Tesla supera Toyota e se torna montadora mais valiosa do mundo

Ações da empresa de inovação de Elon Musk somaram mais de US$ 207 bilhões, cifra três vezes maior do que a soma dos valores de mercado das centenárias Ford e GM

Tesla supera Toyota e se torna montadora mais valiosa do mundo

A fabricante de veículos elétricos Tesla, fundada em 2003, nos Estados Unidos, foi anunciada nesta-quarta-feira (1º), como a montadora com maior valor de mercado do mundo, superando a rival japonesa Toyota.

Segundo a matéria publicada pelo portal Infomoney, os ações da empresa pertencente ao bilionário sul-africano Elon Musk encerraram o dia atingindo níveis recordes, com alta de 3,7%, o que elevou a cotação da companhia para US$ 207,6 bilhões. Ao mesmo tempo, a Toyota encerrou o dia avaliada em US$ 202,9 bilhões – sendo que US$ 30 bilhões, aproximadamente, são representados por ações da montadora mantidas em tesouraria.

Modelos Tesla: S, Semi, X e Y

Desde o início do ano, a empresa de Musk teve uma valorização de 160% em seus papéis, saltando de US$ 430, em 2 de janeiro, para US$ 1.120, ontem. Na visão de analistas, a alta se deve à crescente confiança entre investidores sobre o futuro dos veículos elétricos e a mudança da Tesla de uma montadora de nicho para uma líder global em um segmento considerado promissor. Atualmente, a marca produz quatro modelos de automóveis – os cupês S e 3, e os SUVs X e Y –, em suas fábricas de Freemont, na Califórnia, e Shangai, na China, além de painéis e telhados para captação de energia solar. Estão nos planos da empresa, ainda, a picape Cybertruck e o caminhão Tesla Semi.

No mês passado, outra empresa pertencente a Musk, a SpaceX, foi a responsável por levar os primeiros astronautas dos Estados Unidos ao espaço, partindo do solo do país, desde o fim da era dos ônibus espaciais, em 2011.

Tesla Cybertruck

Além de superar a Toyota, a Tesla também assinalou outro marco em sua história: pela primeira vez, ela vale mais do que três vezes a soma dos valores da Ford e da General Motors, as duas mais tradicionais montadoras estado-unidenses.

Ainda de acordo com o Infomoney, após vários anos de prejuízos, a empresa de Musk acumulou três períodos lucrativos desde o terceiro trimestre de 2019 e surpreendeu os investidores com resultados sólidos no primeiro trimestre, apesar da pandemia de coronavírus. A empresa encerrou o ano passado com a receita de US$ 24,6 bilhões e entregou 367,2 mil veículos.

Tesla Modelo S 2020

Comparados aos resultados da Toyota, os números da Tesla são significativamente menores. Considerada uma das montadoras mais rentáveis do mundo, a fabricante japonesa vendeu 10,5 milhões de veículos entre abril de 2019 a março deste ano, com faturamento superior a US$ 281 bilhões.

Na opinião dos analistas, a diferença entre as duas companhias e que justifica o valor excepcional da Tesla está no potencial da empresa de inovação para os próximos anos.

Elon Musk, fundador da Tesla

Mesmo com a crise causada pela pandemia da Covid-19, a expectativa da companhia de Musk é atingir, pela primeira vez, a marca de 500 mil veículos entregues em um ano. Os números do segundo trimestre de 2020 devem ser divulgados na semana que vem. Atualmente, a

Contribuiu para o feito da Tesla, também, a alta demanda na China nas últimas semanas, país que representa um dos maiores mercados do mundo e, por ter superado primeiro a fase mais crítica da pandemia de coronavírus, é considerado relativamente pouco afetado pela crise.

Fonte: InfoMoney I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação