As máquinas mais quentes do Salão de São Paulo

Em sua 30ª edição, evento apresentará ao público estimado em 700 mil pessoas alguns dos últimos lançamentos mundiais em esportivos, SUVs, elétricos e semiautônomos

As máquinas mais quentes do Salão de São Paulo

Está chegando a hora. A partir desta quinta-feira (8), o Salão do Automóvel de São Paulo, principal evento automotivo realizado na América Latina, abre as portas para a sua 30ª edição, que acontece até o próximo dia 18, no São Paulo Expo, zona sul da capital paulista.

Tendo como slogan “A conexão que nos move”, o Salão do Automóvel 2018 apostará em pilares como emoção, diversão, interação e experiências, trazendo novos conceitos sobre mobilidade e tecnologia. Pela primeira vez, o evento vai sediar o New Mobility, projeto destinado a discussões e apresentação de novas tecnologias e soluções no setor de mobilidade.

Ao todo, serão expostos 540 veículos de 29 marcas, espalhados pelos 110 mil m² do recinto.  A organização espera receber mais de 700 mil pessoas que terão a oportunidade de conhecer as novidades, interagir com os carros e ainda testar mais de dez marcas nas pistas de test-drives espalhadas pelo mais de 23 mil m² de área externa do espaço.

Como sempre, as maiores atrações do evento são os modelos esportivos e, mais recentemente, os utilitários esportivos, conhecidos também como SUVs. No entanto, neste ano as atenções estarão voltadas também aos modelos eletrificados e aos equipados com tecnologias de auxílio à condução semiautônoma, que já começam a ganhar as ruas e estradas em todo o mundo.

A seguir, UNIVERSO MOTOR apresenta dez modelos que certamente vão atrair as maiores concentrações de olhares entusiasmados, vídeos, fotos, selfies compatilhamentos e curtidas do Salão do Automóvel 2018. Veja quais são:

  1. McLaren Senna

Inspirado na personalidade competitiva do tricampeão de Fórmula 1 pela Mclaren, o superesportivo Senna tem tudo para figurar como a principal atração do Salão do Automóvel de São Paulo 2018. Lançado há pouco mais de um ano e exibido pela primeira vez no Brasil, o Senna é o carro de estrada mais rápido de toda a história da fábrica inglesa: atinge velocidade máxima de 340 km/h e acelera zero a 100 km/h em excepcionais 2,8 segundos.

O desempenho alucinante é proporcionado pelo motor V8 biturbo, de 4 litros, com 800 cavalos de potência máxima – a maior entre todos os modelos de rua da Mclaren – e pico de torque de 81,5 kgf.m, 90% deles disponíveis a apenas 3.000 rpm.

Inteiramente construído em fibra de carbono, o Senna é equipado com o sistema de suspensão RaceActive Chassis Control II (RCC II), que altera sua configuração para gerar maior pressão aerodinâmica (downforce) sobre o carro. Fora isso, o esportivo traz um gigantesco duplo aerofólio traseiro, que se ajusta automaticamente para aumentar a pressão do ar sobre a carroceria, além de atuar como freio aerodinâmico em altas velocidades.

Pintado na cor Delta Red, a máquina vai estar exposta no estande da marca Senna, ao lado do Mclaren MP4/6, o carro de Fórmula 1 pilotado por Ayrton Senna em sua primeira vitória no Grande Prêmio do Brasil, em 1991, no circuito de Interlagos.

  1. Ferrari 488 Pista

Para não ficar atrás, a marca do cavalinho rampante vai exibir a novíssima Ferrari 488 Pista, configuração derivada da 488 GTB para uso voltado às competições. Apresentada no Salão de Genebra, em março, a Pista é equipada com o V8 biturbo mais poderoso da marca, de 3.9 litros, que gera 720 cv de potência e 78,5 kgf.m de torque máximos. O resultado é que, com apenas 1.280 kg de peso total, o modelo acelera de zero a 100 km/h em apenas 2,8s.

A Ferrari também apresentará outros três modelos: a Portofino, sucessora da Ferrari Califórnia; a GTC4 LussoT, única Ferrari V8 biturbo para quatro ocupantes; e a própria Ferrari 488, nas versões GTB e Spider.

  1. Rolls-Royce Cullinan

A Rolls-Royce surpreendeu o mundo, em maio, ao apresentar o Cullinan, primeiro SUV da tradicional marca inglesa, que promete – e cumpre – ser o mais luxuoso do segmento em todo o mundo. Para tanto luxo, muito desempenho: o Cullinan é movido por um V12 biturbo, de 6.7 litros, com 571 cv de potência. Mantendo a tradição dos luxuosos sedãs da Rolls Royce, o Cullinan possui as portas traseiras com abertura invertida. O Brasil será um dos primeiros países a expor este modelo em um salão internacional.

 4. Lamborghini Urus

A Lamborghini traz toda a sua experiência em carros superesportivos e apresenta como principal novidade o Urus, primeiro SSUV – Super Sport Utilitary Vehicle – do mundo. Trazendo sob o capô dianteiro um V8 biturbo de 650 cv, o Urus que vai de zero a 100km/h em 3.6s. A dinâmica do carro pode ser aproveitada em até sete modos diferentes de condução, de chuva e areia até o asfalto perfeito das pistas de corrida.

Ao lado dele estarão expostos o Huracán Performante Spyder – equipado com motor V10 aspirado de 640 cv, que chega à velocidade máxima de 325km/h – e o Aventador S, com motor V12 aspirado de 740 cv, capaz de atingir os 350 km/h.

  1. Maserati Levante Trofeo

O Levante Trofeo é a configuração mais potente e rápida da linha Levante. Equipada com motor V8 biturbo de 590 cv, é capaz de ir de zero a 100 km/h em 3,9s. O Levante Trofeo ganhou novos detalhes estéticos em relação a Levante V6 biturbo, entre eles os novos para-choques, design de rodas e detalhes em fibra de carbono.

Apresentado pela primeira vez no Brasil, o Levante Trofeo ficará exposto ao lado dos luxuosos e velozes sedãs Quattroporte GTS (530 cv) e Granturismo Sport (454 cv), além do Ghibli S (430 cv), modelo de entrada da marca italiana no mercado brasileiro.

 6. Porsche Macan 2019

O estande da Porsche terá como centro das atenções a terceira geração do Macan, o menor SUV da marca de Stuttgart, que já vendeu mais de 350 mil unidades desde o seu lançamento, em 2014. Apresentado mundialmente em julho, o Macan 2019 será exibido pela primeira vez no Brasil, onde deve chegar às lojas no primeiro trimestre do ano que vem. O novo Macan apresenta melhorias no design, dirigibilidade, conforto e conectividade. O visual ganhou elementos estéticos dos modelos 911 e 918, tornando o mini-SUV ainda mais esportivo.

Após banir a propulsão a diesel de seu catálogo, a Porsche adotou para o novo Macan o motor 2.0 turbo, de 242 cv de potência e 37,7 kgf.m de torque máximos. A transmissão é automática de sete velocidades (PDK), com dupla embreagem e tração adaptativa nas quatro rodas. Segundo a marca alemã, o Macan 2019 tem consumo médio (cidade/estrada) de 12,3 km/l, vai de zero a 100 km/h em 6,7s e chega aos 223 km/h de velocidade máxima.

  1. BMW i8 Roadster

O BMW i8 Roadster é a versão conversível do BMW i8 Coupé, o esportivo híbrido plug-in de maior sucesso da marca bávara no mundo. O BMW i8 Roadster exibe exterior aerodinamicamente lapidado, com destaque para as portas específicas padrão “asa de gaivota” e para o teto flexível. A construção do i8 Roadster utiliza a inovadora arquitetura LifeDrive – cuja estrutura reúne um chassi de alumínio e uma célula de passageiros feita de fibra de carbono reforçada com plástico (CFRP), oferecendo uma perfeita distribuição de peso.

O premiado sistema híbrido plug-in BMW eDrive é composto de um motor elétrico sincronizado um motor a combustão, de três cilindros, de 1.499 cm³, a gasolina, dotado de tecnologia BMW TwinPower Turbo, montados entre os eixos, e de outro motor elétrico no eixo dianteiro. De acordo com a fabricante alemã, o i8 Roadster pode rodar até 29 km/h no modo totalmente elétrico, a uma velocidade de até 120 km/h. No modo a combustão, com transmissão automática de seis velocidades, a máxima é de 250 km/h.

O estande da fabricante apresentará ainda a nova geração do BMW X4 e o BMW Série 7 2019 dotados de sistemas semiautônomos de assistência à condução, além do BMW 530e M Sport, a variante híbrida plug-in do BMW Série 5. A BMW Motorrad será representada com duas estreias em eventos nacionais: as novas BMW F 750 GS e F 850 GS, produzidas em Manaus.

  1. Nissan GT-R 2019

Um dos veículos de produção em série mais rápidos do mundo, o Nissan GT-R 2019 estará exposto na versão Premium, também reconhecida pelo nome código R35. Lançada em setembro, esta sexta geração dos 50 anos de história do Nissan GT-R reforça a fama de “Godzilla” e mantém o design agressivo e muscular, assinado pela Italdesign, combinado ao venerado motor biturbo 3.8V6, com 24 válvulas, que desenvolve 572 cv de potência a 6.800 rpm, e 64,9 kgf.m de torque, entre 3.300 e 5.800 rpm. A transmissão é sequencial de 6 velocidades, com dupla embreagem. A marca não divulgou os números de desempenho, mas se estima que o Nissan GT-R 2019 atinja os 100 km/h em apenas 3,5s, com velocidade máxima de 299 km/h.

A estabilidade e conforto do Nissan GT-R são garantidas por diferentes recursos tecnológicos e podem ser ajustadas pelo motorista por simples comandos no painel central. Seu exclusivo sistema de suspensão DampTronic oferece três opções de configuração e utiliza vários parâmetros do veículo para prover forças de amortecimento e um alto nível de controle para diferentes situações de condução.

  1. Mercedes-AMG CLS 53 2019

O Salão do Automóvel marca a chegada ao Brasil do Mercedes-AMG CLS 53 4MATIC+ 2019, que se caracteriza pelo conceito de coupé com quatro portas. A terceira geração do modelo apresenta uma combinação única entre design esportivo, performance e eficiência. O lançamento introduz a nova linguagem de design da Mercedes-Benz, que em breve estará presente em todos os modelos da marca e apresenta linhas mais simples e superfícies com menos vincos.

Desenvolvido pelo departamento esportivo da marca (AMG), o modelo conta com o novo motor 3.0 de seis cilindros em linha, alimentado por um duplo compressor atuado pelos gases de exaustão e por um inédito compressor elétrico auxiliar. Em situações normais, a unidade gera 435 cv de potência e um torque máximo de 53 kgf.m. Ele conta também com o auxílio do motor de arranque/alternador EQ Boost, que pode fornecer 22 cv de potência adicional. Outros destaques tecnológicos do CLS 53 incluem a transmissão SPEEDSHIFT TCT 9G e o sistema de tração integral AMG Performance 4MATIC+.

  1. Audi RS4 Avant 2019

Ícone da esportividade, o Audi RS 4 Avant está completando 18 anos desde o seu lançamento. A quarta geração do modelo, revelada no Salão de Frankfurt do ano passado, desembarca agora no país, combinando um desempenho superior e uma usabilidade excelente para o dia a dia. Os designers se inspiraram em diversos detalhes esportivos usados no Audi 90 quattro IMSA GTO ao projetar o RS 4 Avant. A frente apresenta entradas de ar sólidas com uma estrutura em colmeia típica dos modelos RS. A suspensão esportiva deixa o RS 4 Avant sete milímetros mais baixo do que o S4 (sedã).

 O motor V6 biturbo 2.9 TFSI oferece ao novo RS 4 Avant a potência de 450 cv e torque máximo de 61 kgf.m – 17,3 kgf.m a mais do que seu predecessor –, atingido em uma ampla faixa de rotação, entre 1.900 e 5.000 rpm. A potência do V62.9 TFSI é transferida para o sistema de tração permanente quattro por meio do câmbio Tiptronic, de oito velocidades, com tempos de trocas de marcha otimizados. Com esse conjunto o RS 4 acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos e sua velocidade máxima é de 280 km/h. O consumo médio de combustível é de 11,3 km/l, o que representa um aumento de 17% na eficiência em relação ao modelo anterior.

Serviço:

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

Data: 08 a 18 de novembro de 2018

Horário: das 13h às 22h / das 11h às 19h (último domingo 18/11/2018)

Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – Vila Água Funda

Informações e ingressos: http://www.salaodoautomovel.com.br/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário