Leonardo expõe na Laad aeronaves e tecnologias multidomínio

Fabricante italiana apresenta seus principais produtos no maior evento de defesa e segurança da América Latina, realizado esta semana no Rio de Janeiro




Leonardo expõe na Laad aeronaves e tecnologias multidomínio

A fabricante aeronáutica italiana Leonardo encerra nesta sexta-feira (14) sua participação na 12ª edição da Laad Defense & Security, no Rio de Janeiro, a mais importante feira de negócios do segmento na América Latina.

A região compreendida desde o México até o extremo sul do Chile mostra um potencial significativo, com desenvolvimento de médio e longo prazos para operações de rasgate marítimo (SAR, do inglês “Search and rescue”, ou “busque e resgate”) e de serviços de emergência médica (SEM, na sigla em inglês) e de socorro em desastres.

Leonardo AW169

Até o momento, são 400 helicópteros produzidos pela empresa operando na região. Só no Brasil, são mais de 190 unidades, empregadas em diferentes funções, desde transporte privado até policiamento e serviços públicos, passando por transporte offshore (plataformas de petróleo) e aplicações navais.

O AW119Kx é o primeiro helicóptero leve monomotor, e o único totalmente certificado, a atender todos os padrões IFR (regra de voo por instrumentos). A plataforma oferece um moderno conjunto de aviônicos e um interior espaçoso para permitir maior flexibilidade operacional.

Operadores de todo o mundo se beneficiam da sua combinação de desempenho e capacidade de carga entre os helicópteros monomotores, aliada a altos padrões de segurança garantidos pela redundância dos principais sistemas.

Leonardo AW119Kx

O AW119Kx é capaz de oferecer controle e manobrabilidade excepcionais, mesmo na presença de altas temperaturas e em altitude elevada. Atualmente, está em operação nas forças policiais do Brasil e da Argentina e nas forças armadas do Equador.

A aeronave tem como principais aplicações o serviço de emergência médica (EMS) e missões de resgate, graças ao seu desempenho e capacidades, mantendo as características típicas de um bimotor leve por meio da redundância de todos os sistemas críticos. Além disso, sua autonomia e ampla gama de ação permitem aos operadores intervir rapidamente em caso de acidentes em grandes distâncias.

Leonardo AW169

O AW169 é um veículo único e versátil, que permite intervir rapidamente em missões exigentes e em cenários de constante mudança, afirma a Leonardo. Entre suas capacidades multifuncionais, detalha a fabricante, o AW169 é a solução ideal para missões como vigilância, apoio aéreo, patrulha de fronteira, remoção médica, desastres naturais, resgates, combate a incêndios e outros serviços de utilidade pública.

O conjunto de aviônicos avançados e o design do cockpit melhoram a visibilidade e minimizam a fadiga do piloto, permitindo que a tripulação concentre esforços na missão, completa a Leonardo.

Leonardo AW139

Outro modelo exposto pela empresa italiana no Laad 2023 é o AW139, que ostenta a impressionante distinção de helicóptero bimotor mais vendido em sua classe, com mais de 1.130 unidades em serviço e clientes em todo o mundo.

Inserido na categoria de sete toneladas, a aeronave tem capacidade de transporte para até 15 pessoas e vocação multifuncional, graças à sua rápida configurabilidade, arquitetura aberta e ampla gama de sensores, incluindo sistemas de comunicação e de compartilhamento de dados, necessários para operar em rede ambiente centrado, afirma a Leonardo.

Leonardo AW139 SAR

A plataforma é um substituto ideal para os lendários Bell UH-1, conhecidos por aqui como “sapão”, presentes na região da América Latina, com suas diversas configurações, incluindo aplicação da lei, ambulância aérea, transporte VIP, SAR e suporte a plataformas de petróleo offshore (alto mar).

O modelo ficou mundialmente conhecido por sua participação na Guerra do Vietnã, retratado no filme “Apocalipse now”.

Leonardo ATR 72MP

Os programas de asa fixa da Leonardo também incluem o ATR 72MP, uma aeronave turboélice bimotor, usada para realizar tarefas de patrulha marítima mesmo em cenários complexos.

O avião integra as características de confiabilidade, facilidade de manutenção, baixo custo de ciclo de vida e conforto do ATR 72-600 do qual deriva, com um sistema de missão de última geração, sensores avançados e um conjunto completo de comunicação.


Sede da Leonardo em Itapevi (SP)

A Leonardo afirma ter como missões a assistência técnica necessária, treinamento de pessoal de voo e de solo, manutenção e atualização de helicópteros em todo o seu ciclo de vida.

Através de uma rede global ativa 24h por dia em todo o mundo, a Leonardo garante serviços de apoio e formação às frotas em serviço, atendendo com eficácia e segurança às solicitações dos operadores civis e militares, onde quer que se encontrem. Em Itapevi (a cerca de 40 km de São Paulo), o novo centro de assistência logística já está operacional e capaz de atender à crescente frota de helicópteros brasileira e sul-americana.

Fonte: Leonardo Itália I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação




Sobre Universo Motor 995 Artigos
Jornalista e editor de conteúdo