MIL MILHAS 2024: EQUIPE STUTTGART TRIUNFA PELA QUARTA VEZ

Porsche 911 GT3 levou a melhor sobre rivais mais potentes na disputa da tradicional prova de longa duração neste domingo, após 12 horas entre noite, sol e muita chuva




É tetra! Ao fim de 12 horas extenuantes de prova – tempo máximo permitido pelo regulamento -, e de uma montanha russa de emoções, por causa das disputas sob as mais variadas condições climáticas, a equipe Stuttgart Motorsport foi a campeã do GP de São Paulo Mil Milhas de 2024, realizado no último domingo (28), no autódromo de Interlagos.

Disputada pela primeira vez em 1956, a corrida é uma homenagem ao aniversário de fundação da capital paulista, comemorado em 25 de janeiro, e durante muitos anos fez parte das festividades oficiais pela data.

É campeão! Porsche 911 GT3 R da equipe Stuttgart

Pilotado por Marcel Visconde, Ricardo Mauricio e Marçal Müller, o Porsche 911 GT3 R, inscrito com o número 55 na categoria GT3, levou a escuderia de São Paulo à quarta vitória na tradicional corrida de longa duração.

A segunda posição ficou para o protótipo Sigma (categoria P1) conduzido por Jindra Kraucher/Aldo Piedade Júnior/Marcelo Vianna/Emílio Padron, seguido pelo Mercedes AMG GT4 (GT4), do trio formado por Renan Guerra/Melik Najm/Marcel Marchewicz/César Fonseca.

 

Com o Sigma largando da pole position, o sinal verde foi autorizado alguns minutos depois da meia-noite, seguindo a tradição da prova. Depois de sair da quarta posição do grid, o Porsche 911 GT3 R, inicialmente pilotado por Müller, precisou de apenas três voltas para assumir o terceiro lugar e de outras dez para ficar em segundo.

Liderança se alternou entre o Porsche 911 GT3 R e o protótipo Sigma (nº12), que largou da pole position

A partir da volta 47, o carro assumiu a liderança e não perdeu mais a posição até receber a bandeira quadriculada, totalizando 343 voltas pelos atuais 4.309 m de traçado do Autódromo José Carlos Pace.

SOL E CHUVA

Porsche 911 GT3 R

As últimas horas de corrida, entretanto, foram um verdadeiro teste para os nervos dos integrantes da Stuttgart Motorsport e da equipe Techforce, responsável pela preparação do Sigma. Depois de largar à frente do grid, o protótipo nº 12 se atrasou devido a uma prolongada parada de box nas primeiras voltas. De volta à pista, recuperou posições até se colocar na vice-liderança geral.

Logo às primeiras horas da manhã, o sol cobria a pista e o Porsche tinha cinco voltas de vantagem sobre o rival. Algumas entradas de safety car e a própria rapidez do protótipo permitiram que essa vantagem fosse reduzida a duas voltas. Faltando aproximadamente uma hora e meia para o prazo limite, a chuva chegou a Interlagos.

BMW M240 GT4

Inicialmente de baixa intensidade, o temporal aumentou até encharcar o traçado. A Stuttgart Motorsport chamou seus dois carros para trocar os pneus slick (lisos) pelos sulcados, especiais para o piso molhado. A equipe do Sigma tomou a mesma providência alguns minutos depois.

Logo em seguida, a direção de prova determinou a entrada do safety car. A vantagem do 911 GT3 R, já pilotado por Ricardo Mauricio, voltou a ser de quatro voltas e se manteve quando a bandeira verde foi mostrada em definitivo, a dez minutos do fim, retomando as disputas.

Porsche 911 GT3 R

Tetracampeão da Stock Car, o paulistano Ricardo Mauricio venceu pela primeira vez a principal corrida de Endurance do Brasil. Para ele, que conhece o asfalto de Interlagos como o chão da própria casa, a pista molhada contribuiu para a vitória.

“A chuva acabou ajudando a gente, mas eu tinha que tomar muito cuidado porque havia muitas lâminas d’água na pista e era muito fácil cometer um erro. A direção de prova agiu certo ao colocar o safety car até a chuva amenizar um pouco”, avaliou o campeão. “É minha primeira vitória na classificação geral numa Mil Milhas e isso me deixa muito contente.”

Porsche 718 Cayman GT4 Clubsport MR

O outro Porsche da Stuttgart Motorsport, o 718 Cayman GT4 Clubsport MR, com o número 21, terminou em segundo lugar na classe GT4 e em quinto lugar na classificação geral.

Durante várias horas, o carro tripulado por Jacques Quartiero, Danilo Dirani, Luiz Landi e Beto Gresse ocupou o terceiro lugar na classificação geral. Contudo, o cumprimento de time penalty de dois minutos, em virtude de uma ultrapassagem feita sob bandeira amarela, e algumas voltas perdidas com um reparo no assoalho (danificado provavelmente por detritos na pista) aniquilaram as chances do Cayman amarelo e preto em vencer na categoria.

Porsche 911 GT3 R

Este foi o oitavo triunfo da Porsche nas Mil Milhas. Além dos obtidos pela Stuttgart Motorsport (2001, 2002, 2008 e 2004), a marca alemã venceu a prova em 1994, 1995, 1996 e 2003, além de conseguir dois primeiros lugares na classe GT4 em 2022 e 2023.

HORA DO CHAMPANHE

Festa no pódio da Mil Milhas Brasileiras 2024

 GP de São Paulo Mil Milhas I Classificação final dos dez primeiros colocados

1) 55-Marcel Visconde/Ricardo Mauricio/Marçal Müller (Porsche 911 GT3 R/cat. GT3), 343 voltas

2) 12-Jindra Kraucher/Aldo Piedade Júnior/Marcelo Vianna/Emílio Padron (Sigma/P1), 339

3) 420-Renan Guerra/Melik Najm/Marcel Marchewicz/César Fonseca (Mercedes AMG GT4), 338

4) 72-Carlos Antunes/Yuri Antunes/Pedro Maldi/Marcelo Campagnolo (AJR/P1), 331

5) 21-Jacques Quartiero/Danilo Dirani/Luiz Landi/Beto Gresse (Porsche 718 Cayman GT4), 330

6) 73-Bley Jr/Pedro Queirolo/Guga Ghizo/Leandro Totti/Eduardo Pimenta/Costa Jr (MRX/P2), 319

7) 5-Augusto Ribas/Alexandre Andrade Jr/Dudu Pimenta/Robbi Perez (MC Tubarão 40/P3), 309

8) 64-Henry Visconde/Enzo Visconde/Paulo Sousa/Kim Camelo (BMW M240/GT4 Light), 305

9) 1-R. Bonora/N. Finotti/C. Martins/I. Taques/D. Vianna (Protótipo Fusca/PN1A), 300

10) 43-L. Cirino/A. Peppe/A. Fortunato/E. Piedade (Chevrolet Corsa/TN1), 295

UNIVERSO MOTOR I Redação

Edição: Fábio Ometto I Fonte: Stuttgart Porsche I Imagens: Divulgação

 




Sobre Universo Motor 995 Artigos
Jornalista e editor de conteúdo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário