McLaren Artura “Platinum Jubilee” homenageia rainha Elizabeth II

Edição especial do supercarro híbrido recebeu pintura e emblema exclusivos para celebrar os 70 anos de coroação da monarca britânica mais longeva da história

McLaren Artura homenageia rainha Elizabeth II

Deus salve a rainha! Não é todo dia, nem em qualquer reino, que Sua Alteza se mantém por 70 anos no trono. Em razão do feito inédito na história, a McLaren Automotive decidiu, de forma especialmente brilhante, homenagear a rainha Elizabeth II, que no último dia 6 de fevereiro completou sete décadas sustentando a coroa do Reino Unido, formado por Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte.

Comprometida em dedicar à monarca mais longeva de todos os tempos uma celebração com toda a pompa que a ocasião exige, a marca britânica de supercarros criou o McLaren Artura com pintura Platinum Jubilee e o emblema de platina exclusivo com o nome da homenageada.

Pintura e emblema Platinum Jubilee foram criados em conjunto pela McLaren e AkzoNobel

Para tanto, a MSO (McLaren Special Operations), a divisão de personalização da fabricante automotiva, e a AkzoNobel, sua parceira de pinturas avançadas, analisaram diferentes condições de iluminação para definir a combinação de pigmentos metálicos mais adequada, que levou oito dias para ser concluída, incluindo testes de durabilidade e aplicação. O resultado foi a tinta “Jubileu de Platina”, na tradução para o português, criada exclusivamente na cor prata e combinada aos materiais usados em um emblema especial, que também exigiu o trabalho conjunto de ambas as empresas para desenvolvimento de uma prensa sob medida.

“Foi uma honra para a MSO criar uma pintura de platina em comemoração ao Jubileu de Platina de Sua Majestade este ano. Esta pintura especial, que estará disponível para os clientes daqui a alguns anos, será uma homenagem adequada para este marco histórico”, afirmou Ansar Ali, diretor administrativo da MSO.

Elizabeth II em 1952, durante a coroação e, recentemente, ao se tornar a rainha mais longeva

Em 2015, Elizabeth II tornou-se a monarca com o reinado mais longo da Grã-Bretanha ao superar os 63 anos e 216 dias em que o trono foi ocupado pela sua tataravó, Vitória.

Aficionada por automóveis desde a adolescência, a rainha trabalhou na manutenção de veículos militares durante a Segunda Guerra Mundial. Em 2004, ela compareceu à inauguração do McLaren Technology Center, em Woking. E até há pouco tempo, enquanto seus mais de 90 anos de idade permitiram, fez questão de conduzir pessoalmente os carros da frota real, todos de consagradas marcas britânicas, como Rolls-Royce, Jaguar, Land Rover e Range Rover.

McLaren Artura

Lançado mundialmente em 2021, o McLaren Artura integra a linha supercarros da McLaren Automotive e é equipado com sistema híbrido que combina um motor a combustão e um propulsor elétrico, resultando na potência combinada de 680 cv e torque de 73,4 kgf.m.

McLaren Artura

O supercarro de dois lugares é o primeiro modelo a ter a nova arquitetura de baixo peso em fibra de carbono Mcla (McLaren Carbon Lightweight Architecture) em seu núcleo, otimizado para aplicações híbridas de alto desempenho.

Essa estrutura inclui um compartimento de bateria feito sob medida e o conceito inovador de construção ethernet, junto com o sistema elétrico dedicado aos sistemas de aquecimento, ventilação e ar-condicionado (eHvac).

Motor V-6 biturbo rende, sozinho, 593 cv de potência e 59,6 kgf.m de torque máximos

No coração do trem de força híbrido do Artura está o novo motor V-6 biturbo da McLaren, a gasolina, com 2.993 cm³ de cilindrada, montado longitudinalmente em posição central traseira. Sozinho, ele desenvolve a potência de 593 cv a 7.500 rpm (205,5 cv por litro) e 59,6 kgf.m de torque, entre 2.250 e 7.000 rpm.

Harmonicamente agregado agregado à ele, a McLaren instalou dentro da caixa de transmissão um compacto motor elétrico de fluxo axial. Menor do que um motor elétrico de fluxo radial convencional, essa unidade auxiliar é capaz de gerar 96,3 cv de potência, 23 kgf.m de torque instantâneos, com uma densidade de energia por quilo 33% maior do que o sistema usado no McLaren P1, por exemplo – ou seja, rende mais com menos peso.

Motor elétrico é embutido no câmbio, na traseira, e as baterias ficam no assoalho, sob os bancos

O propulsor elétrico é alimentando por um conjunto de bateria de cinco módulos, capaz de fornecer 7,4 kWh. A recarga é feita pelo sistema do tipo Plug-in Hybrid (Phev), conectado à rede elétrica comum, que pode reabastecer 80% da capacidade das baterias em apenas 2h30min, usando um cabo do tipo Evse padrão.

Conforme o modo de condução selecionado, as baterias também podem armazenar a energia resultante da atuação do motor elétrico convertido para gerador durante os deslocamentos, acionado pelo propulsor a combustão.

Artura vai de zero a 100 km/h em 3 seg e tem velocidade máxima de 330 km/h

A transmissão inteiramente nova, com dupla embreagem, possui oito marchas (uma a mais do que as já criadas pela McLaren) e foi desenvolvida especificamente para o Artura.

Com esse conjunto, e graças à entrega instantânea de torque do motor elétrico – conhecida como infill – o Artura é capaz de disparar de zero a 100 km/h em 3,0 segundos, até 200 km/h em 8s3 e aos 300 km/h em 21,5 seg. A velocidade final é de 330 km/h.

Bancos esportivos oferecem melhor apoio para o contorno de curvas em alta velocidade

A cabine ergonomicamente otimizada traz bancos Clubsport do tipo competição, com apoios laterais nas costas e coxas. Feitos de fibra de carbono, eles possuem o desenho que, combinado ao painel frontal estreito e às portas, permite acomodar ocupantes de até 1,93 m de estatura, com amplo espaço para joelhos e pernas.

Totalmente novo, o sistema de conectividade e entretenimento informativo MIS II (McLaren Infoitment System) utiliza duas telas de alta definição. No centro do painel, o monitor principal, de 8 polegadas (20,3 cm), sensível ao toque, permite configurar os recursos de assistência ao motorista e de espelhamento do smartphone, via plataformas Apple CarPlay e Android Auto.

McLaren Infoitment System reúne duas telas de alta definição, uma no centro do painel e outra à frente do motorista

O outro visor, que ocupa o lugar do quadro de instrumentos, bem à frente do motorista, concentra as principais informações (velocidade, rpm, níveis de combustível e de energia, temperatura do motor etc.) e apresenta versões atualizadas dos McLaren Track Telemetry e Variable Drift Control, além do mapa de navegação redesenhado.

McLaren Artura Platinum Jubilee

O preço inicial previsto para o McLaren Artura “de série” é R$ 2,7 milhões, mas, devido às variações cambiais, está sujeito a alterações até a data do lançamento no Brasil, prevista para este segundo trimestre de 2022. A edição especial Platinum Jubilee ainda não teve o preço e o início das vendas divulgados pela fabricante britânica,

A UK Motors – formada pela união da Eurobike, grupo de concessionárias de marcas premium distribuídas pelo Brasil, e da Stuttgart, maior rede de concessionários Porsche do País -, representa as fabricantes McLaren e Aston Martin no mercado brasileiro.

Fonte: McLaren Automotive e UK Motors I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação e reprodução da Internet