CONGONHAS INVESTE R$ 1 MILHÃO EM VOOS MAIS VERDES

Cercado pela metrópole paulista por todos os lados, segundo aeroporto em público do país cria incentivo para operações com aeronaves menos poluentes e ruidosas




LEITURA RÁPIDA

  •  Projeto é uma iniciativa da Aena Brasil, empresa que administra o aeródromo
  • Voos realizados com os modelos Boeing 737 Max, Airbus A320 Neo e Embraer 195-E2 terão 10% de desconto na tarifa de aterrissagem
  • Projeto de modernização das instalações prevê novas melhorias voltadas à sustentabilidade

A Aena Brasil, maior operadora aeroportuária do País, lançou um inédito programa de incentivo a voos mais sustentáveis no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que visa beneficiar o meio ambiente, os moradores e as empresas ao seu redor.

O projeto tem a intenção de privilegiar as operações realizadas com aeronaves de maior eficiência energética, que consomem menos combustível e geram menos ruído, de acordo com a subsidiária do grupo aeroportuário espanhol Aena.

Porta-aviões: Aeroporto de Congonhas foi envolvido pela urbanização

A iniciativa, com limite de investimento em R$ 1 milhão, prevê o reembolso às companhias aéreas de 10% na tarifa de aterrissagens realizadas até outubro de 2024.

O desconto vale para aeronaves dos modelos Boeing 737 Max, Airbus A320 Neo e Embraer 195-E2, operadas pelas três principais companhias aéreas brasileiras – Latam, Gol e Azul. Como curiosidade, este último modelo é o mesmo adquirido pela empresária Leila Pereira, presidente e principal patrocinadora do Palmeiras, clube de futebol sediado em São Paulo, para os deslocamentos da equipe de futebol alvi-verde.

Ao término do período, conforme o movimento de adesão das empresas que operam ali e os resultados obtidos, a Aena Brasil analisará a viabilidade de extensão do plano.

 

“Além do incentivo às companhias aéreas, temos vários projetos sustentáveis para a modernização do Aeroporto de Congonhas nos próximos anos”, afirma Marcelo Bento, diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Aena Brasil.

NOVIDADES NO HORIZONTE

Aeroporto de Congonhas

As obras de atualização do aeroporto da capital paulista têm início planejado para o final de 2024, com conclusão em junho de 2028.

Ainda de acordo com a Aena Brasil, o projeto prevê mais conforto aos passageiros, melhor fluxo do trânsito viário e operações mais eficientes, com a reformulação do pátio de aeronaves e pistas de taxiamento.

Aeroporto de Congonhas

Em relação à sustentabilidade, estão previstas melhorias como:

  • Nova subestação elétrica e mais equipamentos alimentados por energia limpa;
  • Redução do uso de combustíveis fósseis e de emissão de CO2, com serviços de energia e ar-condicionado para aeronaves nas pontes de embarque e distribuição de combustível por dutos, evitando uso de caminhões;
  • Reciclagem integral de resíduos sólidos e estação de tratamento e reuso de água;
  • Refrigeração e climatização eficiente no saguão, salas de espera e áreas de embarque e desembarque;
  • Mais iluminação natural.

 MAIOR DO MUNDO

Sede da Aena, na Espanha

O grupo espanhol Aena é considerado o maior operador aeroportuário do mundo em número de passageiros, segundo o Conselho Internacional de Aeroportos. Atualmente, a multinacional tem sob sua gestão 78 aeroportos e dois heliportos, distribuídos por cinco países.

No Brasil, a companhia também é a mais abrangente, administrando 17 aeroportos, em nove estados, incluindo o de Congonhas. Localizado na zona sul de São Paulo, ele é o segundo maior em número de embarques e desembarques, atrás do aeroporto internacional de Guarulhos, também na região da capital paulista.

Saguão do aeroporto de Barajas, em Madri

Em 2023, os aeroportos da Aena movimentaram mais de 410 milhões de passageiros, sendo 283 milhões na Espanha e 41 milhões no Brasil. Mas o plano de voo da empresa é fazer estes números decolarem.

UNIVERSO MOTOR I Redação

Edição: Fábio Ometto I Fonte: Aena Brasil I Imagens: Divulgação e Agência Brasil




Sobre Universo Motor 1043 Artigos
Jornalista e editor de conteúdo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário