Faróis IQ.Light do Volkswagen Taos transformam noite em dia

Quase até três vezes mais potentes do que as lâmpadas halógenas, luzes do novo SUV também se adaptam às condições do ambiente e acompanham direção do veículo

Faróis IQ.Light do VW Taos transformam noite em dia

Lançado recentemente no mercado brasileiro, o Volkswagen Taos, modelo médio que complementa a linha de utilitários esportivos (ou SUVs) da marca, traz diante de si um novo conceito de iluminação.

Além de luzes 100% em LED (Diodo Emissor de Luz), o modelo fabricado no complexo industrial de General Pacheco, em Buenos Aires, na Argentina, é equipado com a tecnologia IQ.Light, a mais moderna disponível no Grupo Volkswagen,

Tecnologia Volkswagen IQ.Light utiliza iluminação totalmente de LEDs

Desenvolvidos para a terceira geração do SUV compacto VW Touareg, lançado no início de 2018, os faróis com tecnologia IQ.Light geram 900 lúmens, proporcionando impressionante capacidade de iluminação. Lembrando que, quanto maior o número de lúmens, melhor o fluxo luminoso (quantidade de luz emitida).

Apenas como comparativo, uma lâmpada automotiva halógena comum gera entre 360 e 450 lúmens. Ou seja, a tecnologia IQ.Light tem uma capacidade luminosa muito superior em relação às lâmpadas incandescentesgujjm.

Já integrada ao novo Golf, tecnologia traz o sistema adaptativo AFS, que se ajusta às condiçõesda via

Mas muito além do alcance excepcional, no caso do Taos, o IQ.Light traz o sistema de luz frontal adaptativa, conhecida pela sigla AFS (Adaptive Front-lighting System).

Com ele, o facho de luz emitido pelos faróis do SUV se adapta a partir das informações da câmera de bordo e da interpretação de diversas informações – como velocidade, ângulo de direção, condições do tempo e dados da rota -, entregando, assim, a melhor iluminação possível ao motorista, sem prejudicar a visibilidade dos outros condutores, pedestres e ciclistas na mesma via. São cinco as funções disponibilizadas pelo sistema AFS:

  • Country LightAciona o farol baixo, automaticamente, assim que o veículo ultrapassa os 35 km/h.
  • Village/City LightQuando o veículo está rodando a baixas velocidades (entre 10 km/h e 35 km/h), dentro do perímetro urbano, o sistema automaticamente se adapta para que o motorista tenha uma iluminação eficiente mais próxima do carro.
Função Dynamic Bending Light se antecipa à mudança de direção do carro, desviando o facho
  • Motorway LightEm situações que o carro trafega por rodovias, a uma velocidade acima de 110 km/h, por exemplo, o facho se adapta automaticamente para proporcionar uma visibilidade mais distante do veículo, permitindo que o motorista veja o que está acontecendo mais adiante e se antecipe a qualquer situação inesperada.
  • Dynamic Bending Light Traduzido como farol de curva dinâmico, o recurso faz com que os fachos dos faróis se ajustem horizontalmente, acompanhando a trajetória do veículo em curvas, dependendo da velocidade e do ângulo de esterço do volante.
  • Ajuste do Farol Altoeste recurso abaixa o facho dos faróis altos, automaticamente, assim que detecta um automóvel se aproximando na pista contrária, evitando que o motorista do outro veículo tenha a visibilidade prejudicada.
Taos também traz a nova identidade visual da VW ao país, com LEDs que atravessam a grade frontal

O VW Taos será facilmente identificável quando visto de frente por causa da sua inovadora iluminação de rodagem diurna, a DRL (de Daytime Running Light), composta por filetes de LED que cruzam grade, envolvendo o logo da marca, no centro da peça. Trata-se da nova identidade visual da Volkswagen em todo o mundo, que estreou na família de modelos 100% elétricos ID. na Europa.

Fonte: Volkswagen do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação