HaasF1 Team revela o primeiro carro da temporada de 2020

Equipe estadunidense exibiu pelas redes sociais o visual do VF-20, que traz de volta as cores originais da escuderia. Dupla de pilotos e motor Ferrari foram mantidos

HaasF1 Team mostra o primeiro carro da temporada de 2020

A temporada de 2020 da Fórmula 1 começou! E, pelo menos uma vez, a equipe Haas F1 Team poderá se orgulhar de ter largado na frente das concorrentes.

Contrariando totalmente a programação do calendário de lançamentos – onde estava prevista para ser a última a mostrar o carro, no próximo dia 19 -, a escuderia sediada em Kannapolis, na Carolina do Norte, Estados Unidos, revelou esta manhã o desenho e a pintura do Haas VF-20, carro com que disputará o recorde de 22 etapas do Mundial de Fórmula 1 deste ano.

Haas VF-20

A apresentação, feita em primeira mão através das redes sociais, mostra o VF-20 fotografado por vários ângulos dentro da sede da equipe – única do grid da F1 instalada fora da Europa -, pronto para ir à pista com os pilotos Romain Grosjean e Kevin Magnussen, que tiveram os contratos renovados. A escuderia também estendeu o acordo a Ferrari para o fornecimento de motores.

A nova pintura traz de volta o padrão visual original da HaasF1, nas cores em cinza, vermelho e preto, distribuídas sobre o carro de forma limpa e contemporânea.

Por outro lado, isso significa que a equipe vai iniciar a temporada deste ano do mesmo jeito que fechou a última: sem patrocinador principal.

Haas VF-20

Em setembro passado, a Haas teve o contrato rompido com seu maior investidor externo, a fabricante de bebidas Rich Energy, por conta dos maus resultados.

Desde então, a escuderia se manteve por meio patrocinadores secundários e, principalmente, pelos recursos do seu fundador e proprietário, Gene Hass, dono da maior indústria de máquinas de produção do tipo CNC (Computer Numerical Control), a Haas Automation, bem como de uma equipe na Nascar, a Stewart-Haas Racing. Entre 1983 e 2011, o empresário também foi sócio do ator Paul Newman (morto em 2008) em uma equipe de Fórmula Indy, a Newman-Haas.

Haas VF-20

Portanto, dinheiro (ou a falta dele) não chega ser um problema para o time que terminou a temporada passada na nona posição entre os dez que disputam o Campeonato, com 28 pontos – à frente da Williams, que marcou apenas um, ao longo das 21 etapas.

Vale lembrar que a equipe campeã do Mundial de Construtores foi a Mercedes, com 739 pontos, seguida pela Ferrari, com 504, e Red Bull, com 417.

Haas VF-20

Dessa forma, a marca da Haas Automation pode ser vista de forma proeminente no VF-20, nos espaços de exposição das laterais do carro e da asa dianteira, cobertura do motor e lâminas do aerofólio traseiro, mantendo sua presença desde a entrada da equipe na F1, em 2016.

Romain Grosjean e Kevin Magnussen continuam ao volante dos carros da HaasF1

O VF-20 fará sua estreia física no próximo dia 19, na abertura dos testes pré-temporada, no circuito de Barcelona, na Espanha. O dinamarquês Magnussen assumirá o volante nessa mesma quarta-feira, o francês Grosjean na quinta, e é esperado que ambos dividam o carro no terceiro e último dia.

A segunda sessão de treinos extra-campeonato acontece na semana seguinte, entre os dias 26 e 28, no mesmo autódromo catalão.

Haas VF-20

A primeira etapa da temporada acontece no dia 15 de março, com o Grande Prêmio da Austrália, na pista provisória montada dentro do Albert Park, em Melbourne.

Fonte: HaasF1 Team I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação