Cara, caramba… esse BMW é um camaleão!

Tecnologia eletroforética "E In", revelada na CES 2022, permite mudar a tonalidade da carroceria como num passe de mágica - e poderá equipar futuros carros da marca

Cara, caramba... esse BMW é um camaleão!

Boa parte das pessoas que tem um carro (para não dizer a maioria) já imaginou mudar a cor da pintura como quem troca de roupa, tão facilmente como nos games ou com a naturalidade do camaleão – aquele bicho curioso parecido com a iguana, de olhos salientes e desconexos, que possui a lúdica e peculiar habilidade de mudar a cor da pele quando e onde quiser.

E, veja só: esse desejo está cada vez mais perto de se tornar realidade com o BMW iX Flow E Ink, que pode variar a tonalidade da sua carroceria de acordo com a preferência ou até com o estado emocional do motorista. Veja como a metamorfose acontece:

O carro conceito foi apresentado em primeira mão na CES 2022, a feira de novidades eletrônicas voltadas ao consumidor, que acontece anualmente no início de janeiro em Las Vegas, nos Estados Unidos. A tecnologia, chamada de E Ink, abre um leque de possibilidades e pode ser utilizada, tanto no exterior, quanto no interior de seus futuros carros, prevê a marca.

“No futuro, as experiências digitais não se limitarão apenas a monitores. Haverá cada vez mais fusão do real com o virtual. Com o BMW iX Flow, estamos dando vida à carroceria do carro”, disse Frank Weber, membro do Conselho de Administração de Desenvolvimento da BMW AG.

BMW iX Flow E Ink

A E Ink permite uma infinidade de personalizações da carroceria. De acordo com a vontade – ou o humor – do motorista, por exemplo, é possível ter um carro mais discreto ou esportivo.

De acordo com a BMW, tudo funciona por meio de uma tecnologia que é comumente utilizada nas telas de E-Books. A pintura da carroceria é composta por milhões de microcápsulas, que têm diâmetro equivalente à espessura de um fio de cabelo.

BMW iX Flow E Ink

Cada uma dessas microcápsulas contém pigmentos brancos com carga negativa e pigmentos pretos com carga positiva. Dependendo da configuração escolhida, basta um estímulo, por meio de um campo elétrico, para que os pigmentos brancos ou pretos se acumulem na superfície da microcápsula, dando à carroceria do carro a tonalidade desejada, detalha a marca bávara.

BMW iX Flow E Ink

Além de servir como possibilidade de personalização, adiciona a montadora, a tecnologia E Ink permite que o carro seja mais eficiente, levando-se em consideração as diferentes habilidades das cores claras e escuras quando se trata de refletir a luz do sol e a absorção associada de energia térmica.

Em dias de sol forte, por exemplo, uma carroceria branca reflete melhor a luz do sol, diminuindo o aquecimento do veículo e do habitáculo, devido à forte luz solar e às altas temperaturas exteriores. Em climas mais frios, uma superfície externa escura ajudará o veículo a absorver notadamente mais calor do sol.

BMW iX Flow E Ink

Em ambos os casos, mudanças seletivas de cor podem ajudar a reduzir a quantidade de resfriamento e aquecimento necessária do ar-condicionado do veículo. Ainda de acordo com a BMW, isso reduz a quantidade de energia que o sistema elétrico do veículo precisa e, com ela, também o consumo de combustível ou eletricidade do veículo. Em um carro totalmente elétrico, mudar a cor de acordo com o clima também pode ajudar a aumentar a autonomia.

A própria tecnologia E Ink é extremamente eficiente em termos de energia. Ao contrário de monitores ou projetores, a tecnologia eletroforética não precisa de energia para manter constante o estado da cor escolhida. A corrente flui somente durante a curta fase de mudança de cor, conclui a fabricante.

BMW foi uma das 182 empresas automotivas que participaram da CES 2022

A CES 2022 aconteceu entre os dias 5 e 7 de janeiro, em Las Vegas, no estado de Nevada, sudoeste do Estados Unidos, e contou com a participação de 1.900 empresas, das quais 182 são ligadas ao segmento automotivo.

Fonte: BMW do Brasil e CES 2022 I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação