Petrópolis faz primeiros testes com a “vitória elétrica”

Carruagem movida a bateria deverá substituir as charretes puxadas por cavalos, proibidas desde março, após decisão da população por meio de plebiscito

Petrópolis faz primeiros testes com “vitória elétrica”

A prefeitura de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, realizou nesta sexta-feira (27), Dia Mundial do Turismo, o primeiro passeio para visitantes com a carruagem movida a eletricidade, modelo que deverá substituir as extintas charretes puxadas por animais, conhecidas como “vitórias”.

Pioneiro no país, o novo serviço conta com uma carruagem de design histórico – conforme exigência da comissão que acompanha o processo de transição do modal turístico – equipada com motor elétrico alimentado por bateria, com condutor vestido a caráter e efeitos sonoros.  

Petrópolis faz primeiros testes com “vitória elétrica”

A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) acompanha os testes iniciais da “vitória elétrica”, fazendo vistorias e orientando a adequação do veículo ao pavimento, além de outros itens, como a segurança dos passageiros e a resistência mecânica.

A carruagem movida a bateria vai permanecer em avaliação prática e operacional durante duas semanas, período que pode ser prorrogado a critério da Companhia.

Petrópolis faz primeiros testes com “vitória elétrica”

O objetivo do novo serviço é manter a tradição dos passeios pelo centro histórico aliando a tecnologia e a segurança. “Essa é a primeira carruagem elétrica feita em Petrópolis. É um produto 100% da nossa cidade, do nosso país. Buscamos manter o modelo tradicional das antigas vitórias, mas atendendo aos quesitos de segurança indicados pela CPTrans”, garante a responsável pelo primeiro veículo testado, Mari Andrada.

Petrópolis faz primeiros testes com “vitória elétrica”

“Os passeios com os novos veículos podem ser feitos por qualquer pessoa. É importante ressaltar que todos os deslocamentos serão acompanhados pelas nossas equipes. Estamos considerando a relevância cultural do serviço turístico prestado por vitórias na cidade”, explica o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

Petrópolis faz primeiros testes com “vitória elétrica”

Segundo a prefeitura, a iniciativa respeita o resultado do plesbicito, realizado junto com o primeiro turno das Eleições em 2018. O fim do uso dos cavalos para tração das charretes foi escolhido por 117 mil pessoas, o que representou 68,57 % dos votos válidos, contra 31,43 % que votaram a favor da permanência da exploração dos animais, segundo a Justiça Eleitoral.

Com a homologação do resultado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a prefeitura decretou a extinção da atividade, em março deste ano.

Petrópolis faz primeiros testes com “vitória elétrica”

Após o chamamento público feito neste mês, 12 empresas se cadastraram no teste de operação do serviço. A CPTrans está organizando um calendário de avaliações para atender a cada instituição.

O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) – que é o próximo passo da implantação do serviço após a realização dos testes – contempla preferencialmente a utilização da mão de obra dos antigos condutores das vitórias de tração animal.

As charretes com tração animal estão proibidas desde março em Petrópolis

Há anos as charretes puxadas por cavalos vêm sendo alvo de polêmica em Petrópolis, fato que motivou o vereador Meireles (PP) a solicitar o plebiscito, uma maneira de decidir a questão democraticamente, segundo ele. O grupo contrário ao meio de transporte alega que os animais são maltratados e trabalham em condições inadequadas.

A ativista e defensora do direito dos animais, Luísa Mell, parabenizou o município pela iniciativa, por meio de suas redes sociais. “Ainda dá tempo de construirmos um mundo justo, ético e com respeito a natureza e aos animais. Que sirva de exemplo e incentivo para outras cidades que ainda usam charretes puxadas a cavalo”.

Veja o vídeo que ela publicou em sua página no Facebook:

Fontes: Ascom PMP e G1 I Imagens: Divulgação