Anac autoriza operação de empresas aéreas de baixo custo no Brasil

Norwegian Air e Avian foram as primeiras estrangeiras a obter autorização jurídica para funcionar pontualmente no país




Anac autoriza operação de empresas aéreas de baixo custo no Brasil [Imagem l Nowergian]

A Agência Nacional de Aviação Civil – Anac – publicou nesta quarta-feira (8), no Diário Oficial da União, a autorização de funcionamento jurídico no Brasil da empresa aérea Norwegian Air, de origem norueguesa e com sede na Inglaterra. Segundo o comunicado, a companhia aérea pretende operar no Brasil dentro do segmento de serviço de transporte aéreo internacional regular de passageiro, carga e mala postal.

A Norwegian e a Avian – subsidiária, na Argentina, da colombiana Avianca -, que teve autorização jurídica publicada em 25 de julho de 2018, deram início à vinda das empresas aéreas denominadas de baixo custo (low cost) autorizadas juridicamente a iniciar suas operações no país.

Anac autoriza operação de empresas aéreas de baixo custo no Brasil [Imagem l Avian]
No entanto, ainda de acordo com a Anac, para que ambas as empresas iniciem os voos regulares, é necessário que obtenham outra autorização, a de operação, junto ao órgão oficial. Por enquanto, elas estão habilitadas apenas para voos não regulares (pontuais) e podem iniciar as operações nessa modalidade, adiantando assim o funcionamento no Brasil, caso tenham interesse.

Com pedido protocolado em julho, a Norwegian solicitou autorização para operar voos internacionais de longo curso entre o Brasil e a Europa de forma direta. A Avian informou que possui interesse em iniciar as operações em setembro deste ano com voos não regulares, até que a autorização permanente seja liberada. As rotas de ambas as empresas só serão divulgadas quando elas fizerem o registro dos voos na Agência reguladora brasileira.

A próxima empresa a entrar com o pedido jurídico na Anac deve ser a Flybondi, que recebeu na semana passada a autorização do governo argentino para operar no Brasil.




Sobre Universo Motor 995 Artigos
Jornalista e editor de conteúdo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário