Vendas de veículos novos têm queda de 21,6% em 2020

Emplacamentos de automóveis caíram 28,5% ao longo do ano, perdendo apenas para o setor de ônibus, onde a redução atingiu exatamente um terço, segundo Fenabrave

Vendas de veículos novos têm queda de 21,6% em 2020

As vendas de veículos novos – considerando automóveis, motocicletas, caminhões e ônibus – tiveram uma retração de 21,6% em 2020 na comparação com 2019, segundo balanço divulgado hoje (5), em São Paulo, pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Conforme a reportagem publicada pela Agência Brasil, foram emplacados 3,16 milhões de veículos ao longo do ano passado, contra 4,03 milhões em 2019. O tombo se torna ainda mais dramático ao se relembrar que no início do ano passado, o balanço anual apontava uma alta de 10,48% em relação ao volume de vendas de 2018.

Entre os automóveis, especificamente, as vendas em 2020 registraram queda de 28,5%, na comparação com o ano anterior. Foram comercializados 1,61 milhão de carros no ano passado, enquanto em 2019 esse volume chegou a 2,26 milhões. Em dezembro, os emplacamentos tiveram uma retração de 9,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, com a venda de 194,6 mil unidades.

Vendas de motos tiveram redução de 15% ao longo do ano

No segmento de motos, onde poderia se esperar um aumento dos negócios em função da maior procura por serviços de entrega em domicílio causado pela pandemia da Covid-19, a comercialização veículos novos no acumulado de 2020, entretanto, teve queda de 15% em relação ao ano anterior, com o emplacamento de 915,5 mil unidades. Já em dezembro, o balanço apresentou um sinal de reaquecimento do setor, com o emplacamento de 98,8 mil unidades, aumento de 5% em comparação com o último mês de 2019.

A redução da movimentação de cargas provocada pela pandemia também afetou diretamente o setor de caminhões, que registrou a retração de 12,3% nas vendas acumuladas no ano passado, quando foram emplacadas 89,2 mil unidades ao longo dos 12 meses.

No entanto, mostrando um cenário semelhante ao do mercado de motos, no mês de dezembro de 2020, o setor de veículos de carga apresentou significativa elevação nas vendas, com 9,6 mil unidades comercializadas, o que representa uma alta de 15,7% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Setor de ônibus foi o que registrou maior queda, com 33% nos emplacamentos

Contudo, quem mais puxou para baixo as vendas totais de veículos em 2020 foi o setor de ônibus, cuja queda alcançou a marca de 33%, com a comercialização de 18,2 mil unidades ao longo do ano. Em dezembro, a redução nos emplacamentos foi ainda maior, com apenas 1,5 mil ônibus comercializados, o que representa a diferença de 36,2% a menos em relação ao último mês de 2019.

Fontes: Fenabrave e Agência Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Agência Brasil