Indy500: Dixon crava pole position mais rápida de todos os tempos

Hexacampeão partirá pela quinta vez na frente, após quebrar recorde de velocidade estabelecido há 26 anos. Brasileiros Kanaan e Castroneves largam em sexto e 27º

Indy500: Dixon crava pole position mais rápida de todos os tempos

Scott Dixon se consolidou como uma das lendas da 500 Milhas de Indianápolis ao alcançar a velocidade média mais rápida da história para a pole position da prova, disputada no circuito retangular de 2,5 milhas – ou, 4.0225 metros Com isso, o neozelandês largará no próximo domingo (29) pela quinta vez no lugar de honra do “Maior Espetáculo do Automobilismo”, e fica a apenas uma pole do piloto que mais vezes largou em primeiro na corrida, o estado-unidense Rick Mears, que também é tetracampeão da Indy500, ao lado dos conterrâneos A.J. Foyt e Al Unser, e do brasileiro Helio Castroneves.

Como último piloto a ir para a pista no treino definitivo realizado no domingo passado (22) – quando apenas os seis melhores classificados ao longo do dia garantiram o direito de disputar a ponta do grid – o hexacampeão da Fórmula Indy, ao volante do carro nº 9 da Chip Ganassi Racing Honda, aproveitou-se da temperatura mais baixa do final de tarde e registrou a velocidade média de 234,046 milhas por hora – 376,580 km/h – ao final das quatro voltas válidas para cada piloto.

Avassalador: Dixon superou os 376 km/h de velocidade média em suas quatro voltas

Com essa marca, Dixon, de 41 anos, nascido na Austrália, mas radicado em Auckland, na Nova Zelândia, quebrou o recorde de 233.718 mph (376,052 km/h) estabelecido em 11 de maio de 1996 pelo estado-unidense Scott Brayton, que morreu seis dias depois em um acidente sofrido na sequência dos treinos para a prova.

Naquele mesmo ano, o holandês Arie Luyendyk estabeleceu o recorde de velocidade média absoluto para as quatro voltas, com 236.986 mph (381,310 km/h) – ainda não superado -, mas sua marca foi conquistada no segundo dia de qualificações e, por isso, inválida para a pole.

Como prêmio pela pole position, neozelandês abocanhou o cheque de 100 mil dólares

“Isso é o que significa este lugar. É tão incrível”, disse Dixon ao deixar o cockpit. “É uma loucura. Esta equipe do carro nº 9 e a Honda, eles trouxeram isso hoje. Estou tão feliz por todos”, comemorou o pole position, que, de quebra, levou como prêmio um cheque de 100 mil dólares (R$ 477 mil).

Atual campeão da Indy, espanhol Alex Palou garantiu a dobradinha da Chip Ganassi no grid

A Chip Ganassi Racing também ficou com a segunda posição no grid para esta 106ª edição da 500 Milhas de Indianápolis, com o atual campeão da F-Indy Alex Palou, da Espanha, registrando a média de 233.499 mph (375,699 km/h), com o carro nº 10.

Foi a segunda vez que a equipe conseguiu as duas primeiras posições para a prova desde 2008, quando o mesmo Dixon saiu em primeiro e conquistou sua única vitória na corrida, tendo ao seu lado na largada o inglês Dan Wheldon – campeão da Indy 500 em 2011 e morto em acidente na última prova daquele ano, em Las Vegas.

Holandês Rinus Veekay larga em terceiro e fecha a primeira fila mais rápida da história

Pelo segundo ano consecutivo, o holandês Rinus VeeKay fecha a primeira das onze filas da prova – que, em Indianápolis, alinham três competidores, cada – ao alcançar a média de 233.385 mph (375,516 km/h), com o carro nº 21 da equipe Ed Carpenter Racing Chevrolet.

Com isso, esta é a primeira fila mais rápida da história da Indy 500, com média de 233.643 mph (375.931 km/h), quebrando o recorde de 233.233 mph (375,271 km/h) estabelecido em 1996.

Campeão da Indy500 em 2013, Kanaan larga em sexto com o carro nº 1 da Chip Ganassi

Responsável pelo maior número de desafiantes no grid da 500 Milhas deste ano – junto com a esquadra comandada por Michael Andretti – a Chip Ganassi Racing colocou quatro de seus cinco pilotos nas duas primeiras filas. O sueco Marcus Ericsson vai largar em quinto, com o carro nº 8, tendo ao seu lado o vencedor da Indy 500 de 2013, o brasileiro Tony Kanaan, que se classificou em sexto, com o monoposto nº 1.

O outro representante brazuca na prova, Helio Castroneves, vencedor no ano passado e que tentará sua quinta vitória, garantindo o título de maior campeão da história da Indy 500, conseguiu apenas a 27ª posição para a largada. No entanto, ao longo dos 800 km de corrida, tudo pode acontecer.

A largada da prova, que acontece neste domingo (29), está programada para as 13h30, no horário de Brasília, com transmissão pela TV Cultura, ao vivo, a partir de 12h30. Também é possível assistir à corrida pelos canais por assinatura Espn e Star+.

Vencedor da prova no ano passado, Helio Castroneves tentará seu quinto triunfo em Indianápolis

Confira o grid completo para a 500 Milhas de Indianápolis de 2022:

POSIÇÃOPILOTO (PAÍS)EQUIPEMOTOR
Scott Dixon (NZL)9Chip Ganassi Racing Honda
Alex Palou (ESP)10Chip Ganassi Racing Honda
Rinus VeeKay (HOL) 21Ed Carpenter Racing Chevrolet
Ed Carpenter (EUA)33Ed Carpenter Racing Chevrolet
Marcus Ericsson (SUE)8Chip Ganassi Racing Honda
Tony Kanaan (BRA)1Chip Ganassi RacingHonda
Pato O’Ward (MEX)5Arrow McLaren SP Chevrolet
Felix Rosenqvist (SUE)7Arrow McLaren SP Chevrolet
Romain Grosjean (FRA)28Andretti Autosport Honda
10ºTakuma Sato (JAP)51Dale Coyne Racing / RWR Honda
11ºWill Power (AUS)12 Team Penske Chevrolet
12ºJimmie Johnson (EUA)48Chip Ganassi Racing Honda
13ºDavid Malukas (EUA)18 Dale Coyne Racing / HMD Honda
14ºJosef Newgarden (EUA) 2Team Penske Chevrolet
15ºSantino Ferrucci (EUA)23Dreyer & Reinbold Racing Chevrolet
16ºSimon Pagenaud (FRA)60Meyer Shank Racing Honda
17º J.R. Hildebrand (EUA)11AJ Foyt Enterprises Chevrolet
18ºConor Daly (EUA)20Ed Carpenter Racing Chevrolet
19ºCallum Ilott (ING)77Juncos Hollinger Racing Chevrolet
20ºAlexander Rossi (EUA)27Andretti Autosport Honda
21ºGraham Rahal (EUA)15Rahal Letterman Lanigan Racing Honda
22ºSage Karam (EUA)24Dreyer & Reinbold Racing Chevrolet
23ºMarco Andretti (EUA)98Andretti Herta Autosport w/ Marco & Curb Honda
24ºDevlin DeFrancesco (CAN)29Andretti Steinbrenner Autosport Honda
25ºColton Herta (EUA)26Andretti Autosport / Curb-Agajanian Honda
26ºScott McLaughlin (NZL)3Team Penske Chevrolet
27ºHelio Castroneves (BRA)06 Meyer Shank Racing Honda
28ºKyle Kirkwood (EUA) 14AJ Foyt Enterprises Chevrolet
29ºDalton Kellett (CAN) 4AJ Foyt Enterprises Chevrolet
30ºJuan Pablo Montoya (COL)6Arrow McLaren SP Chevrolet
31ºChristian Lundgaard (DIN)30Rahal Letterman Lanigan Racing Honda
32ºJack Harvey (ING)45Rahal Letterman Lanigan Racing Honda
33ºStefan Wilson (ING)25DragonSpeed / Cusick Motorsports Chevrolet

Fonte: Indianapolis Motor Speedway e Wikipedia I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação