BMW M3 Sedan e M4 Coupé 2021: ousados e potentes como nunca

Novos esportivos trazem o design mais agressivo – e polêmico - de todos os tempos, combinado ao motor de seis cilindros em linha com a inédita potência de 510 cv

BMW M3 Sedan e M4 Coupé 2021: potentes como sempre, ousados como nunca

O BMW Série 3 M – ou M3, simplesmente – é um ícone de desempenho e esportividade desde que foi criado, 35 anos atrás, pela divisão de alto desempenho e competições da marca alemã, a M Performance. Agora, a poderosa versão esportiva do carro mais vendido da marca, o sedã Série 3, chega à sua sexta geração, junto com a primeira evolução do cupê M4. Nessa nova linhagem, os dois modelos ostentam o design frontal mais agressivo já apresentado por eles até aqui, ou demasiadamente extravagante, como afirmam as opiniões divididas do público.

O motivo da polêmica é a nova e imensa grade dianteira, inspirada no design futurista do conceito elétrico BMW INext, revelado em 2018. Consolidando-se, a cada lançamento recente, como a nova identidade global da marca, essa versão ampliada da icônica grade de duplo aro estreou nos modelos de produção no novo sedã Série 7, apresentado em janeiro do ano passado, e replicada no SUV X7. Em junho deste ano, a segunda geração do cupê Série 4 também passou a incorporar a peça superdimensionada, porém com formato mais verticalizado, que remete ao imponente roadster BMW 328 da década de 1930. E é esse mesmo padrão do Série 4 que agora é adotado nos novos M3 e M4. Além do tamanho até exagerado, outro detalhe que joga contra a nova grade é o fato de ela ser atravessada bem ao centro pela placa de licença do veículo, “poluindo” o visual e impedindo que o novo design possa ser visto de forma limpa e integral.

BMW M4 Coupé Competition 2021

Sob o capô entalhado com nervuras e vincos aerodinâmicos, os dois esportivos abrigam a última versão do multipremiado motor de seis cilindros em linha BMW TwinPower Turbo com 3,0 litros de deslocamento, que pode chegar aos 510 cv de potência na configuração de topo Competition (disponível para os dois modelos), acoplado com a transmissão automática Steptronic de oito velocidades; no entanto, para atender aos puristas, a fabricante oferece a opção dos esportivos virem equipados com a caixa manual de seis marchas, proporcionando uma combinação ainda mais emocional e rara no segmento.

Tanto o novo M3 quanto o cupê M4 chegarão ao mercado global em março de 2021, em duas configurações cada, sempre com tração traseira: o M3 Sedan (manual) e o M3 Competition Sedan (automático), simultaneamente com o M4 Coupé e M4 Competition Coupé, com as mesmas composições de transmissão. A previsão é de que os preços comecem em US$ 69.900 (cerca de R$ 400 mil) para o sedã, e em US$ 71.800 (em torno de R$ 411.500), para o cupê.

BMW M4 Coupé Competition 2021

O caráter ousado e superesportivo dos dois modelos é realçado pelas cores exclusivas da pintura externa – e bastante chamativas, como o próprio design -, bem como pelas rodas M Performance forjadas em liga leve, teto moldado em fibra de carbono e o pacote externo opcional M Carbon, que inclui as soleiras, spolier sobre a tampa do porta-malas e o extrator traseiro sob o assoalho.

BMW M3 Sedan Competition 2021

Os novos BMW M3 e M4 trazem desenvolvimentos na carroceria e no chassi, intensamente avaliados nas diversas instalações do BMW Group na Europa, incluindo os testes no desafiador circuito alemão de Nürburgring Nordschleife.

A suspensão M Adaptativa, com amortecedores gerenciados eletronicamente, oferece controle preciso, equilibrando conforto e agilidade. Já o controle de tração M traz uma nova função integrada ao controle de estabilidade que ajusta a intensidade de atuação em casos de subesterço (perda de aderência das rodas dianteiras em curvas) e sobresterço (quando a mesma situação ocorre na traseira) em dez diferentes estágios, selecionáveis pelo motorista de acordo com as suas preferências.

O sistema de frenagem integrado M oferece duas configurações para a sensibilidade do pedal, também selecionadas pelo motorista, e conta com componentes desenvolvidos de forma especial para os novos BMW M3 e M4.

O conjunto dianteiro é formado por pinça fixa de seis pistões e discos de 380 mm de diâmetro, enquanto para as rodas traseiras as pinças são do tipo flutuante (na qual o pistão fica apenas de um lado do disco), com pistão único e discos de 370 mm. Nos dois modelos, as pinças podem vir pintadas em azul metálico, preto ou vermelho, com o logotipo M.

BMW M3 Sedan Competition 2021

Os freios opcionais de cerâmica M Carbon oferecem ainda maior eficiência, pois este material não se dilata mesmo a altíssimas temperaturas, garantindo estabilidade térmica e extrema resistência ao desgaste. O conjunto é complementado por discos dianteiros de 400 mm e traseiros de 380 mm.

As rodas M Performance forjadas em liga leve têm aros com medidas de 9.5J x 18”, no eixo dianteiro, e de 10.5J x 19”, no posterior, montadas com pneus 275/40 ZR18, na frente, 285/35 ZR19, atrás – lembrando que o código “ZR” é a homologação técnica para velocidades de até 300 km/h.

BMW M3 Sedan Competition 2021

O novo motor S58, de seis cilindros em linha e 2.993 cm³ de cilindrada oferece 480 cv a 6.250 rpm e 56 kgf.m de torque, entre 2.650 e 6.130 rpm. Isso permite que o M3 Sedan e o M4 Coupé acelerem de zero a 100 km/h em 4,2 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h, ou 290 km/h, quando equipados com o pacote M Driver.  

Já o motor S58 das versões Competition é retrabalhado para produzir 510 cv a 6.250 rpm e 66,2 kgf.m de torque entre 2.750 e 5.500 rpm, reduzindo o tempo de aceleração de zero a 100 km/h para 3s9 e alcançar as mesmas velocidades finais do motor original. Todos os modelos atingem a faixa vermelha do conta-giros em 7.200 rpm.

BMW M3 Sedan Competition 2021

Os novos BMW M3 e M4 incluem sistemas de resfriamento do líquido de arrefecimento e do óleo lubrificante do motor projetados para resistir às altas temperaturas do uso na pista.

As grandes entradas dianteiras garantem que haja fluxo de ar suficiente para os radiadores de baixa e de alta temperaturas na parte superior da grade. Já o fluxo de ar para a área inferior é usado para resfriar o óleo do motor; os modelos Competition contam com resfriador independente para o lubrificante.

BMW M3 Sedan Competition 2021

O sistema de escape duplo nos novos M3 e M4 combina desempenho e sonorização. Os fãs da marca reconhecerão facilmente as ponteiras duplas cromadas, com acabamento em preto nas versões Competition. Os flaps dos abafadores são controlados eletricamente e fornecem níveis de som confortáveis, reduzindo as frequências sonoras intrusivas.

O usuário tem à disposição a possibilidade de selecionar os modos de condução Sport ou Sport + e, então, aumentar a intensidade do ronco do escapamento para coincidir com a sensação dinâmica do veículo. Há, ainda, o botão de som M, que permite ao motorista reduzir a nota do motor quando desejado e em qualquer modo de condução.

BMW M4 Coupé Competition 2021

Os novos modelos BMW M3 e M4 oferecem a opção de transmissão manual de seis velocidades. Segundo a fabricante, a caixa oferece engates curtos e precisos, e conta com o assistente de mudança que elevao os giros do motor para sincronizá-lo à rotação das rodas nas reduções de marcha.

Este sistema pode ser desligado por meio do menu iDrive por motoristas mais experientes e que preferem fazer o procedimento chamado de punta-taco, quando sincroniza os movimentos nos pedais dos freios, acelerador e embreagem, ao mesmo tempo.

BMW M3 Sedan e M4 Coupé 2021

Outro benefício trazido pela transmissão manual é a redução de peso de 22 Kg em relação à caixa automática, contribuindo para a melhora na relação de peso-potência e na distribuição do peso do carro entre as rodas.

No entanto, a transmissão automática M Steptronic de oito velocidades também permite as trocas manuais, seja por meio da alavanca no console, como toques para trás e para a frente, quanto nas aletas instaladas atrás do volante (paddle shifters).

Novos BMW M3 Sedan e M4 Coupé

Por dentro, os novos BMW M3 e M4 dispõem da tecnologia BMW Live Cockpit Professional e contam com um quadro de instrumentos totalmente digital de 12,3 polegadas (31,24 cm), bem à frente do motorista, e a tela central, sensível ao toque, de 10,25” (26,03 cm).

O mais recente sistema operacional iDrive 7.0 inclui navegação com novos mapas BMW armazenados em nuvem, conectividade sem fio para dispositivos móveis (por meio das plataformas Apple CarPlay e Android Auto), e o BMW Intelligent Personal Assistant, que permite controlar diversas funções do carro através de comandos de voz, como acionar o aquecimento dos bancos ou o ar- condicionado, por exemplo, ou conferir se os pneus estão calibrados.  

BMW M4 Coupé Competition 2021

A assinatura M pode ser observada nos detalhes em vermelho dos comandos no volante multifuncional, revestido de couro, e no botão de partida e desligamento do motor (start/stop) no console central, por exemplo.

Nas configurações Competition, a alavanca de câmbio com interruptor Drivelogic traz a coifa de couro costurada nas cores M Performance (branco, azul e vermelho) e o logotipo da preparadora. Opcionalmente, ambos os modelos podem vir com acabamento interno produzido em fibra de carbono.

Novos BMW M3 Sedan e M4 Coupé

O novo botão de configuração (setup) no console central fornece ao usuário acesso direto às sete opções configurações de uso do trem de força e do chassi. O motorista agora pode usar o controle de toque ou o controlador iDrive para ativar o modo desejado para a resposta do motor, configurações do amortecedor e características ajustáveis de direção e freios.

BMW M3 Sedan Competition 2021

Os novos BMW M3 e M4 estreiam, ainda, o opcional M Drive Professional, tecnologia desenvolvida especificamente para a condução em pista e que funciona como um coach (instrutor), auxiliando o piloto a buscar sempre o traçado ideal e melhorar o tempo de volta constantemente.

O recurso inclui o M Drift Analyzer, que registra a duração, distância percorrida, linha e ângulo de um drift (derrapagem) com uma classificação exibida na tela do painel.

Novos BMW M3 Sedan e M4 Coupé

As configurações Competition receberão, ainda, a opção M xDrive (tração nas quatro rodas), ampliando ainda mais o poder de escolha dos aficionados pelos modelos da BMW M.

Fonte: BMW do Brasil I Texto: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação