Novo Peugeot 208 chega ao Brasil em versões flex e elétrica

Feito na Argentina com motor 1.6, hatch é o primeiro compacto oferecido aqui com a opção de tração 100% a bateria. Mas essa, vinda da França, pode ter preço alto demais

Novo Peugeot 208 chega ao Brasil em versões flex e elétrica

O novo Peugeot 208, finalmente, lança suas garras no Brasil. Por causa das medidas de prevenção à pandemia do coronavírus, o plano de lançar a segunda geração do hatch compacto no país em março teve de ser recalculado. No final de julho, a marca francesa confirmou novamente o bilhete do modelo, que, agora, faz seu check in no mercado nacional, poucas semanas após o lançamento na vizinha Argentina, onde é produzido, na planta de El Palomar, para atender o mercado latino.  

Revelado no início de 2019, na Europa – onde acaba de ser eleito o “Carro do ano de 2020” –, o novo Peugeot 208 é montado sobre a novíssima plataforma global CMP (Common Modular Platform) e estreia a mais recente assinatura visual da marca do leão, que este ano está celebrando 210 anos de história, sob o slogan Unboring The Future (desentediando o futuro). Fora isso, o novo 208 traz a recém-lançada geração da central de infoentretenimento Peugeot i-Cockpit 3D®, com projeção de imagens holográficas em três dimensões na tela. O extenso conteúdo de tecnologias inclui, ainda, recursos inéditos entre os hatches nacionais, com destaque para o pacote de segurança Peugeot Driver Assist e os sistemas de alerta de colisão, frenagem de emergência, alarme e correção de mudança de faixa.

Peugeot 208 e-GT 2021

No entanto, mais do que o design atualizado e os equipamentos de última geração, o novo Peugeot 208 é o primeiro modelo do segmento B (compactos) a disponibilizar ao consumidor brasileiro a propulsão elétrica como alternativa ao motor a combustão – no caso, o já conhecido 1.6 16V, flexível, de 118 cv, combinado ao câmbio automático de seis marchas. Disponível exclusivamente para a versão esportiva e-208 GT (a única importada da França), a motorização movida 100%a eletricidade oferece a potência de 100 kW, equivalente a 136 cv.

Por outro lado, a marca retira do catálogo brasileiro a motorização com três cilindros e 1,2 litro, de 90 cv, combinada ao câmbio manual, que equipava as configurações de entrada do modelo. Também deixa de ser oferecido na linha 2021 do hatch o motor turbo 1.6 THP, de 173 cv, que embalava a versão esportiva GT.

Peugeot 208 2021

A linha 2021 do Peugeot 208 flex no mercado brasileiro manterá as quatro configurações de acabamentos do antecessor: Active, Active Pack, Allure e Griffe, com preços que vão de R$ 74.990 a R$ 94.990 (confira, mais adiante, a relação completa de equipamentos e preços). O inédito Peugeot e-208 GT ainda não teve o valor divulgado. Porém, na Europa, essa que é a opção elétrica de topo, seu preço é de 37.550 euros – ou seja, R$ 236.190, ainda sem somar o custo de frete e as taxas de importação, que farão esse valor ultrapassar, facilmente, a casa das três centenas no Brasil. Apenas como comparação, o hatch compacto Nissan Leaf, com motor de 149 cv (13 cv a mais do que do e-208), produzido na Inglaterra – praticamente, portanto, a mesma distância de transporte da França), é oferecido aqui a partir de R$ 209.990. Vale lembrar que a configuração esportiva anterior, 208 GT THP, saía por R$ 85.490.

Por outro lado, no mercado argentino, onde a versão elétrica não será oferecida, o novo 208 contará com uma configuração de entrada com câmbio manual de cinco marchas, a Like, e a opção do motor 1.2, de três cilindros, com 82 cv. E, a partir do início de 2021, nossos hermanos também poderão optar por uma versão turbo desse mesmo motor, com 130 cv.

Peugeot 208 2021

O uso da plataforma global CMP – uma das mais modernas do Groupe PSA, formado pela Peugeot e Citroën -, agrega ao novo Peugeot 208, segundo a fabricante, benefícios como robustez, confiabilidade, maior conforto acústico e térmico, nível de vibração reduzido e melhores índices de consumo (em função do peso e da resistência aerodinâmica menores). Seu conceito modular e multienergia permite adaptar suas dimensões para atender as necessidades de diferentes mercados e ser compartilhada por versões a combustão e elétricas na mesma linha de produção.

Atualmente, ela é produzida em oito países, incluindo o Brasil, desde julho deste ano; a marca ainda não revelou o nome do modelo que utilizará a nova estrutura, mas especula-se que se trate de uma inédita família de compactos – composta por hatch, sedã e SUV urbano -, posicionada abaixo do 208, para concorrer com o Chevrolet Onix e Hyundai HB20, entre outros.

Peugeot 208 e-GT 2021

O novo Peugeot 208 tem no estilo um de seus pontos mais fortes, característica comum aos modelos da marca bicentenária. Lançado, originalmente, em 2013, o 208 é o quarto modelo sucessivo da família 200 (veja a linha do tempo).

Os contornos puros do novo 208 formam uma silhueta arrojada, que evoca a esportividade. Sua carroceria é mais longa, mais larga e mais baixa que a do antecessor, com dimensões de 4.055 mm de comprimento, 1.738 mm de largura, 1.453 mm de altura e entreeixos de 2.538 mm.

Peugeot 208 2021

Nesta segunda geração, o design do hatch associa os elementos da nova assinatura visual Peugeot, caracterizado pelo “olhar felino” na parte inferior, criado pela iluminação totalmente de LED (diodo emissor de luz), no formato que lembra, ainda, os dentes de sabre dessa espécie de predadores.

A aparência frontal é dominada pela peça única que compõe o parachoque e integra perfeitamente a ampla grade, que passa a ostentar o logotipo do leão ao centro. Já o nome do modelo está posicionado bem acima, na extremidade do capô.

Peugeot 208 2021

A traseira do novo Peugeot 208 é caracterizada pelo acabamento em preto brilhante, – também conhecido como black piano –, que se estende por toda a largura da tampa do porta-malas, unindo as lanternas – também dotadas de elementos luminosos na forma de três garras, em sintonia com a aparência dianteira.

Para a pintura externa, esqueça o amarelo visto nas fotos. O novo 208 será disponível por aqui nas opções Branco Banquise (sólida), Branco Nacré (perolizada), mais as metálicas Cinza Aluminium, Preto Perla Nera e Azul Quasar.

Peugeot 208 2021

A Peugeot afirma que o novo 208 apresenta o temperamento dinâmico, seja qual for o tipo de propulsão escolhido. No caso da motorização convencional, o quatro cilindros em linha 1.6 16V Flex desenvolve 118 cv de potência e 15,4 kgf.m de torque, sempre combinado à transmissão automática sequencial de seis marchas, que oferece os programas de condução Eco e Sport.

Peugeot 208 2021

No primeiro modo, as trocas de marcha são feitas de maneira antecipada em relação à operação normal, resultando em maior economia de combustível e menor nível de ruído. Já o segundo programa é o mais indicado para situações em que o motorista prioriza o desempenho, com as mudanças de marcha feitas em rotações mais elevadas do motor. O câmbio oferece ainda a possibilidade de trocas manuais, bastando deslocar lateralmente a alavanca e movê-la para trás ou para frente, conforme a marcha desejada.

Peugeot 208 e-GT 2021

Na versão esportiva208 e-GT, o motor elétrico de imã permanente coloca à disposição do motorista seus 26,5 kgf.m de torque imediatos e 136 cavalos de potência (100 kW), permitindo ao hatch compacto acelerar de zero a 100 km/h em apenas 8,3 segundos.

Há três modos de condução disponíveis. O modo Eco é dedicado à obtenção da maior autonomia de energia possível; já o Drive garante o conforto ideal nos deslocamentos do dia a dia, enquanto o Sport prioriza o desempenho, utilizando-se da potência e torque máximos.

Peugeot 208 e-GT 2021

O modelo também oferece dois modos de frenagem, selecionados na alavanca de câmbio e com programas de regeneração de bateria distintos: o “moderado”, para atuação semelhante à de um veículo a combustão, e o “aumentado”, que permite conduzir o veículo utilizando apenas um pedal, graças à redução de velocidade controlada também por meio do acelerador.

Outro benefício trazido pela plataforma CMP é o volume do porta-malas idêntico ao da versão comum, com 265 litros de capacidade, já que as baterias, que têm o volume de 220 l, foram instaladas embaixo do assoalho do veículo; além de não comprometer os espaços internos, essa solução também ajuda otimizar a distribuição de peso e posicionar o centro de gravidade do carro mais próximo ao chão, resultando em menor inclinação da carroceria nas curvas e maior estabilidade. Já o sistema de suspensão do Peugeot 208 e-GT conta com ajustes e soluções técnicas específicas, com foco, claro, no desempenho esportivo.

Peugeot 208 e-GT 2021

Para rodar com plena segurança pelo Brasil, o 208 e-GT recebeu chapas metálicas de proteção em toda a região do assoalho e, também, na área embaixo do compartimento do motor. As bandejas de suspensão também ganharam reforços. Os pneus do 208 elétrico seguem com as mesmas medidas, mas passam a ser da classe C, mais reforçados.

Peugeot 208 e-GT 2021

A compra do Peugeot 208 e-GT é acompanhada de uma estação para a recarga das baterias de propulsão, desenvolvida especialmente para ser ligada em tomadas convencionais do Brasil, considerando todas as especificações técnicas locais, como padrão da conexão de três pinos, tensão e frequência da rede.

Dessa forma, o 208 e-GT pode ser reabastecido na garagem de casa ou do trabalho, ou, ainda, em dispositivos rápidos, como as estações de recarga posicionadas em grandes cidades e algumas rodovias. A depender da especificação do equipamento utilizado, é possível repor 80% da bateria em apenas 30 minutos, assegura a fabricante.

Peugeot 208 2021

Internamente, o novo 208 traz ao mercado a nova geração da arquitetura conectada Peugeot i-Cockpit. O conceito adiciona o inédito quadro de mostradores à frente do motorista (cluster) com imagens projetadas em três dimensões, combinado ao volante Sport Drive, de diâmetro reduzido e base achatada; painel de instrumentos elevado; central multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas, com conexão ao smartphone por meio das plataformas Google Android Auto e Apple CarPlay; e as teclas de controle das principais funções do novo 208.

A tecnologia holográfica em 3D projeta com destaque no visor principal algumas informações sobre a condução do veículo. As indicações são animadas, aumentando de tamanho conforme o grau de importância ou urgência, contribuindo para a agilidade das respostas pelo motorista e maior facilidade de leitura. A visualização de informações do painel (como conta-giros, mídia em reprodução ou detector de fadiga, por exemplo) pode ser memorizada em dois modos, conforme as preferências de motoristas diferentes.

O conforto térmico também foi revisto com a recalibração do sistema de ar-condicionado, para oferecer o máximo desempenho mesmo em situações de calor desértico, típicas do nosso clima tropical.

Peugeot 208 2021

A adoção da avançada plataforma CMP no novo 208 também permitiu introdução do Peugeot Driver Assist, um conjunto de tecnologias de assistência ao motorista dedicadas à segurança e ao bem estar a bordo. Todas elas são conectadas a uma câmera de vídeo instalada no alto do parabrisa, que faz a interpretação contínua do ambiente aonde trafega o veículo. O mais autônomo desses recursos é o sistema de alerta de colisão: em caso de risco de impacto com veículo ou pedestre à frente, ele dispara avisos sonoros e mensagens no painel, e, se o motorista não reagir, a tecnologia aciona os freios, automaticamente, evitando a colisão ou reduzindo os danos.

Outro dispositivo incluído é o alerta e correção de mudança de faixa, que reconhece as linhas de sinalização da pista (contínuas ou seccionadas); caso seja detectado um desvio da direção, o condutor também é alertado por sinais sonoros e visuais no painel; em último caso, o sistema corrige progressivamente o volante, mantendo o veículo centralizado na sua faixa de rolamento, seja em retas ou curvas.

Peugeot 208 2021

A câmera de vídeo do parabrisa também atua junto ao sistema de auxílio de farol alto, fazendo a análise das fontes luminosas adiante do veículo, permanentemente; quando necessário, o sistema alterna de forma automática entre o farol alta e baixo do novo 208, dependendo das condições do trânsito e de luminosidade. Se preferir, o motorista pode ser desativar a função.

Para fechar o pacote de auxílios ao condutor, o novo 208 vem equipado, também, com a tecnologia de reconhecimento de placas, que detecta e lê a sinalização de limite de velocidade e exibe a informação no painel de instrumentos, que também está conectado ao banco de dados dos mapas do sistema de navegação. Com isso, é possível ajustar velocidade do veículo em função do limite lido pela câmera, por meio do controle do piloto automático, ou, ainda, desativar o recurso.

Peugeot 208 e-GT 2021

Outro item de conforto incluído pelo novo 208 é o carregamento sem fio (wireless) para smartphone, por processo de indução; para iniciar a recarga, basta posicionar o aparelho compatível na área disponibilizada no console central, à frente da alavanca do câmbio.

Peugeot 208 Active Pack 2021

Com as novidades de motorização, a tabela de configurações e preços para a linha 2021 do Peugeot 208 também passou por mudanças. A opção básica Active 1.6 deixa de oferecer o câmbio manual de cinco velocidades e passa a vir equipada com transmissão automática AT6.

O visual externo traz a grade frontal cromada, rodas de liga leve Kenobi de 16” e faixa traseira em preto brilhante. Esses padrões de acabamento são repetidos no interior, vistos na moldura em black piano dos comandos no volante e nos contornos cromados das teclas do painel. Entre os equipamentos de série, estão incluídos a iluminação de rodagem diurna (DLR) de LEDs e o comando interno de abertura das portas. Com isso, o valor da configuração básica do Peugeot 208 salta para R$ 74.990, o que representa um acréscimo de 17,5% (R$ 12.200) em relação à antecessora versão 1.2.

É possível adquirir a configuração básica com uma boa dose de sofisticação, na opção Active 1.6 Pack, incrementada com teto de vidro panorâmico, ar-condicionado digital e câmera de estacionamento traseira, que soma R$ 7.500 ao valor final do veículo, totalizando R$ 82.490. 

Peugeot 208 Allure 2021

Na escala acima vem o Peugeot 208 Allure 1.6, que sai por R$ 89.490 e adiciona ao conteúdo do Active Pack os airbags de cortina; painel com tecnologia Peugeot i-Cockpit 3D e acabamento especial (Slush); partida do motor pelo botão start/stop; volante multifuncional revestido de couro; bancos com forração de Alcantara (tipo de couro com superfície acamurçada); apoio de braço para o motorista; carregador de smartphone sem fio; com comandos de abertura das portas e porta-malas sem chave (keyless), por meio de controle remoto presencial; e ponteira do escapamento cromada.

Peugeot VisioPark 180°

O topo da gama do Peugeot 208 flex é ocupada pela opção 1.6 Griffe 1.6, que custa R$ 94.990 e traz todo o conteúdo da Allure, mais os faróis 100% de LEDs; capas dos retrovisores e aerofólio traseiro com acabamento em preto brilhante; sensores de chuva, de luminosidade (crepuscular) e de estacionamento traseiro; VisioPark 180° (que mostra na tela do painel imagens captadas pela câmera traseira, quando engatada a marcha à ré) e todo o conteúdo de tecnologias semiautônomas do Peugeot Driver Assist.

Peugeot 208 Griffe 2021

Todas as configurações do novo Peugeot 208 com motor 1.6 contam com 3 anos de garantia sem limite de quilometragem e revisões com preços fixos.

A lista de equipamentos e o padrão de acabamentos da versão elétrica 208 e-GT ainda não foram divulgados, o que deverá acontecer junto com o anúncio do preço.

________________________________________________________________________________________________

Fonte: Peugeot do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação