Jeep Compass 4xe é primeiro híbrido da marca a chegar ao Brasil

Feito na Itália, SUV oferece diversos modos de recarga e de condução, roda mais de 900 km mesclando motores a gasolina e elétrico, ou 44 km sem uso de combustível

Jeep Compass 4xe é primeiro híbrido da marca a chegar ao Brasil

A Jeep está desbravando um outro caminho no Brasil com a chegada do inédito Compass S 4xe híbrido plug-in, que adiciona ao trem de força tradicional, a combustão, um motor movido a bateria, instalado no eixo traseiro. O modelo é o segundo veículo eletrificado lançado pela marca sinônimo de 4×4, exatamente um ano depois da apresentação da versão híbrida do icônico Wrangler nos Estados Unidos.

Apesar de o Compass ser produzido em Goiana (PE) desde seu lançamento mundial, em 2016, a versão eletrificada 4xe (pronuncia-se four by e) vem importada da Itália e oferecida exclusivamente na configuração mais completa da gama do modelo, a Série S, que traz de série todos os itens opcionais da família do SUV e não tem cobrança extra de cor da pintura.

Segundo modelo híbrido da Jeep será oferecido apenas na configuração S, a mais completa da gama

Elevando os atributos que tornaram os Jeep emblemas da categoria para um patamar inédito, sua motorização híbrida resulta na potência combinada de 240 cv e o sistema de tração 4×4 oferece quatro modos de condução. Fora isso, entre os principais equipamentos de série, há uma ampla oferta de avançadas assistências à condução.

O Compass 4xe é o primeiro fruto de uma série de produtos eletrificados que a Jeep reserva para o Brasil e já está disponível nas 40 concessionárias da marca espalhadas pelo país, com preço sugerido de R$ 349.990 e em condições especiais de lançamento até o final deste mês, que estão detalhadas no final do texto.

Visual externo apresenta faróis 100% de LED com desenho exclusivo, assim como as rodas de 19″

O design externo do Compass 4xe traz algumas particularidades em relação às demais versões, começando pelas quatro cores exclusivas: prata glacier, preto, branco alpine e azul shade.

A cor azul também está presente em torno das plaquetas de identificação (badges) onde se lê “Jeep” e “Compass” no capô, portas dianteiras e porta-malas.

Compass 4xe chega com quatro cores exclusivas. O azul reforça o conceito híbrido na identificação

Ainda na traseira fica o logotipo “4xe”, que tem a última letra pintada também em azul, para reforçar a presença da tecnologia híbrida plug-in no modelo.

Teto solar interiço Command View é outro item exclusivo do Compass 4xe

Além disso, o Compass 4xe possui um segundo “bocal” de abastecimento, localizado no paralama traseiro esquerdo, destinado ao conector de recarga.

O Jeep eletrificado tem sua personalidade reforçada pelos faróis com design exclusivo e iluminação totalmente de LED (diodo emissor de luz), rodas de liga leve de 19” de dez raios duplos com acabamento preto brilhante e o teto solar panorâmico translúcido e escurecido.

Conjunto de propulsão combina o motor T270 turbo, a gasolina, com outros dois elétricos

Voltando o foco para centro das atenções do novo Compass 4xe, ele traz sob o capô o já consagrado motor T270 turbo, com quatro cilindros em linha e 1.332 cm³ de capacidade cúbica, que nessa configuração é movido somente a gasolina e alcança 180 cv de potência a 5.750 rpm e 27,5 kgf.m de torque desde os 1.750 giros.

Esse propulsor é acoplado a um câmbio automático de seis marchas e auxiliado por um motor elétrico, que também cumpre a função de gerador. O conjunto traciona o eixo dianteiro e gera eletricidade para as baterias.

Câmbio automático de seis velocidades é acoplado ao motor a combustão

No eixo posterior fica o segundo motor elétrico, capaz de render 60 cv de potência e o torque de 25,5 kgf.m, disponível em qualquer rotação. Esse conjunto compacto é conectado diretamente às rodas traseiras, permitindo que o Compass 4xe mantenha a tração 4×4, mas sem a necessidade do eixo cardã, responsável por levar o movimento do motor para as rodas de trás nos sistemas convencionais de transmissão integral.

A gestão eletrônica do trem de força garante que o veículo disponha da tração nas quatro rodas automaticamente sempre que necessário, sem interferência do motorista.

Baterias são instaladas no assoalho e protegida de impactos e de água por um invólucro metálico

Ocupando parte do espaço originalmente destinado ao cardã, no nível do assoalho sob os bancos traseiros – oferecendo maior espaço para as pernas e conforto aos ocupantes -, o conjunto de baterias de tração fica dentro de um invólucro metálico, que serve como proteção contra impactos e imersão em água. Além de baixar o centro de gravidade da carroceria para mais perto do solo, favorecendo a estabilidade do veiculo, essa solução aumenta em dez litros o espaço do porta-malas em relação aos demais Compass, passando para 420 l; no entanto, o tanque de combustível foi reduzido de 55 para 36,5 l.

Dotadas de refrigeração independente e inversor de corrente integrado, esses reservatórios de eletricidade possuem tensão de 400 Volts e capacidade total de 11,4 kWh, possibilitando ao veículo rodar até 44 quilômetros sem a necessidade de acionar o motor a combustão, de forma silenciosa e livre de emissões de poluentes no local. Quando a carga das baterias baixa, o motor elétrico dianteiro gera energia para ser enviada ao propulsor traseiro, garantindo a tração 4×4 em qualquer circunstância.

Conector do tipo plug-in fica no paralama traseiro esquerdo e inclui botão para recarga programada

O sistema de recarga do tipo plug-in do Compass 4xe – ou seja, por meio do conector localizado na lateral traseira do veículo – segue o padrão europeu Type 2 (o mais comum no Brasil), e possui luzes indicativas sobre o nível de carga da bateria. Ele permite que a energia seja reabastecida de duas maneiras.

A primeira é usando o carregador doméstico portátil, incluso no modelo, que é e conectado a uma tomada de 110V/220V de três pinos, pelo qual o veículo é recarregado totalmente entre quatro e 20 horas, conforme a tensão escolhida.

Recaregador portátil incluso no veículo pode ser conectado à rede elétrica de 110 ou 220 volts

Os clientes também podem optar por um carregador de parede (wallbox) da Weg ou EnelX, ambos homologados pela Jeep. O aparelho dispensa instalação trifásica e tem potência de 7,4 kW, possibilitando a recarga completa em 1h40 minutos, no modo mais rápido, ou em nove horas, no mais lento.

O aparelho permite programar o carregamento para o horário em que a tarifa for mais barata, por meio do botão de recarga programada ao lado do conector do veículo, reduzindo o custo do abastecimento. O agendamento da recarga também pode ser feito pelo sistema multimídia ou por meio do smartphone no aplicativo conectado à plataforma Adventure Intelligence.

Recarregador de parede permite repor totalmente a energia das baterias 1h40, no modo rápido

Outro modo de repor a energia das baterias é de frenagem regenerativa. Ao pisar no freio de forma suave, os próprios motores elétricos passam a atuar como geradores de eletricidade; e, dessa forma, além de recarregar a bateria, a velocidade do veículo é reduzida sem o uso dos freios a disco nas quatro rodas.

Esse recurso pode ser intensificado ao acionar o botão “e-Coasting” (costeamento eletrônico) situado próximo à tela multimídia. Ao ser ativado, ele eleva a regeneração de energia em desacelerações, sempre que o acelerador é aliviado. O “e-Coasting” conta com dois modos de atuação, suave e intenso. Esse último aumenta a transformação de energia cinética em elétrica nas desacelerações, permitindo até, em alguns casos, que seja possível dirigir o Compass 4xe sem pisar no freio. Caso o motorista freie de forma mais forte ou a frenagem autônoma de emergência (AEB) identifique o risco de colisão, os freios a disco são acionados.

Compass 4xe acelera de zero a 100 km/h em 6,8 segundos e pode chegar aos 206 km/h

De acordo com Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (Pbev), o Compass 4xe pode rodar até 25,4 km/l na cidade, com autonomia de 927 quilômetros. Na rodovia, pelos mesmos padrões, o consumo é de 24,2 km/l. A maior “quilometragem” em percurso urbano, no caso, se deve ao maior uso dos freios, o que ajuda a recuperar energia e economizar combustível.

Os índices de eficiência surpreendentes contrastam com os números de desempenho apresentados pelo SUV que tem peso total de 1.908 kg (em ordem de marcha): com potência combinada de 240 cv, a aceleração de zero a 100 km/h no Compass 4xe pode ser alcançada em 6,8 segundos e a velocidade máxima pode chegar a 206 km/h.

Motorista dispõe de quatro programas de condução selecionáveis: Auto, Snow, Sand/Mud e Sport

O motorista pode escolher entre quatro modos distintos de condução, que ajustam parâmetros como mapa da troca de marchas, sensibilidade do acelerador e nível assistência da direção elétrica. No modo “Auto”, o carro faz todo o trabalho e analisa continuamente dados como velocidade, inclinação da carroceria e aderência em cada roda para disponibilizar o melhor desempenho e eficiência de energia.

O modo “Snow” (neve) adequa o conjunto mecânico para condução em pisos bem escorregadios, como paralelepípedos ou grama molhados, no caso do cenário brasileiro. No modo “Sand/Mud” (areia/lama), o Compass 4xe fica pronto para encarar trilhas enlameadas ou com piso de baixa consistência. O programa “Sport” é para quem quer aproveitar o máximo dos 240 cv de potência combinada e a estabilidade da suspensão independente nas quatro rodas com tração 4×4.

No modo Electric, SUV tem autonomia de 44 km e pode alcançar 130 km/h

Além dessas opções de condução, o Compass 4xe adiciona duas funcionalidades exclusivas: “Electric” e “e-Save” (economia eletrônica), que se somam ao modo “Hybrid” padrão. Cada uma delas têm funções específicas, descritas abaixo:

No modo “Electric”, o Compass 4xe utiliza somente o motor elétrico traseiro, possibilitando uma condução 100% livre de emissões. Com essa configuração é possível acelerar a até 130 km/h e rodar 44 quilômetros a cada carga da bateria, o suficiente para cumprir a rota diária urbana da maior parte dos motoristas. O motor térmico (ou a combustão) só entrará em ação caso o motorista pise fundo no acelerador ou se a bateria chegar ao nível mínimo de carga.

Modo e-Save atua de duas formas e é usado em movimento para manter ou elevar a carga da bateria

Já a opção “e-Save” conta com dois modos de funcionamento e permite manter a carga ou reabastecer a bateria, utilizando o motor a gasolina. No modo passivo, o “e-Save” mantém o nível de energia, uma vez que a central eletrônica usa a frenagem regenerativa e o motor a combustão, evitando que o nível de carga da bateria baixe.

No segundo modo, o ativo, o “e-Save” usa o motor elétrico acoplado ao de combustão para carregar a bateria, fazendo com que o motorista não precise recorrer a uma estação de recarga, já que a bateria é reabastecida automaticamente até chegar a 80% da capacidade.

Como um legítimo Jeep, nda detém o Compass 4xe, que vem com bloqueio dos eixos, reduzida e HDC

Todas essas possibilidades de condução são complementadas pelas opções de tração “4WD Lock” (4×4 com bloqueio dos diferenciais dianteiro e traseiro), “4WD Low” (4×4 com relação reduzida) e “HDC” (Hill Descent Control, ou controle de descida de elevação), que enfatizam a capacidade off-road do Jeep híbrido.

Segundo a fabricante, a agilidade do seu novo modelo em condições fora do asfalto é a melhor do segmento, pois o tempo de resposta do motor elétrico é muito menor, enviando mais força às rodas traseiras mais rapidamente do que em um veículo convencional. O conjunto híbrido plug-in também deu ao Compass 4xe uma capacidade de reboque de até 600 kg; como comparação, nas versões com motor T270 turbo flex ou TD380 turbo diesel, esse poder cai para 400 kg.

Entre os diversos itens exclusivos, modelo traz o teto solar automático Command View

Ao mesmo tempo, o novo Jeep Compass 4xe inclui uma ampla oferta de equipamentos de conforto e segurança, muitos deles exclusivos. E, por isso, dispensa itens opcionais.

Entre os destaques, traz sete airbags; o teto-solar panorâmico Command View; faróis com facho alto automático; assistente de estacionamento semiautônomo; sistema Adas (Advanced Driver Assistance System) com controlador de velocidade adaptativo; alerta de mudança de faixa com correção de direção; leitor automático de placas; alerta de veículo no ponto cego; e frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres, ciclistas ou motociclistas.

Sistema de visão em 360º auxilia nas manobras e é um grande aliado em trilhas off-road

O pacote avança com o sistema de visão 360 graus, inédito em toda a linha Compass. Usando câmeras posicionadas sob os retrovisores externos, na grade do radiador e na tampa traseira, o motorista pode ter uma visão panorâmica ao redor do carro.

Além de facilitar manobras, a tecnologia é extremamente útil nos percursos off-road, permitindo a visualização de obstáculos mesmo em trilhas fechadas e inclinadas.

Cabine monocromática traz exclusividades como costuras de contraste e controles do sistema híbrido

Por dentro, a cabine luxuosa revestida em couro sintético do novo Compass recebeu costuras contrastantes exclusivas, que adornam o painel com quadro de instrumentos totalmente digital de 10,25 polegadas (26,03 cm). Outra diferença no interior do modelo é a presença de novos comandos ao redor do motorista, específicos para ajustar o trem de força eletrificado.

Inédito, também, é o sistema de som premium Alpine, composto por oito alto-falantes, subwoofer e 506 Watts de potência. Fora isso, a segunda fileira de bancos conta com uma saída dedicada de ar-condicionado no console central, dois conectores USB (sendo um do tipo C) e assentos tripartidos, ampliando a versatilidade para acomodar bagagens e equipamentos de variados tamanhos e formas.

Tela de 10,1″ conecta-se ao smartphone e ao assistente Alexa in Vehicle, e estreia várias funções

A central multimídia Adventure Intelligence tem tela flutuante de 10,1 polegadas (25,6 cm) e incorpora as plataformas Android Auto e Apple Carplay, que permite a conexão sem fio com o smartphone. Além disso, o Compass 4xe traz quatro conectores USB (sendo dois do tipo C), para recarga de dispositivos eletrônicos, incluindo telefones celulares.

Graças a essa conectividade, o motorista pode consultar a autonomia restante, consumo de combustível em tempo real, programar e ver o tempo de recarga das baterias e, até, ativar o ar-condicionado à distância, a partir de um smartphone ou usando a assistente virtual Alexa. Importante destacar que o Compass 4xe vem equipado com a Alexa in Vehicle, assim como o recém-lançado Jeep Commander.

Motorista pode acionar diversos comandos de recarga pelo smartphone, smartwatch ou pela central multimídia

Para o Compass 4xe, a plataforma conectada Adventure Intelligence adicionou recursos especialmente voltados à eletrificação. São eles:

– “Recarregue Agora”: caso o veículo esteja plugado em uma estação de recarga, bastará o toque em um botão (do smartphone, smartwatch ou central multimídia) para iniciar automaticamente o reabastecimento.

Uma das novas funções da plataforma Adventure Intelligence permite programar os dias de recarga

– “Programação de Recarga”: permite definir uma rotina de datas e horários para o início e término das recargas, por dia da semana e a recorrência.

– “Telas do Veículo Híbrido”: o cliente poderá alternar várias telas como “Preferências de recarga”, Cronograma de recarga”, “Fluxo de energia” e “Histórico de direção”.

– “Configurações de nível de recarga”: permite escolher, por meio da central multimídia, entre cinco diferentes níveis de recarga, relacionadas a tipos diferentes de correntes elétricas.

O Compass 4xe também inclui a “Cart”, a plataforma de comércio eletrônico do grupo Stellantis, no qual a marca Jeep está inserida. Além da parceria com a Conectcar, que oferece 12 meses de isenção de mensalidade ao ativarem o adesivo instalado no parabrisa, no caso do modelo elétrico outra comodidade é a de encontrar postos de recarga nos arredores, dentro da busca por pontos de interesse (POI), permitindo ao cliente traçar a rota até a estação.

Instalação das baterias e do motor elétrico traseiro não altera espaço para bagagens, que é de 420 l

O Compass 4xe dispõe de condições especiais para compras realizadas por meio do Jeep Bank no lançamento, válidas até o final deste mês. Os clientes podem optar pelo plano linear com condições diferenciadas a partir de 30% de entrada e carência até 180 dias para o pagamento da primeira parcela do financiamento, ou pelo plano sazonal, em 36 meses, com 50% de entrada e seis pagamentos semestrais.

Além disso, primeiro cliente que comprar o Compass 4xe em cada ponto de venda ganhará o carregador Weg. Os demais consumidores podem adquirir o wallbox nas concessionárias Jeep.

Ocupantes traseiros dispõem do assoalho plano, saídas de ar-condicionado e tomadas USB

Adiante disso, a marca oferece taxas competitivas para os planos lineares (de 1,27% a 1,49% de acordo com o percentual de entrada e o número de parcelas) e taxas especiais para o Next Jeep, plano de financiamento com recompra garantida e benefícios, que variam de 1,29% a 1,49% (também dependendo dos mesmos itens já citados).

O plano de manutenção do Compass 4xe tem cinco revisões previstas, com preços de R$ 652 (15 mil km), R$ 1.056 (30 mil km), R$ 652 (45 mil km), R$ 1.982 (60 mil km) e R$ 890 (75 mil km).

Modelo já está disponível nas lojas com condições especiais de financiamento até o fim do mês

A parceria da Jeep com a Estapar também oferece a todos proprietários do Compass 4xe a recarga gratuita nas chamadas “Ecovagas” dos estacionamentos da empresa em todo o país, pagando apenas o valor da estadia.

Em breve, novos pontos de carregamento estarão disponíveis com benefícios especiais aos clientes Jeep em áreas de maior frequência, como regiões com muitos restaurantes, rodovias, condomínios e centros empresariais.

Fonte: Jeep do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação