BMW Série 1 estreia terceira geração no Brasil

Atualizado com a nova identidade visual da marca, hatch traz também arquitetura revisada, que oferece mais espaço interno, e motor 1.5 de três cilindros, com 140 cv

BMW Série 1 estreia terceira geração no Brasil

A terceira geração do BMW Série 1, um dos mais esportivos hatches do segmento premium, já pode ser adquirido na rede de concessionárias da marca no país. Apresentando desenhos externo e interno atualizados, o modelo de cinco portas também vem equipado com os mais recentes recursos de conectividade.

Apesar de ligeiramente reduzido no comprimento total e na distância entreeixos, o novo projeto da carroceria beneficiou o espaço interno, especialmente para os ocupantes do banco traseiro e no porta-malas. A vantagem foi conseguida por meio de uma nova arquitetura para tração dianteira, que transferiu parte do volume do compartimento do motor para a cabine.

BMW Série 1 2020

Sob o capô de alumínio, mais curto e leve, o novo Série 1 traz o mesmo propulsor de três cilindros e 1,5 litro utilizado no esportivo híbrido BMW i8, com 140 cavalos de potência, aprimorado para oferecer maior eficiência de energia – leia-se economia de combustível.

ad

Produzido em Leipzig e em Regensburg, na Alemanha, o novo Série 1 chega ao mercado nacional na versão 118i Sport GP, a partir de R$ 174.950. O consumidor brasileiro terá à disposição seis opções de cores externas: a sólida Branco Alpino, e as metálicas Preto Safira, Branco Mineral, Cinza Mineral, Azul Mediterrâneo e Azul Seaside.

BMW Série 1 2020

Visto de frente, o novo BMW Série 1 chama a atenção pela grade de duplo aro, que além de maior e verticalizada, está unida ao centro pela primeira vez nessa família, seguindo a tendência estabelecida recentemente pela BMW.

Os faróis duplos, agora contam com design mais oblíquo e agressivo, também distingue o modelo entre os BMW mais sofisticados. Na configuração 118i Sport GP, eles são dotados de lâmpadas de LED, incluindo as luzes de rodagem diurna (DLR), que asseguram a aparência particular ao hatch.

BMW Série 1 2020

Visto de lado, o novo BMW Série 1 destaca-se pela dianteira em estilo “bico de tubarão”, por causa do formato em forma de cunha elevada. O contorno afilado das janelas é realçado pelas molduras que se estendem acima da porta traseira e terminam na coluna C (última) com formato de bumerangue na base; conhecido como “Hofmeister Kink”, esse reforço estrutural se tornou uma característica visual da marca bávara a partir da década de 1960.

A aparência dinâmica das laterais é reforçada por dois vincos: um em linha reta, logo abaixo das maçanetas, enquanto o outro, curvilíneo, começa na parte inferior da porta da frente e cria um movimento ascendente em direção à parte posterior do carro.

BMW Série 1 2020

Os elementos visuais mais marcantes da traseira são a seção inferior, larga e encorpada, afunilada na parte superior, o que acentua a linha horizontal do carro, agregando a imagem mais robusta e dinâmica.

As lanternas traseiras exibem uma interpretação completamente nova do formato em “L”, com filete luminoso curvado para cima. Em volta desse elemento, ocultos por uma lente transparente vermelha, estão os piscas e as luzes de freio, de ré e de neblina.

BMW Série 1 2020

O uso inteligente do alumínio no capô e na tampa traseira, combinado com aço de alta resistência, possibilitou à BMW reduzir em até 30 kg o peso do novo BMW Série 1, ao mesmo tempo em que aumentou ainda mais a rigidez à torção do chassi, quando comparado ao antecessor. 

Mais do que isso, as novas dimensões da carroceria aumentaram a praticidade do hatch premium para o uso diário. Medindo 4,319 m de comprimento, o novo Série 1 ficou 5 mm mais curto do que seu antecessor. Em termos de largura, agora com 1.799 mm, o modelo cresceu 34 mm, enquanto a altura, de 1.434 mm, aumentou em 13 mm, proporcionando aos ocupantes maior distância até o teto e mais espaço para os ombros.

BMW Série 1 2020

A medida de 2.670 mm no entreeixos, por sua vez, é 20 mm mais curta que a da geração anterior. Apesar disso, a nova arquitetura de tração dianteira com motores transversais e túnel central baixo oferece aos ocupantes o conforto consideravelmente maior.

Dessa forma, quem viaja no banco traseiro passa a contar com 33 mm a mais para as pernas no vão até os encostos dianteiros. O volume do porta-malas foi ampliado em 20 litros e oferece 380 l, ou 1.200 l, com o banco traseiro rebatido.

BMW Série 1 2020

Pertencente à nova família de motores BMW EfficientDynamics, o três cilindros de 1.499 cm³ que impulsiona o BMW 118i é 5 kg mais leve do que a especificação anterior. Movido a gasolina, ele fornece 140 cv, de 4.600 a 6.500 rpm, e torque máximo de 22,4 kgfm, na faixa entre 1.480 rpm e 4.200 rpm. Conectado à transmissão automática de sete marchas e dupla embreagem, a unidade permite ao novo BMW 118i acelerar de zero a 100 km/h em 8,5 s e atingir 211 km/h de velocidade final.

A terceira geração do Série 1 também traz a tecnologia ARB (sigla para limitador de deslizamento das rodas, em inglês), desenvolvida para o compacto premium elétrico BMW i3 e que estreia em um modelo com motor a combustão. O dispositivo percebe antecipadamente a possibilidade de as rodas perderem aderência com o solo e passa a controlar a distribuição de torque entre elas, evitando o deslizamento de maneira muito mais precisa e rápida.

BMW Série 1 2020

A comodidade a bordo do novo BMW Série 1 inclui comandos e controles voltados para o motorista e detalhes inovadores, entre eles o acabamento interno iluminado. Com uma configuração claramente organizada, a cabine oferece um ambiente dinâmico e de alta qualidade, apoiado pelo efeito proporcionado pelas diferentes texturas das superfícies atrás do volante, no painel ou nas portas. O conjunto de teclas e controles facilita o manuseio e é posicionado de forma prática.

À direita do volante encontra-se uma tela digital sensível ao toque de 8,8 polegadas. Este monitor, posicionado dentro do ângulo de visão do motorista, exibe informações como dados do sistema de navegação e pode ser configurado de acordo com as preferências pessoais.

BMW Série 1 2020

Além de disponibilizar a preparação para o sistema Apple Car Play (que permite o espelhamento do smartphone), o novo BMW Série 1 já deixa a linha de produção conectado à internet. O acesso é feito por meio de um SIM Card, oferecendo ao cliente a possibilidade de obter informações sobre condições de trânsito em tempo real, entre outras funcionalidades disponibilizadas pelo sistema ConectedDrive. Por meio deste recurso, o usuário também é alertado sobre a necessidade de manutenção de componentes (Teleservices), recebe indicações de conveniência (concierge) sobre cinemas, restaurantes e hotéis na região, além de poder acionar os serviços de emergência em caso de acidente (Chamada de Emergência Inteligente).

O BMW 118i Sport GP traz como principais equipamentos ar-condicionado automático digital com controle de duas zonas; assentos dianteiros esportivos; volante multifuncional revestido de couro; forração interna de Anthracite e Sensatec; rodas de liga leve “Multi-spoke” de 17 polegadas; e assistente de estacionamento (Parking Assistant).

Para a segurança dos ocupantes, o modelo dispõe de seis airbags – duplos frontais, laterais dianteiros e tipo cortina na frente e atrás –, freios a disco ventilados com ABS, controles de estabilidade e tração, além de pneus run-flat BMW Star Marking, que permitem continuar rodando mesmo que um deles esteja furado e totalmente vazio.

BMW Série 1 2020

Durante o mês de novembro, os clientes que adquirirem o novo Série 1 através do BMW Serviços Financeiros contam com condições especiais de financiamento, além de ganharem o programa de manutenção BMW Service Inclusive (BSI) por três anos ou 40 mil quilômetros, prevalecendo o que ocorrer primeiro.

O plano oferece serviços programados com base nos dados fornecidos pelo sistema CBS (Condition Based Service), que monitora constantemente o estado de alguns componentes do veículo, do óleo do motor e do fluido de freio dos veículos BMW, e informa quais manutenções são necessárias, com quatro semanas ou 2 mil quilômetros de antecedência. As informações podem ser visualizadas no momento da partida do veículo, por cerca de seis segundos no painel de instrumentos, e detalhadamente na tela da central multimídia.

Fonte: BMW Brasil I Imagens: Divulgação