Este é o novo Taos da Volkswagen

Visto pela primeira vez sem disfarces, SUV médio será feito na Argentina e chega até meados de 2021, com motor 250 TSI, de 150 cv, e avançados assistentes de condução

Este é o novo Taos da Volkswagen

A Volkswagen avança em sua estratégia de ampliar a participação no crescente mercado de SUVs na América do Sul com a apresentação mundial do Taos, modelo de porte médio que será o primeiro utilitário esportivo da marca a ser produzido na Argentina.

A primeira exibição completa do modelo, já os sem os disfarces que trazia nas primeiras imagens reveladas há duas semanas, aconteceu na noite desta terça-feira (13), por meio de uma transmissão ao vivo pela internet, diretamente de Buenos Aires para mais de 35 países do continente, incluindo a América do Norte. Assista ao vídeo de apresentação:

Previsto para chegar às lojas no segundo trimestre de 2021, o Volkswagen Taos ampliará na região o leque de opções da marca neste segmento, que já conta com os compactos T-Cross e o recém-lançado Nivus (com perfil cupê), além de outro médio, o Tiguan Allspace.

Montado sobre a nova plataforma global MQB  – a mesma utilizada no T-Cross, Nivus, Polo e Virtus -, o Taos exibe a silhueta típica dos SUVs, com linhas retas e formas encorpadas, transmitindo a imagem robusta e sólida, além de garantir espaço interno aos seus ocupantes – que, a exemplo do Tiguan, possivelmente deverá acomodar até sete pessoas.

Volkswagen Taos

Na dianteira, essa sensação de força é ostentada pelo capô elevado e pelas grandes aberturas de ventilação nas extremidades do parachoque.

Nas laterais, a sensação de imponência é enfatizada pelas caixas de roda de recorte quadrado com cantos arredondados, combinadas aos parachoques musculosos.

Volkswagen Taos

Como principal novidade, o Taos estreia uma nova assinatura noturna da VW, que conecta os faróis com uma linha de luz de LED (diodo emissor de luz), que percorre toda a grade.

Volkswagen Taos

Esta nova identidade luminosa também pode ser encontrada nas lanternas traseiras também formadas totalmente por luzes de LED, que avançam pelas laterais e são bipartidas pelo recorte da tampa do porta-malas.

A iluminação de neblina está posicionada nas extremidades do parachoque.

Volkswagen Taos

No interior, o painel revestido materiais de toque macio, com inserções em couro, apresenta o desenho com disposição horizontal, que transmite a sensação de espaço e coloca à vista do motorista a ilha digital, composta pelo Active Info Display e o novo sistema de infoentretenimento VW Play.

A atmosfera interna pode ser personalizada pelas luzes de ambiente, com possibilidade de programação de dez cores.

Volkswagen Taos

A novíssima central multimídia VW Play, desenvolvida na região e que fez sua estreia no VW Nivus, possui tela de 10,1 polegadas sensível ao toque. Entre os recursos de conectividade, ela permite baixar aplicativos por meio da VW Play Apps, além de configurar o perfil, vincular o celular por meio de Wireless App Connect e ainda programar a manutenção do carro.

À frente do motorista, o quadro de instrumentos é formado pelo Active Info Display, o painel digital de 10,25” que oferece a possibilidade de personalizar as informações exibidas, conforme a preferência do motorista. Além disso, o Taos também vai oferecer o carregador de celular sem fio, posicionado em um nicho no console central.

Volkswagen Taos

O Taos será impulsionado pelo motor 250 TSI, produzido em São Carlos (SP), de 1,4 litro e alimentado por injeção direta de combustível e turbocompressor, que gera 150 cv de potência e torque de 25,5 kgf.m.

A fabricante não informou qual a transmissão completará o trem de força, mas é provável que seja aplicada a caixa automática DSG, de dupla embreagem e seis marchas, com opção de trocas manuais sequenciais – a mesma que equipa o Tiguan 250 TSI.

Volkswagen Taos

O pacote de segurança do Taos inclui todas as recentes tecnologias de assistência à condução. Uma delas é o sistema de Controle Adaptativo de Cruzeiro (ACC) com stop & go, que permite manter uma velocidade pré-selecionada e conservar a distância do veículo à frente de forma autônoma. Se este veículo parar por completo e arrancar novamente dentro de 3 segundos, situação comum em congestionamentos, o Taos realizará o mesmo movimento.

Outro recurso de segurança é o sistema de Frenagem Autônoma de Emergência (AEB) com detector de pedestres. A partir do radar frontal, sempre ativado, ele identifica o risco de colisão ou atropelamento e alerta o motorista sobre esta possibilidade. Caso não reação de quem está ao volante, o veículo freia automaticamente de forma autônoma, evitando ou reduzindo os danos do acidente.

Volkswagen Taos

O Taos virá, ainda, com Detector de Ponto Cego, o qual identifica objetos na área fora do alcance dos retrovisores externos e o avisa o motorista, mantendo a segurança em uma tentativa de mudança de faixa. Este último elemento é complementado pelo Detector de Tráfego Traseiro, projetado para evitar colisões em estacionamentos.

Este sistema detecta os veículos que se aproximam transversalmente à traseira do veículo, alertando o motorista e freando automaticamente, em caso de risco.

Volkswagen Taos

O Volkswagen Taos também vai oferecer a mais nova tecnologia de iluminação da marca, chamada IQ. Light. Ela permite que os faróis de LED tenham maior distância de alcance e mais amplo nas laterais.

Também inclui assistentes inteligentes para a direção, como o Dynamic Light Assist, que ajusta o facho dos faróis para evitar ofuscamento de outros motoristas. Por último, a Luz de conversão dinâmica projeta o foco de acordo com o ângulo de direção do volante.

Volkswagen Taos

Junto com a apresentação do Taos, a Volkswagen também comunicou o aporte de US$ 650 milhões, destinados à modernização dos equipamentos e da infraestrutura da planta de General Pacheco, nos arredores da capital portenha.

Os investimentos foram aplicados na implementação da nova linha de montagem para a plataforma global MQB e uma nova área de pintura, que permitirá grande economia de água e de energia, além de uma redução substancial de emissão de partículas.

Fonte: Volkswagen do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação