Ford Ranger explora seu lado mais radical com a nova Storm

Para ir muito além do asfalto, versão inédita da picape traz acessórios exclusivos de off-road, motor 3.2 turbodiesel de 200 cv, tração 4x4 eletrônica e pneus especiais

Ford Ranger explora seu lado mais radical com a nova Storm

Storm, em inglês, significa tempestade, nome que não foi escolhido por acaso para identificar a nova versão off-road da Ford Ranger. Apresentada como conceito no último Salão do Automóvel, em 2018, a configuração especial com cabine dupla é voltada aos aficionados por esportes radicais e aventuras.

Para isso, ela traz uma combinação única de desempenho, estilo e equipamentos, que reúne o motor Duratorq 3.2 turbodiesel, de cinco cilindros, com 200 cv e quase 50 kgf.m de torque, tração 4×4, grade dianteira com desenho exclusivo e acessórios como o santantônio e capota marítima, entre outros. Essas novidades exclusivas se juntam àquelas já introduzidas pela Ranger 2020, com destaque para o design dianteiro reestilizado, novos materiais de acabamento e auxílio para manuseio da tampa traseira, além do pacote de tecnologias inéditas na categoria, que inclui o assistente autônomo de frenagem com detecção de pedestres, sistema de reconhecimento de sinais de trânsito, piloto automático adaptativo e o alerta de permanência em faixa.

Ford Ranger Storm

Desenvolvida no Brasil, com suporte de outros centros mundiais de engenharia da Ford especializados em picapes, nos Estados Unidos, Austrália e Tailândia, a plataforma global da Ranger é vendida hoje em 190 países. Para o mercado nacional, o modelo é produzido na planta de Pacheco, na Argentina.

A Storm se junta às outras três configurações da linha Ranger – XLS, XLT e Limited – e chega para ocupar um novo espaço entre a opções intermediária e topo, com preço de R$ 150.990.  Apesar de mais equipada do que a XLT, ela se torna a opção mais barata disponível com o motor Duratorq 3.2; a básica XLS é equipada com o 2.2 de quatro cilindros e 160 cv. A versão brejeira da picape média da Ford também é oferecida com sete cores a escolher: as sólidas vermelho Bari (sem custo adicional) e branco Ártico (RS 800), a metálica prata Geada e as perolizadas azul Belize, vermelho Toscana, cinza Moscou e preto Gales, que adicionam R$ 1.750 ao preço final da picape.

Ford Ranger Storm

Os acessórios exclusivos adicionados com foco na esportividade da nova Ranger, todos pintados na cor preta, foram desenvolvidos para atender os rígidos critérios da aplicação off-road. A grade dianteira, com a assinatura Storm em destaque, e os adesivos no capô e nas laterais, por exemplo, foram submetidos a testes críticos de imersão, resistência à deformação, descolamento, abrasão e envelhecimento para garantir a durabilidade.

Os alargadores de paralamas, além oferecer excelente acabamento e aparência, são peças estruturais projetadas para suportar altas temperaturas e impactos. Os estribos laterais de alta resistência do tipo plataforma, com desenho personalizado e acabamento preto fosco, funcionam como proteção extra em terrenos soltos e facilitam o embarque e desembarque dos ocupantes.

O santantônio de aço tubular, também com acabamento preto fosco, tem desenho exclusivo, com barras que avançam pelas laterais da caçamba e facilitam o transporte de equipamentos esportivos, como caiaque e asa-delta. As rodas de liga leve de 17 polegadas também são personalizadas, com um desenho que favorece a ventilação e autolimpeza. As maçanetas, retrovisores e molduras da carroceria seguem o mesmo estilo, na cor preta.

Ford Ranger Storm

As lanternas traseiras, com design arrojado e lentes escurecidas, foram trazidas da série especial Wildtrak, presente em mercados da Ásia, Europa e Austrália. Os protetores do cárter e do tanque de combustível são outros itens úteis nas trilhas.

A Ranger Storm oferece ainda dois componentes funcionais especiais, que podem ser adquiridos separadamente. Um deles é o snorkel, tomada de ar elevada para o motor que permite transpor áreas alagadas com nível de água acima do centro das rodas. Item certificado globalmente pela Ford, é feito em polietileno com resistência UV e custa R$3.600.

O outro é a capota marítima, desenvolvida em parceria com a fabricante nacional de acessórios Keko, conta com design exclusivo e sistemas de fixação e vedação feitos especificamente para a picape, com preço de R$2.060. Como promoção de lançamento, esses dois itens que somam R$5.660 serão oferecidos como cortesia aos 60 primeiros compradores da Ranger Storm.

Ford Ranger Storm

A versão Storm leva esse desempenho a um nível ainda maior. Seu motor 3.2 Duratorq turbodiesel de cinco cilindros – emprestado das configurações de topo XLT e Limited -, com potência de 200 cv a 3.000 rpm, e torque de 47,9 kgfm entre 1.750 e 2.500 rpm, é reconhecido pela elasticidade e elevada força desde as rotações mais baixas.

Para transformar todo esse poder em capacidade de transpor qualquer terreno, a transmissão automática de seis velocidades da Storm é combinada ao sistema de tração 4×4, com comando eletrônico, no console e ao diferencial traseiro blocante. Também acionado por um botão alcance da mão, esse último transfere torque para a roda com maior aderência durante a passagem por trechos com pouca aderência e trilhas em que uma ou duas rodas percam momentaneamente o contato com o chão.

Em sua recente atualização, a Ranger também passou a contar o sistema AdvanceTrac, que abrange diversos recursos de dirigibilidade e de segurança. Entre eles, destacam-se os controles eletrônicos de estabilidade (ESC), de tração (TCS), de descidas e de oscilação de reboque; auxiliar de partida em rampa (hill holder); assistente em frenagem de emergência (BAS); e luz de emergência em frenagens bruscas.

Fora isso, a Ranger é a equipada com sistema anticapotamento e controle adaptativo de carga, integrados ao AdvanceTrac, que asseguram maior estabilidade dinâmica à picape, tanto vazia como carregada, segundo a Ford.

Ford Ranger 2020

Como toda a linha 2020, o novo modelo tem um ajuste de suspensão que melhora a dirigibilidade e o conforto tanto no asfalto como fora de estrada, além de permitir a passagem por trechos imersos com até 800 mm de água. A capacidade máxima de tração da nova Ranger é de 5.950 kg, enquanto a caçamba suporta até 1.040 kg. O compartimento de carga possui seis ganchos internos para amarração de cargas, tampa com assistente de abertura e fechamento, mais a trava com chave.

Os pneus todo-terreno Scorpion AT Plus 265/65 R17, concebidos especialmente para a picape em parceria com a Pirelli, também contribuem diretamente para o elevado desempenho da Ranger Storm dentro e fora da estrada. Resultado de mais de um ano desenvolvimento, eles oferecem, segundo a Ford, melhor desempenho em qualquer a condição do piso, seja na terra, lama, água, cascalho, pedra ou asfalto. O perfil robusto, com assinatura em letras brancas, é combinado às novas rodas exclusivas, reforçando o visual esportivo da picape.

Ford Ranger 2020

Por dentro, a Ranger Storm traz uma extensa lista de equipamentos de segurança, conveniência, conectividade e conforto, especialmente selecionados para atender o seu perfil de uso misto. Ela vem com direção elétrica; ar-condicionado automático e digital com controle individual para o motorista e o passageiro; central multimídia Sync com tela de 8 polegadas, comandos de voz e conexão para Android Auto e Apple CarPlay; câmera de ré; e sensor de estacionamento traseiro. O motorista dispõe de direção elétrica; volante com regulagem de altura; ajustes de altura e lombar do banco; e quadro de instrumentos configurável com duas telas de 4,2”.

Na parte de segurança, além dos encaixes Isofix para cadeiras infantis e chave programável MyKey, traz cintos de segurança dianteiros com pré-tensionadores, regulagem de altura e aviso sonoro e luminoso de afivelamento.

Ford Ranger 2020

A Storm é equipada também com vidros, travas e retrovisores elétricos, faróis de neblina, piloto automático, computador de bordo, chave canivete com controle remoto, capô com mola a gás e gancho para reboque com provisão elétrica.

Em relação ao pós-venda, a nova picape conta com cinco anos de garantia e as três primeiras revisões têm preço somado de R$ 2.747. Fora isso, o Programa Seguros Ford oferece apólice calculada em 3,1% do valor do veículo.

Fonte: Ford do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação