste de Londres, o novo F-Type será oferecido no mercado brasileiro com carrocerias cupê e conversível, ambas com duas opções de configuração: a “básica” R-Dynamic P300, com motor 2.0, de 300 cv, e, por encomenda, a R-Dynamic P380, com o propulsor V-6 de 3 litros e 380 cv.

Os preços começam em R$ 404.166, na configuração cupê R-Dynamic P300, e em R$ 418.082, na conversível. A topo de linha P380 parte de R$ 537.351.

Jaguar F-Type 2021 Coupé

O design do novo F-Type evoluiu ainda mais, com foco na disciplina e na pureza das linhas de carroceria, segundo a fabricante. Os novos faróis pixel LED superestreitos, com assinatura em “J” atualizada, estão integrados ao capô com estilo Liquid Metal, destacando o visual largo e acentuado do carro. O novo parachoque dianteiro e a grade levemente aumentada destacam a presença e o impacto visual do modelo.

“O design do F-Type, entre os carros esportivos, é o mais equilibrado, com pureza, proporções e presença claramente de um Jaguar, alcançando o verdadeiro DNA da marca.”, diz Paulo Manzano, Diretor de Marketing e Produto da Jaguar Land Rover do Brasil.

Jaguar F-Type 2021 conversível

Na traseira, as novas lanternas em LED com assinatura em “chicane” (a estreita linha de LEDs se desvia para baixo e volta para a trajetória anterior), inspiradas no SUV 100% elétrico Jaguar I-Pace, ressaltam a linha horizontal do conjunto.

Nas saídas de ar laterais, o F-Type traz novos detalhes para a carroceria, com acabamento cromado ou em black pack (preto brilhante).

Jaguar F-Type 2021

No interior, a combinação de materiais tradicionais da Jaguar, unindo o couro Windsor com o cromado de acabamento fosco no painel, trazem requinte aos ocupantes.

Detalhes como o logotipo costurado nos bancos e nos painéis de porta, o símbolo da Jaguar marcado no encosto de cabeça e o entorno do botão para abertura do porta-luvas realçam os caprichos de acabamento na cabine.

Jaguar F-Type 2021

A experiência tecnológica a bordo do F-Type evoluiu, incluindo sistema de entretenimento Touch Pro, com patível com as plataformas Apple CarPlay e Android Auto para conexão com smartphones; e duas opções de sistema de de áudio Meridian, com qualidade premium e experiência de som aprimorada.

Jaguar F-Type 2021

Outra novidade na linha 2021 é o quadro de instrumentos totalmente digital Interactive Driver Display, à frente do motorista, com tela configurável de 12,3 polegadas (31,2 cm). Os diferentes modos de visualização disponíveis incluem o mapa em tela cheia.

A exibição padrão é caracterizada pelo conta-giros posicionado ao centro da tela, com grafismo exclusivo para o F-Type. Essa característica e a luz de indicação de mudança de marcha conduzem o caráter e o desempenho totalmente focados no motorista.

Jaguar F-Type 2021 cupê

Debaixo do capô, o modelo P300 conta com motor de 1.997 cm³, de quatro cilindros, com turbocompressor, produzindo a potência de 300 cv a 5.500 rpm e o torque máximo de 40,8 kgf.m, entre 1.500 e 4.500 rpm.

O câmbio automático Quickshift, de oito marchas, foi desenvolvido com base na edição limitada Jaguar XE SV Project 8 e entrega trocas mais imediatas, tanto pela alavanca SportShift no console quanto pelas aletas (shift paddles) atrás do volante. E, mesmo com a entrega dessa potência, essa é a versão de menor consumo de combustível da história do modelo, com média de 14,8 km/l e emitindo apenas 184 g/km de CO2 (de acordo com o ciclo Nedc).

Jaguar F-Type 2021 Coupé

O conjunto conta com escapamento ativo variável, possibilitando uma condução mais refinada ou, com as válvulas abertas, ecoando o som mais grave e potente, que ressalta a característica de um verdadeiro esportivo. Mais do que isso, a motorização P300 mantém o desempenho esperado de um F-Type, como acelerar de zero a 100 km/h em apenas 5,7 segundos e alcançar a velocidade final de 250 km/h.

A motorização P380, de seis cilindros em V, de 2.995 cm³, com compressor, gera 380 cv de potência, a 6.500 rpm, e torque de 46,9 kgf.m, entre 4.500 a 5.000 rpm.

Jaguar F-Type 2021 conversível

Além das motorizações, o F-Type é o modelo da Jaguar com maior riqueza de opções e detalhes quando se fala de customização. O cliente tem a liberdade de selecionar todos os acabamentos internos e externos do veículo de acordo com seu gosto e desejo.

Na conversível, o cliente pode escolher entre 25 cores para o exterior, com paletas sólidas, metálicas, especiais e da linha SVO (Special Vehicle Operations), mais três opções para a capota – vermelha, preta ou bege -, e seis designs diferentes de rodas, além de definir o acabamento de bancos, painel, cor do cinto de segurança.

Primeira vitória da Jaguar na 24 Horas de Le Mans com o C-Type, em 1951

Somado a todas as características que compõem o novo F-Type, o modelo faz parte da linha de sucessão dos carros de alto desempenho da Jaguar, com mais de 70 anos de história, iniciada com o Jaguar C-Type vencendo a 24 Horas de Le Mans duas vezes, em 1951 e 1953.

A herança seguiu com o D-Type a partir de 1955, vencendo outras três vezes a mesma prova. Com o E-TYPE, em 1961, antecessor ao F-Type, a Jaguar apresentou o carro considerado como o mais bonito já produzido até hoje. E, hoje em dia, clientes donos de um E-Type podem restaurar seus carros com os serviços da Jaguar Classic, no Reino Unido.

Veja mais detalhes de como toda essa história se reflete em design, conforto e desempenho no novo Jaguar F-Type:

Fonte: Jaguar do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação