Mercedes-Benz revela o futuro sistema operacional “da casa”

MB.OS personalizará relação com clientes, além de ampliar recursos autônomos e de comunicação dos novos carros. Parceria com Google acelera avanços nesse sentido




Mercedes-Benz revela o futuro sistema operacional “da casa”

A Mercedes-Benz acaba de revelar mais detalhes de seu sistema operacional MB.OS (Mercedes-Benz Operacional System), que será chegará ao mercado em meados da década, rodando dentro da plataforma eletrônica embarcada MMA (Mercedes Modular Architecture), também ainda inédita.

Projetado e desenvolvido pela própria fabricante de automóveis de luxo, o MB.OS se baseia na arquitetura do tipo “chip-to-cloud” – ou seja, a partir de um SimCard (microchip semelhante ao que conecta os smartphones às redes de telefonia e internet) para a nuvem -, desenvolvida com exclusividade, e tem o objetivo de gerenciar o relacionamento com os clientes, oferecendo a eles a experiência de produto personalizada e superior, além de garantir a privacidade dos dados e proporcionar a máxima integração de todas as funções do veículo.

Mercedes-Benz Operacional System (MB.OS)

A marca da estrela de três pontas também planeja oferecer serviços mais personalizados e convenientes, graças ao Mercedes me ID, que conecta todas as informações relacionadas ao cliente: desde a compra e financiamento do veículo até os agendamentos de serviços até os dados de cobrança e pagamento. Os clientes poderão personalizar suas configurações e perfis para receber ofertas adaptadas às suas necessidades específicas.

Os serviços personalizados serão disponibilizados através de três pacotes de conveniência. No primeiro, o MB.Connect, funções do veículo como navegação, controle remoto, proteção 360°, entretenimento e comunicação, entre muitas outras, serão reunidas e atualizadas por meio da tecnologia over-the-air, ou seja, “pelo ar”, sem intervenção do usuário.

Já com o MB.Charge, os proprietários de veículos elétricos terão acesso a tarifários flexíveis e atrativos em função da quilometragem percorrida; o recurso oferece a máxima transparência, segundo a empresa, graças às taxas de carregamento de preço fixo, bem como acesso prioritário à rede de carregamento de alta potência da Mercedes-Benz. Por último, o MB.Drive oferecerá aos clientes a possibilidade de fazer upgrades nos sistemas autônomos de auxílio ao motorista, como a atualização dos recursos de direção assistida para os níveis 2 e 3.

Mercedes Modular Architecture (MMA)

A plataforma MMA também permitirá à Mercedes-Benz acelerar o desenvolvimento da direção automatizada de nível 3, visando velocidades de até 130 km/h. Para tanto, a empresa assinou uma parceria com a Nvidia (empresa de tecnologia estado-unidense) para o desenvolvimento em conjunto de sistemas de automação totalmente programáveis e atualizáveis.

O cérebro por trás dessa possibilidade é o sistema Nvidia Drive Orin, embutido em um microchip (on-chip), capaz de realizar 254 trilhões de operações por segundo e responsável por processar os dados vindos dos diversos sensores, radares e câmeras ao redor do veículo.

Google Street View

Por fim, a Mercedes também acaba de anunciar a parceria de longo prazo com o Google, a fim de proporcionar uma experiência de navegação automotiva de última geração, segundo a empresa. Com isso, a marca da estrela de três pontas será a primeira a implementar o sistema de navegação “de fábrica”, com base na plataforma Google Maps incorporada ao MB.OS. A ideia é oferecer aos usuários o principal serviço geolocalização da plataforma de busca mais acessada do mundo, incluindo previsões de tráfego em tempo real e indicações de rotas alternativas, entre outras comodidades.

Os motoristas também poderão acessar o aplicativo do YouTube na tela multimídia do veículo (quando estacionado) ou durante o uso da condução autônoma Drive Pilot, de nível 3. Além disso, os clientes terão acesso ao serviço Place Details, outra facilidade oferecida pelo Google, com informações detalhadas sobre mais de 200 milhões de empresas e locais em todo o mundo (incluindo horário comercial, fotos e avaliações), diretamente no painel do carro.

Fonte: Mercedes-Benz Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação




Sobre Universo Motor 995 Artigos
Jornalista e editor de conteúdo