Volkswagen Taos equilibra espaço, tecnologia e praticidade

Modelo médio chega para ocupar o topo dos SUVs da marca no País. Fora o generoso interior, ele traz sistemas semi-autônomos e lista de mimos até com barraca de teto

Volkswagen Taos equilibra espaço, tecnologia e praticidade

A Volkswagen complementa sua família de utilitários esportivos urbanos com a chegada do Taos, modelo médio que passa a ocupar o topo do catálogo da marca nesse segmento. Com ele, agora são quatro os SUVs (de Sport Utility Vehicles) oferecidos no mercado nacional pela VW, junto ao Tiguan Allspace, T-Cross e Nivus, esse último com carroceria cupê.

Desenvolvido com foco no consumidor da América Latina, o VW Taos foi apresentado mundialmente em outubro (poucas semanas após ter sido revelado ainda com disfarces) e tem sua produção baseada na planta de Pacheco, na Argentina.

Modelo é oferecido nas configurações Comfortline e Highline

O modelo estará disponível nas concessionárias brasileiras a partir deste mês de junho, nas configurações Comfortline e Highline, ambas equipadas com motor 1.4 turbo 250 TSI, de 150 cv, e câmbio automático de seis marchas, com preço inicial de 154.990.

Assim como aconteceu com o Nivus, a VW criou uma Edição de Lançamento para marcar a chegada do modelo ao mercado brasileiro, com itens de design e equipamentos exclusivos, além de vários benefícios para os clientes. Limitada a 300 unidades, no entanto, a série especial foi esgotada minutos após o anúncio da pré-venda nas redes sociais da marca, na tarde da última quinta-feira (27), mediante o depósito de R$ 5 mil para a reserva.

VW Taos é produzido na planta de Pacheco, na Argentina

Vale mencionar que, em seu país de origem, o Taos será oferecido com três configurações de acabamento, tendo como opção de topo a Hero 250 TSI – com itens exclusivos semelhantes ao da Edição de Lançamento oferecida no mercado brasileiro. Isso pode ser um indicativo de que, daqui a algum tempo, a configuração Hero (ou seja lá com que nome for) também possa ser lançada no Brasil como uma “novidade”. Por outro lado, apesar da produção localizada na Argentina, o Taos tem preços de tabela bem mais elevados lá do que aqui.

Tomando como base a capital Buenos Aires, a configuração básica Comfortline custa o equivalente a R$ 217.621 ($ 3.955.000 pesos) – acréscimo de R$ 62.631 – enquanto a Highline sai a partir de R$ 262.906 ($ 4.778.000), e a Hero nada menos do que R$ 272.370 ($ 4.950.000).

SUV médio é montado sobre a moderna plataforma MQB, a mesma do T-Cross e Nivus

Voltando ao lançamento, o VW Taos é feito sobre a moderna plataforma MQB – a mesma do Polo, Virtus e demais SUVs da marca – o que, segundo a fabricante, permite compartilhar módulos eletrônicos e tecnologias entre os seus modelos, trazendo recursos de segmentos de alto luxo para o SUV médio, como os sistemas semi-autônomos de auxílio ao motorista.

Taos mede 4,46 m de para-choque a outro, com 2.680 mm de entreeixos

Posicionado em uma prateleira acima dos SUVs compactos, o mais novo lançamento da VW mede 4.461 mm de comprimento (262 mm a mais que o T-Cross, como comparativo), 1.626 mm de altura e 1.841 mm de largura. Ainda assim, graças ao uso de novos materiais em sua construção, como o aço de ultra-alta resistência, mais rígido e leve, o Taos tem 1.420 kg de peso total, um número até baixo, se considerados o seu porte e conteúdo embarcado.

Além de contribuir para a economia de combustível, por exigir menor esforço do motor, essa massa garante ao Taos a melhor relação peso/torque do segmento, de acordo com a VW, com 55,6 kg/kgf.m – o que, na prática, significa arrancadas mais ágeis e retomadas de velocidade em espaços mais curtos, sempre relativizadas com o tamanho do veículo.

Passageiros de trás dispõem de espaço suficiente para as pernas e acima da cabeça

A distância entreeixos de 2.680 mm (30 mm maior do que o T-Cross), resulta em espaço interno mais amplo e, assim, maior conforto para ocupantes de grande estatura que viajem no banco traseiro, sem enfrentar incômodos como raspar os joelhos no encosto dianteiro ou o alto da cabeça no teto.

Cabe tudo: porta-malas tem volume de 498 l e pode ser ampliado para acomodar bikes e pranchas

O porta-malas do Taos oferece 498 litros de capacidade, volume maior do que os de seus concorrentes diretos – como é o caso do Jeep Compass, que dispõe de 476 l. Os bancos traseiros ainda podem ser rebatidos, ampliando significativamente a capacidade de carga e permitindo o transporte de objetos grandes, como bicicletas ou pranchas de surfe.

Dados são referentes às condições do veículo vazio e fornecidos pela montadora

Os balanços curtos – ou seja, as distâncias entre o centro do diâmetro das rodas até a extremidade do para-choque correspondente -, combinados à altura mínima de 185 mm em relação ao solo, concedem ao Taos os ângulos para transposição de obstáculos de 19º no ataque (frente), 20,1º de rampa (entreeixos) e de 26,3º de saída (traseira).

Vincos no capô e grandes entradas de ar no para-choque são detalhes que distinguem o Taos

Em relação ao design, a aparência externa do Taos segue o já bem conhecido “padrãozão” da marca alemã, com a grade frontal disposta horizontalmente junto ao recorte do capô, conectada aos faróis.

Estes, sim, trazem uma grande novidade: além da composição 100% de LED (diodo emissor de luz) e do desenho refinado, que avança para as laterais, eles estreiam no mercado brasileiro a tecnologia IQ. Light, a mais moderna do segmento, crava a VW.

Faróis IQ. Light 100% de LED oferecem até o dobro da eficiência e incluem a tecnologia adaptativa AFS

Além de gerar 900 lúmens (contra 360 a 450 lm das lâmpadas automotivas incandescentes), o novo gripo óptico traz o sistema AFS (Adaptive Front-lighting System, ou sistema de luz frontal adaptativa), que modula o faixo de luz a partir da interpretação de diversas informações, como velocidade do veículo, ângulo de direção, condições do tempo e dados da rota, resultando na melhor iluminação possível, sem prejudicar a visibilidade dos outros usuários da via, incluindo pedestres e ciclistas.

Filete luminoso que atravessa a grade e envolve o logo compõe a nova identidade visual da marca

O VW Taos será facilmente distinto quando visto de frente por conta da sua inovadora iluminação de rodagem diurna, a DRL (de Daytime Running Light), composta por filetes de LED que cruzam grade, envolvendo o logo da marca, no centro da peça. Trata-se da nova identidade visual da Volkswagen em todo o mundo, que estreou na família de modelos 100% elétricos ID. na Europa.

Outro elemento que facilita a identificação frontal do novo modelo são as grandes entradas de ar nas extremidades do para-choque, com arremates em preto brilhante (black piano), adicionando a aparência mais robusta, ao mesmo tempo em que enfatiza a ideia de um modelo de maior porte. Complementam o visual o capô quase horizontal, com vincos desde a borda dianteira até a junção com o para-brisa, e a frente vertical.

Perfil dinâmico tem colunas dianteiras (A) bem inclinadas e rodas próximas às extremidades

Nas laterais, destacam-se as colunas A (que sustentam o para-brisa) com ângulo bastante acentuado, passando a ideia de velocidade, e a linha de cintura elevada, garantindo a aparência musculosa e imponente.

As rodas de liga leve de 18 polegadas, de série em todas as configurações de acabamento, têm acabamento em dois tons (alumínio e preto brilhante), montadas com pneus 215/55.

Luzes de repetição e de cortesia, tilt down e recolhimento automático dos espelhos são de série

Os espelhos retrovisores externos incluem as luzes de repetição das setas, também de LED. Além de sinalizar a direção, elas são acesas ao se destravar as portas do Taos, para iluminar o chão e favorecer a entrada e saída dos ocupantes.

Outra comodidade é o recolhimento automático dos retrovisores junto com o travamento das portas, além da função tilt down, que muda o ângulo do espelho do lado do passageiro para facilitar as manobras de estacionamento.

Lanternas também 100% de LEDs incluem ESS, que pisca luzes de freio em paradas de emergência

Na traseira, o para-choque se harmoniza com o design muscular de todo o carro. As lanternas têm traços sofisticados e acompanham o grafismo dos faróis. O nome Taos vem fixado na base da tampa do porta-malas e, mais à direita, o emblema 250 TSI – referência ao torque de 250 Nm e ao moderno motor turbo com injeção direta de combustível.

Na configuração Comfortline, o Taos é oferecido nas cores preto mystic, branco puro, prata pyrit e cinza índium; já a Highline conta com duas tonalidades a mais, azul atlantic e mohave bege.

Equipado com turbo e injeção direta, motor 250 TSI Total Flex rende 150 cv a 5.000 rpm

O VW Taos chega equipado com o eficiente e confiável motor 250 TSI Total Flex, que já equipa o T-Cross, Jetta e a linha GTS. Com quatro cilindros, sistema de injeção direta de combustível e turbocompressor, o engenho entrega 150 cv de potência a 5.000 rpm e torque máximo de 25,5 kgfm (250 Nm) já a partir de 1.500 rpm, com etanol e/ou gasolina, proporcionando acelerações e retomadas vigorosas.

Com ele, o Taos pode acelerar desde a imobilidade até os 100 km/h em 9,3 segundos e alcançar a velocidade máxima de 194 km/h – números expressivos para um veículo deste porte e motorização.

Transmissão automática de seis marchas tem opção de trocas manuais nas aletas do volante

Contribui para este desempenho a transmissão automática AQ-250, de seis marchas, com opção de trocas manuais por meio de aletas atrás do volante (shift paddles). Detalhe interessante é a iluminação da alavanca no console central.

O propulsor trabalha em conjunto com o sistema Start-stop, que desliga o motor ao parar o veículo, momentaneamente (nos semáforos, por exemplo) economizando combustível, e religando-o novamente ao se pisar no acelerador . O motorista pode desligar a função no botão touch do sistema multimídia VW Play.

Motorista dispõe de quatro modos de condução selecionáveis na tela do VW Play

Lá também é possível gerenciar o perfil de condução, que dispõe de quatro modos: Eco, Normal, Sport e Individual, esse último personalizado pelo motorista.  Eles alteram parâmetros da direção, do conjunto motor e câmbio, da climatização, do ACC (Adaptive Cruise Control), outro recurso high-tech presente no Taos.

Também chamado de Controle Adaptativo de Cruzeiro, o ACC inclui a função Stop&Go, que faz o SUV parar completamente de maneira automática, caso o veículo à frente pare, e o coloca em movimento logo que o carro adiante volte a se mover, em um intervalo de até três segundos, o que proporciona muito conforto no anda e para dos congestionamentos.

VW Taos tem sistema de suspensão independente nas quatro rodas

O conjunto de suspensões do Taos é independente nas quatro rodas, do tipo McPherson, na dianteira, e multilink, na traseira, ambas com molas helicoidais, amortecedores telescópicos e barras estabilizadoras.

O sistema de direção tem assistência elétrica progressiva, o que facilita as manobras de estacionamento, por um lado, e, de outro, transmite maior estabilidade e confiança ao motorista, em velocidades elevadas.

Conjunto de freios usa disco nas quatro rodas e acionamento eletromecânico para estacionamento

O conjunto de freios usa discos nas quatro rodas, com diâmetro de 312 mm nas dianteiras e de 272 mm nas traseiras. De série, o VW Taos vem equipado com freio de estacionamento eletromecânico, acionado por meio do botão no console ou, automaticamente, quando a porta do motorista é aberta, em velocidades inferiores a 3 km/h. Para liberar as rodas, basta posicionar a alavanca em “D” (Drive) e pressionar levemente o acelerador.

Sistema de frenagem autônoma AEB para o carro se detectar pedestres e o motorista não reagir

Mas, muito além disso, os freios do VW Taos também trazem uma de suas principais novidades tecnológicas. É o sistema de Frenagem Autônoma de Emergência, conhecida pela sigla AEB (Autonomous Emergency Brake), que inclui, ainda, a função de detecção de pedestres.

Por meio de radares frontais, o sistema, ao identificar um iminente risco de atropelamento, dispara um alerta sonoro e visual no painel de instrumentos, e inicia imediatamente a frenagem do veículo, com o objetivo de evitar a colisão, a uma velocidade de até 50 km/h.

Sistema de detecção de veículos no ponto cego utiliza radares posicionados na traseira

O conteúdo de segurança do Taos também engloba a Frenagem Automática Pós-colisão (Post Collision Brake), que ajuda a parar o veículo mesmo se o motorista não o fizer; ESS (Emergency Stop System), ou frenagem de emergência, que pisca as luzes de freio em reduções de velocidade ou paradas bruscas; alerta de fadiga do motorista; detecção de veículo no ponto cego; alerta de tráfego traseiro cruzado para manobras, com frenagem de emergência; seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois do tipo cortina); controles de tração (ASR) e de estabilidade (ESC); auxílio de partida em rampa (hill holder); e sistema de bloqueio eletrônico do diferencial XDS+.

Sistema Ambient Light permite customizar a iluminação que conecta painel e portas dianteiras

O interior do VW Taos é revestido com elementos nobres, como material emborrachado macio ao toque (soft touch) e couro aplicados nas portas e painel frontal. Já os bancos são forrados com couro sintético, assim como o volante, que tem novo design e inclui os controles de várias funções do veículo.

O SUV médio também traz o Ambient Light, sistema de luzes em LED que permite aos ocupantes escolher, entre dez opções, a cor da iluminação que conecta o painel frontal às portas dianteiras.

Motorista é envolvido pela Ilha Digital, que inclui o quadro de instrumentos e a multimídia VW Play

Todos os VW Taos saem de fábrica com o quadro de instrumentos 100% digital. No caso da configuração Comfortline, a tela é de 8” (20,32 cm) de altíssima resolução, enquanto na Highline o motorista é envolvido pela Ilha digital, que traz de série o Active Info Display e seu visor de 10,25” (26,03 cm).

Ambas as opções de acabamento também vêm equipadas, de série, com a central de infoentretenimento VW Play, com tela de 10,1″ (25,62” cm) de altíssima definição, destacada no centro do painel. Junto com a chegada do Taos às concessionárias, o VW Play traz novos aplicativos exclusivos para download na loja virtual VW Play Apps. Eles permitem o acesso a conteúdos infantis, audiolivros, podcasts, serviços de reservas e tv digital.

Sistema Kessy permite abrir as portas e dar a partida no motor sem uso de chave

Outra tecnologia adicionada ao Taos é o sistema Kessy, que permite a abertura e fechamento de portas, bem como ligar o motor sem uso de chave.

Basta ao motorista estar com o módulo eletrônico no bolso ou na bolsa, por exemplo, para que o sistema reconheça o sensor e permita o acesso ao veículo com um leve toque na maçaneta, além de autorizar a partida por meio do botão no console. O Kessy ainda pode fechar os vidros e o teto solar panorâmico.

Recarregador por indução para smartphones é de série em todos os VW Taos

O Taos chega com uma extensa lista de equipamentos desde a configuração de entrada, a Comfortline, que tem preço inicial de R$ 154.990. Entre os itens de série, destacam-se o ar-condicionado Climatronic de duas áreas (motorista e acompanhante), com saídas para os passageiros do banco traseiro; câmera de ré; recarregador de smartphone por indução (sem fio); direção elétrica; controlador automático de velocidade (Piloto Automático); sensores de chuva e de luminosidade; sistema Kessy; volante multifuncional (com shift paddles); painel de instrumentos digital com tela de 8”; e central multimídia VW Play.

Os clientes que optarem pela configuração de entrada podem incrementar o modelo com dois pacotes de opcionais. O Conforto, que inclui bancos revestidos de couro, aquecimento nos assentos dianteiros e ajustes elétricos e lombar para o motorista. Já o pacote Segurança adiciona o sistema AEB (Frenagem Autônoma de Emergência) com detecção de pedestres e o piloto automático ACC (Controle Adaptativo de Cruzeiro).

Teto solar é o único opcional da linha VW Taos, oferecido apenas para a configuração Highline

Por sua vez, a opção topo de linha Highline, que tem preço a partir de R$ 181.790, adiciona ao conteúdo da Comfortline o ACC (Controle Adaptativo de Cruzeiro), com função Stop&Go; AEB (Frenagem Autônoma de Emergência), com detecção de pedestres; bancos dianteiros de couro sintético, com aquecimento nos dianteiros e ajustes elétricos e lombar para o motorista; luzes em LED na grade frontal; faróis com tecnologia IQ. Light; iluminação interna Ambient Light; quadro de instrumentos Active Info Display com tela de 10,25”; sistema de detecção de ponto cego; alerta de tráfego traseiro cruzado; e seleção de perfil de condução. O único opcional para a Higline é o teto solar panorâmico.

Edição de Lançamento, com itens e vantagens exclusivos, esgotou-se em poucos minutos

Para que o cliente possa customizar o Taos de acordo com a própria rotina diária – ou para fugir dela – a VW lança junto com o modelo uma lista com mais de 100 acessórios exclusivos.

Baú para o rack de teto tem opções de 300 a 400 litros de capacidade

Entre eles, destacam-se o rack de teto (mesmo para a versão panorâmica), que pode ser combinado às opções de baú com capacidades entre 300 e 400 litros, fechados com chave; o cesto para compras ou pequenos objetos; o cinto peitoral para os pets; e o purificador de ar portátil.

Para acampar onde quiser: barraca pode acomodar duas pessoas ou 182 kg

Para o lazer, além dos suportes e assentos infantis para bicicletas, por exemplo, o proprietário do Taos tem à disposição a tenda para camping. Produzida com materiais extremamente resistentes a intempéries, ela é montada no teto do veículo e tem capacidade para duas pessoas (ou até 182 kg).

Fora isso, é possível equipar o Taos com o Módulo de TV – que permite ter acesso a canais abertos e assistir na tela da central multimídia VW Play –, e a câmera veicular DRV, que grava em alta resolução viagens e deslocamentos. O equipamento permite o controle das funções de reprodução e o compartilhamento de imagens por meio de um aplicativo e, fora isso, também inicia automaticamente a gravação de vídeo no caso de alguém encostar no veículo enquanto estiver estacionado, por exemplo.

VW Taos chega em junho às lojas, nas configurações Comfortline e Highline

A Volkswagen oferece garantia total de três anos e assistência 24 Horas válida por doze meses.

Fonte: Volkswagen do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação

ModeloVolkswagen Taos Highline
OrigemArgentina
Preço básico sugeridoR$ 181.790
Garantia3 anos
Tipo Utilitário esportivo urbano médio, do tipo camioneta, 4 portas
Construção Chassi monobloco estampado em aço ultra-alta resistência
Nível de segurança contra impactos* (Padrão)N/D
Comprimento 4.461 mm
Largura 1.841 mm
Altura 1.626 mm
Vão livre do solo
185 mm
Entreeixos 2.680 mm
Ângulos (entrada/rampa/saída)19º/20,1º/26,3º
Peso total1.420 kg

Ocupantes5
Volume do porta-malas498 litros
Tanque de combustível 51 litros
Tipo Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, flexível em combustível, bloco e cabeçotes de alumínio, quatro válvulas por cilindro, turbocompressor e sistema de injeção direta de combustível
Diâmetro x curso 74,5 x 80 mm
Cilindrada 1.395 cm³
Taxa de compressão 10:1
Potência 150 cv a 5.000 rpm
Potência específica 107,1 cv/litro
Peso/potência 9,4 kg/cv
Torque 25,5 kgf.m, de 1.500 a 4.000 rpm
TipoAutomática (AQ-250) com conversor de torque e opção de trocas manuais por meio de aletas (paddle shifts) no volante
Marchas6
TraçãoDianteira
EquipamentosControles de tração (ASR) e de estabilidade (ESC); auxílio de partida em rampa (hill holder); e bloqueio eletrônico do diferencial XDS+
DianteiraIndependente, do tipo McPherson, molas helicoidais, amortecedores telescópicos e barra estabilizadora
TraseiraIndependente,multi-link, molas helicoidais, amortecedores telescópicos e barra estabilizadora
DianteiroDiscos de aço com 312 mm de diâmetro
TraseiroDiscos de aço com 272 mm de diâmetro
Assistência Elétrica
Raio de giro N/D
RodasAlumínio, 18″
Pneus 215/55
Combustível GasolinaEtanol
Urbano (km/l)N/DN/D
Rodoviário (km/l)N/DN/D

Conforme dados de fábrica

ClassificaçãoN/D
Selo Conpet (nível máximo no segmento)N/D
Dióxido de carbono (CO2) N/D
Óxido de nitrogênio (NOx) N/D
ClassificaçãoN/D
Aceleração (zero a 100 km/h)9,3 segundos
Velocidade máxima 194 km/h

Conforme dados de fábrica