VW ID.Buzz, a nova Kombi, faz ‘mochilão’ pela Europa antes da estreia

Releitura de um clássico da marca, novo membro da família 100% elétrica passeou camuflado nas ruas do Velho Continente, a poucos dias da primeira aparição oficial

VW ID.Buzz faz ‘mochilão’ pela Europa antes da estreia mundial

A VW Kombi está de volta! Com o VW ID.Buzz, que é o mais novo integrante da nova família 100% elétrica da Volkswagen, o sonho se torna realidade. E assim, um dos maiores clássicos da montadora alemã – descontinuado em 2014 no Brasil, último país onde foi fabricado -, retorna à vida, totalmente adaptado aos desafios da mobilidade moderna.

Mantendo a silhueta característica, mas totalmente atualizada e mais aerodinâmica, por trás do novo VW ID. Buzz encontra-se um veículo elétrico (EV) de alta tecnologia e inteligente. O modelo será montado sobre a plataforma modular elétrica (MEB), a mesma utilizada para os outros modelos da família ID., e oferecerá o máximo de área de carga e de passageiros, ocupando um espaço mínimo nas ruas, afirma a marca.

A London Tower, na capital inglesa, foi um dos pontos incluídos no roteiro de pre-estreia do ID.Buzz

O lançamento mundial ocorrerá no dia 9 de março, em Hamburgo, na Alemanha. Porém, antes disso, o ID.Buzz está rodando a Europa, em uma espécie de “mochilão”, segundo a VW.

A nova “Velha Senhora” (como também é chamada antiga Kombi) roda camuflada pelo Velho Continente desde que deixou a linha de produção, na cidade alemã de Hannover. De lá, passou por cenários de cartões postais como Barcelona, Londres, Paris e Amsterdã.

A grande estreia está marcada para o dia 11 de março, nos Estados Unidos, com a primeira aparição oficial ao público, durante a edição 2022 do Sxsw (South by Southwest Conference & Festivals). Realizado na cidade de Austin, Texas, o evento acontece na época da primavera no hemisfério norte e reúne apresentações de cinema, música e tecnologia.

Ao longo dos seus dez dias de duração, os participantes poderão conhecer o novo capítulo da história da VW, nos chamados Buzz Stops espalhados em alguns pontos da cidade.

Modelo promete continuar dispondo a maior área para carga ou pessoas, com menor espaço nas ruas

As exibições do ID. Buzz em Austin também fazem parte de um acordo de patrocínio de três anos entre a marca alemã e a Sxsw. “Estamos ansiosos para mostrar novas ideias e tecnologias, compartilhando nossa visão para uma nova era de mobilidade”, comenta o CEO da marca Volkswagen, Ralf Brandstätter.

“Sem emissões, digital, conectado. Estou confiante de que nosso modelo mais emocional da linha de veículos elétricos da Volkswagen ganhará muitos corações e mentes em um dos principais festivais de tecnologia do mundo!”

Volkswagen ID.Buzz

Aliás, a relação com mochilões e grandiosos concertos musicais se tornou parte da identidade da Kombi, ao longo de suas seis décadas de produção. O episódio mais famoso aconteceu em 1969, quando a Kombi Light ( de “luz”, em inglês), estacionada bem próxima ao palco, se tornou um dos ícones do Festival de Woodstock, por causa de sua pintura artesanal e psicodélica, repleta de símbolos e misticismos, que acabou popularizada mundialmente por meio dos jornais, revistas e filmes.

Em 2019, depois de uma busca, sem sucesso, por seu paradeiro, a Light a foi reconstruída pelos próprios artistas que a criaram originalmente, para participar das comemorações dos 50 anos do chamado “Verão do Amor”.

Volkswagen ID.Buzz

De volta para o presente e com foco voltado para o futuro, o ID.Buzz traz linhas de personalidade nitidamente inspiradas na icônica Kombi de primeira geração (T1) – brasileiramente apelidada de “Corujinha” -, quee, na visão da VW, proporcionará uma experiência de condução ágil e dinâmica.

Primeiro protótipo da VW Kombi elétrica foi criado em 1972, na Alemanha

Por fim, vale lembrar que a ideia da Kombi elétrica não é inédita. A “inovação” já havia sido desenvolvida pela Volkswagen meio século atrás. Em 1972, a Kombi Elektro-Transporter, baseada na segunda geração (T2), foi pioneira em emissão zero de CO2 e de ruídos.

Fonte: Volkswagen do Brasil e VW Group I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação