General Motors e LG Chem unem-se pela eletrificação

Parceria industrial e tecnológica prevê a instalação de uma fábrica de baterias para atender o mercado dos EUA e a pesquisa de novas soluções no segmento

General Motors e LG Chem unem-se pela eletrificação

A matriz da General Motors, nos Estados Unidos, e a LG Chem, maior empresa de produtos químicos da Coreia do Sul, anunciaram planos para produção em massa de células de bateria para veículos elétricos. Juntas, as empresas investirão até US$ 2,3 bilhões (mais de R$ 9,5 bi), por meio de uma nova e igualitária joint venture.

A parceria comercial inclui a construção de uma fábrica de montagem de células de bateria na região de Lordstown, no nordeste do estado de Ohio, nos EUA, que vai gerar mais de 1.100 postos de trabalho, segundo a GM.

Cadillac EV Concept

O acordo também inclui o compromisso entre as duas empresas para o desenvolvimento de alta tecnologia voltada à produção de baterias, visando a redução em escala industrial.

Este anúncio, juntamente com a recente venda do complexo de produção da GM em Lordstown, também em Ohio, à Lordstown Motors Corp. para a fabricação de caminhões elétricos, posiciona essa região central do território dos EUA como um importante polo de tecnologia e produção de veículos movidos a eletricidade.

Segundo a montadora, além integração da manufatura de células de bateria nos EUA, a LG Chem ganhará uma força de trabalho experiente. Também se beneficiará de um fluxo de produção dedicado aos futuros veículos elétricos da GM, entre eles o Cadillac EV – o primeiro eletrificado da marca de luxo – e um caminhão totalmente novo, que será lançado em meados de 2021.

No entanto, também de acordo com a GM, a expectativa é de que as inovações nesse segmento aconteçam já ao longo do ano que vem.

Fonte: General Motors Brasil I Imagens: Divulgação