Klein Vision AirCar, o carro voador eslovaco, tem decolagem autorizada

Capaz de mudar de carro para avião (e vice-versa) em pouco mais de 2 min, veículo para dois ocupantes recebe certificado aeronáutico de segurança e dirigibilidade

É um carro? É um avião? Sim! E este é o AirCar, um veículo inovador, meio automóvel, meio aeroplano, que já pode ser visto cruzando o céu e as ruas da pacata Piest’any, na Eslováquia, uma das ex-repúblicas soviéticas do leste europeu.

Na última semana, o carro voador criado pelo engenheiro Stefan Klein, nascido naquele país e fundador da Klein Vision, fabricante e desenvolvedora do protótipo, recebeu o certificado oficial de aeronavegabilidade emitida pela autoridade de transporte eslovaca, após a conclusão bem-sucedida de 70 horas de rigorosos testes de voo, com mais de 200 decolagens e pousos, em conformidade com as normas da Easa, a agência que administra as normas e protocolos de segurança em aviação na Europa. A transformação de carro em aeronave – ou, ao contrário – leva dois minutos e 15 segundos e pode ser vista nesse vídeo produzido durante o programa de testes do AirCar:

Equipado com asas retráteis e quatro rodas, o Klein Vision AirCar é um veículo duplamente híbrido, pois além de combinar dois meios de locomoção, é equipado com um propulsor elétrico de 15 kW, que, por sua vez, é alimentado por um motor BMW de 1,6 litro, movido a gasolina comum, que funciona como gerador. Segundo Klein, o veículo é capaz de atingir altitudes acima de 2.500 m e velocidades de mais de 160 km/h.

Vale mencionar que “aeronavegabilidade” é a capacidade de uma aeronave em se deslocar com segurança através do espaço aéreo, seja para transporte de pessoas ou de cargas.

Essa aptidão é atestada pelo órgão governamental responsável de cada país, por meio da concessão de um certificado de aeronavegabilidade. Esse documento é, junto com o certificado de marcas de nacionalidade e matrícula, uma condição necessária para que uma aeronave civil possa voar na maioria dos países, em especial nos que integram a Organização da Aviação Civil Internacional.

Stefan Klein, criador do AirCar, é o líder de desenvolvimento do projeto e piloto de testes

“A certificação do AirCar abre as portas para a produção em massa de carros voadores muito eficientes. É oficial e a confirmação final de nossa capacidade de mudar a viagem de média distância para sempre”, disse Klein, quem também é líder da equipe de desenvolvimento e piloto de testes do protótipo.

Klein Vision AirCar

Apresentando um design arrojado e limpo, que remete aos desenho clássico dos protótipos de corridas de endurance, o AirCar oferece dois lugares e pesa 1.000 kg.

Sua construção é feita, predominantemente, a partir de materiais compostos avançados, incluindo a fibra de carbono, produzidos pela empresa certificada Skmodel, também eslovaca.

Klein Vision AirCar

A carroceria-fuselagem aerodinâmica proporciona espaço suficiente para os ocupantes e incorpora tecnologias avançadas como asas retráteis, sistema de implantação de paraquedas e painéis traseiros dobráveis.

Os lemes retráteis, também na parte posterior, propiciam a estabilidade longitudinal e melhoram as características de decolagem, assim como em uma aeronave convencional.

Klein Vision AirCar

No entanto, no modo carro, eles são recolhidos, encurtando o comprimento total do veículo, o que propicia melhor dirigibilidade e facilita o estacionamento em vagas e garagens.

O protótipo do AirCar foi apresentado pela primeira vez ao público em geral em 5 de novembro de 2019, na CIIE (China International Import Expo), realizada em Xangai.

Klein Vision AirCar

Foram necessários uma equipe de oito especialistas altamente qualificados e mais de 100.000 horas de mão de obra para converter os desenhos de Klein em modelos matemáticos envolvendo cálculos de análise CFD (Computational Fluid Dynamics, ou Dinâmica dos Fluidos Computadorizada) e testes de túnel de vento, até se chegar ao protótipo em tamanho real que alcançou a certificação aeronáutica.

Os testes terrestres e de voo na categoria experimental vêm sendo executados de forma intensa desde outubro de 2019, conduzidos a bordo pelo próprio Klein.

Cockpit “hibrido” alia o quadro de instrumentos analógicos e o sistema de navegação 100% digital

As provas incluíram toda a gama de manobras de voo e de desempenho, demonstrando uma surpreendente estabilidade estática e dinâmica no modo de aeronave, segundo a Vision.

Os procedimentos de decolagem e de pouso foram realizados de forma autônoma, sem a intervenção do piloto nos controles de voo.

Klein Vision AirCar

Os testes de continuarão nos próximos meses, incluindo uma variante bimotor. A Klein Vision já concluiu os ensaios com um novo motor de aviação, produzido pela empresa sul-africana Adept Airmotive, mais potente, leve e eficiente.

Klein Vision AirCar

Ao mesmo tempo, a empresa eslovaca finalizou os desenhos e cálculos técnicos para o próximo modelo monocoque (estrutura em uma única peça), que será equipado com hélice de passo variável e poderá atingir velocidades acima de 300 km/h, com alcance próximo aos 1.000 km – suficiente para decolar do Campo de Marte, em São Paulo, dar uma volta ao redor do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e voltar ao ponto de partida.

Ainda segundo a empresa comandada por Stefan Klein, esse novo modelo de produção deverá estar certificado dentro de um ano.

Fontes: Klein Vision e Wikipedia I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação