Chevrolet Tracker Premier e LTZ estrearão motor 1.0 Turbo

Com isso, itens como acabamento premium, assistente de estacionamento e frenagem autônoma de emergência ficam disponíveis também com o propulsor de entrada

Chevrolet Tracker Premier e LTZ estrearão motor 1.0 Turbo

A quebra da liderança absoluta do hatch compacto Chevrolet Onix no mercado nacional, em julho – até então, ininterrupta pelos últimos cinco anos -, parece ter mexido com os brios da montadora estado-unidense, que decidiu contra-atacar o autor da façanha, o SUV urbano Volkswagen T-Cross.

Apesar de a situação do mercado ter voltado ao velho normal já no mês seguinte, com o Onix reconduzido ao topo do ranking de vendas (e o T-Cross caindo para a quarta posição), a marca da gravata não deixou por menos e preparou duas novidades do Chevrolet Tracker para tentar tirar algum mercado do rival alemão.

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier

Assim, já a partir do próximo mês, o seu SUV urbano passa a oferecer a motorização de entrada 1.0 Turbo, com potência de 116 cavalos, também em suas configurações mais sofisticadas – a topo de linha Premier e a bem equipada LTZ –, sempre acoplado à transmissão automática de seis velocidades. Desde o lançamento da nova geração do Tracker, em março, com motores turbo 1.0 e 1.2, essas duas opções de acabamento são disponíveis apenas com a unidade mais potente (e cara), de 133 cv.

Os preços dos novos Tracker Premier 1.0 Turbo e LTZ 1.0 Turbo ainda não foram revelados, o que deve ocorrer mais próximo das chegadas às concessionárias. No entanto, eles ficarão posicionados na faixa de R$ 96.000 a R$ 115.000, conforme o novo escalonamento de configurações do modelo apresentado pela fabricante (veja a tabela no final do texto).

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo LTZ 2021

Segundo a Chevrolet, a configuração 1.2 Turbo Premier vem concentrando a maior parcela das vendas do SUV urbano. Isso porque, além de vir com o motor mais forte, a opção de topo reúne uma série de itens de conforto e de tecnologias (especialmente as de auxílio à condução), que as opções 1.0 não oferecem.

Ao mesmo tempo, revela a marca, justamente as configurações com o motor 1.0 Turbo são as que apresentam o maior crescimento de vendas. Juntando essas duas tendências apontadas pelos compradores do novo Tracker, a montadora viu aí oportunidade de atender esses consumidores que priorizam a oferta de equipamentos mais sofisticados, mas não fazem questão de contar – e de arcar – com o propulsor mais potente da linha.

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier 2021

Dessa forma, as novas configurações 1.0 Turbo LTZ e 1.0 Turbo Premier chegam para oferecer o melhor dos dois mundos para esta faixa do público, combinando o menor investimento do motor de entrada à extensa oferta de equipamentos avançados de segurança e de conforto como sensor de ponto cego; alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência; assistente de estacionamento; rodas de 17 polegadas; ar-condicionado digital; e acabamento interno premium, entre outros.

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier 2021

Esses novos equipamentos se juntam ao conteúdo de série já disponível para o modelo, incluindo a central multimídia MyLink com Wi-Fi e câmera de ré; sistema de telemática OnStar, com serviços conectados de segurança e proteção; além do aplicativo myChevrolet app para comandar funções do veículo à distância.

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier 2021

Outra importante novidade da linha Tracker 2021 é que o motor 1.2 Turbo passa a ser disponível apenas na configuração Premier; com isso, deixa de existir a opção 1.2 Turbo LTZ. Outra exclusividade da topo de linha 1.2 Turbo Premier é o teto solar panorâmico.

No concorrente T-Cross, o equipamento é oferecido como opcional (pacote Sky View) a partir da configuração intermediária Comfortline 200 TSI, com motor 1.0 turbo, flexível, de 128 cv, totalizando R$ 118.920. No caso do Jeep Renegade, outro forte concorrente deste segmento, o teto solar só é disponível, opcionalmente, para o topo de linha Trailhawk 2.0 Turbo Diesel 4×4 automático, que tem preço inicial de R$ 158.290, mais os R$ 8.490 pelo equipamento.

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier 2021

Com essas novidades, a linha 2021 do Chevrolet Tracker fica mais completa e escalonada, passando a oferecer seis possibilidades de configuração. Os preços vão de R$ 87.490, da opção básica 1.0 Turbo com câmbio manual, até R$ 119.490, da 1.2 Turbo Premier. Confira as opções:

1.0 Turbo MT/AT

1.0 Turbo LT

1.0 Turbo LTZ

1.0 Turbo Premier

1.2 Turbo Premier

Fonte: Chevrolet, VW e Jeep do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação