Confirmado: TV Globo está fora da Fórmula 1

Segundo portal UOL, não houve acordo para renovar parceria com a Liberty Media, dona dos direitos da categoria. Band pode reassumir transmissão em canal aberto

Confirmado: TV Globo está fora da Fórmula 1

Depois de 40 temporadas ininterruptas, a Rede Globo de Televisão deixará de transmitir a Fórmula 1 a partir deste ano. A informação foi publicada pelo portal UOL, no final da noite desta quinta-feira (4).

Segundo o blog do jornalista Gabriel Vaquer, a decisão da emissora foi tomada após a impossibilidade do acordo com a Liberty Media, empresa com sede nos Estados Unidos que adquiriu os direitos da Formula One Group em 2016.

Vitória de Verstappen em Abu Dhabi: última corrida da Fórmula 1 na Globo

Conforme o comunicado enviado pela emissora ao jornalista, “A Globo manteve negociações constantes com a FOM/Liberty Media sobre a renovação dos direitos da Fórmula 1, sempre considerando a nova realidade mundial dos direitos esportivos. Infelizmente não houve acordo. A Globo continuará a fazer a cobertura da categoria em suas plataformas para manter o fã do esporte informado sobre tudo o que acontece no mundo do automobilismo.”

No final de agosto do ano passado, o portal Meio & Mensagem divulgou em primeira mão uma nota da própria Globo afirmando que não renovaria os direitos de transmissão da Fórmula 1 para o ano de 2021. porém, com a extensão do contrato entre a prefeitura paulistana e a Fórmula 1 para a realização da corrida no Brasil até 2025 – rebatizada de Grande Prêmio de São Paulo -, a Globo retomou as negociações, encerradas ontem. No final de novembro, o jornalista e comentarista da Fórmula 1 Reginaldo Leme anunciou sua saída da Globo, depois de 41 anos de casa.

Contrato para a realização da corrida em Interlagos foi estendido até 2025

No entanto, também de acordo com a matéria do UOL, a categoria ainda pode ser transmitida em TV aberta no Brasil em 2021. Isso, porque o Grupo Bandeirantes de Comunicação vem tentando negociar um possível acordo com a Liberty nos últimos dias. Livre da Globo, a dona dos direitos da categoria também pode “enfiar guela abaixo” do público brasileiro a sua plataforma de streaming (transmissão pela internet), a F1 TV Pro, mediante assinatura mensal.

Ainda de acordo com Vaquer, a Liberty não abria mão desse meio para negociar a transmissão aberta no Brasil; e com a Globo, que possui a própria plataforma digital, a Globoplay, a exigência não seria cumprida. Já com a Band, esse obstáculo deixa de existir.  

Parceiros de longa data: o narrador Galvão Bueno e o comentarista Reginaldo Leme

Caso a emissora paulista chegue mesmo ao acordo com a Liberty, estará retornando à F1 depois de 41 anos. Na temporada de 1980, a Band foi licenciada pela Globo para transmitir o campeonato mundial de pilotos e exibiu com exclusividade a primeira vitória de Nelson Piquet, pela equipe Brabham, no Grande Prêmio do Oeste dos Estados Unidos, disputado em Long Beach, na Califórnia. A prova marcou também o único pódio de Piquet ao lado de Emerson Fittipaldi, então piloto da equipe Copersucar, que chegava pela última vez entre os três primeiros colocados em sua vitoriosa carreira na F1, encerrada ao final do ano.

O escalado pela Band para narrar as corridas da categoria naquela temporada foi Galvão Bueno, que, por conta do bom desempenho, seria contratado pela Globo no ano seguinte. Em março do ano passado, o programa Band Esporte Clube lembrou os 40 anos da primeira vitória de Piquet e, de carona, a temporada de estreia de Galvão Bueno como narrador da categoria. Assista:

Procurada pelo UOL, a Band não comentou sobre o seu possível retorno à F1 até a publicação da matéria. Vale lembrar que no final de 2020 a TV Band assumiu os direitos de transmissão da Stock Car – que, até então, também pertenciam à Globo -, fazendo, inclusive, a exibição da última etapa da temporada, em Interlagos.

Ao longo da década de 1980, início da Stock Car, a emissora paulista também foi a primeira a transmitir em tv aberta as provas da principal categoria do automobilismo brasileiro.

Fonte: Portal UOL e Meio & Mensagem I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação e redes sociais