Audi retoma produção no Brasil com Q3 e Q3 Sportback

SUVs virão desmontados da Hungria e terão motor 2.0 Tsfi, de 231 cv, tração quattro e câmbio Tiptronic de oito marchas. Fábrica paranaense estava inativa desde 2021

Audi retoma produção no Brasil com Q3 e Q3 Sportback

A Audi do Brasil anuncia a retomada das operações em sua planta de São José dos Pinhais (PR). Os modelos escolhidos para o reinício da fabricação nacional são os novos Audi Q3 e o Audi Q3 Sportback, ambos equipados com motorização 2.0 litros de 231 cavalos de potência, além de tecnologias inéditas no país, como a icônica tração integral quattro e a transmissão Tiptronic de oito velocidades.

A produção dos dois novos modelos será realizada em uma linha de montagem exclusiva, a mesma que produziu a geração anterior do SUV até 2019. Os veículos chegarão ao Porto de Paranaguá, também no Paraná, vindos da fábrica de Györ, na Hungria, divididos em conjuntos de peças, para a montagem na fábrica brasileira.

Fábrica da Audi do Brasil, em São José dos Pinhais (PR)

Para viabilizar a reinauguração da planta paranaense, a Audi do Brasil está realizando um investimento de R$ 100 milhões na modernização da linha de montagem, que ganhou novos maquinários, ferramentais, equipamentos de controle de qualidade e sistemas de tecnologia da informação e infraestrutura logística.

Esse montante se soma aos R$ 446 milhões já investidos pela marca desde a criação do Inovar-Auto, em 2012. Com isso, na última década a montadora já acumula mais de meio bilhão de reais investidos em sua fábrica no país.

Segunda geração do Audi Q3 traz a nova identidade visual da marca

A escolha pelo Audi Q3 para retomar a produção nacional se deve ao fato de que, desde seu lançamento, em fevereiro de 2020, o modelo se tornou o veículo mais vendido da Audi no Brasil, já em seu primeiro ano no mercado.  

Os novos Audi Q3 e Audi Q3 Sportback incorporam a mais recente linguagem de design da família Q, apresentada no Brasil com o Audi Q8, modelo completamente novo da marca. Na parte frontal um dos principais destaques é a grade Singleframe com desenho octogonal. A diferença entre os dois modelos está no formato da traseira, que segue o estilo cupê no caso do Sportback, com as colunas “C” pronunciadamente inclinadas.

Audi Q3 Sportback se destaca pela traseira no estilo cupê

Os novos SUVs, que já começaram a ser produzidos aqui, são impulsionados pelo consagrado motor EA888 2.0 Tfsi, de quatro cilindros, a gasolina, com injeção direta de combustível e turbocompressor, que entrega 231 cv de potência e torque máximo de 34,6 kgf.m.

Eles também incorporam tecnologias inéditas no país, como a icônica tração integral quattro – tornando 100% da linha de SUVs da marca no país equipada com este recurso – e a transmissão Tiptronic de oito velocidades, presente pela primeira vez em um veículo com motor transversal, o que proporciona trocas de marchas mais ágeis e confortáveis.

Audi A3 Sedan foi o modelo que teve a produção encerrada no Brasil em 2021

A Audi do Brasil havia interrompido sua linha de montagem em fevereiro de 2021, quando era produzido ali o A3 Sedan. O motivo alegado pela empresa, na ocasião, foi a espera pela devolução, por parte do governo federal, dos créditos de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) gerados a partir do programa Inovar Auto. No entanto, agora, ao anunciar a retomada da produção, a marca não informou se a dívida foi liquidada pela União.

A história de fabricação nacional da Audi teve início em 1999, com a inauguração da unidade instalada no Paraná, em conjunto com a Volkswagen, onde foram produzidos os Audi A3 de primeira geração até 2006.

Fonte: Audi do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação