Aeroporto de Montevidéu vira cinema drive-in

Local tem a maior tela ao ar livre da América do Sul e pode receber até 100 veículos. Programação inclui filmes infantis, musicais e produções atuais de Hollywood

Aeroporto de Montevidéu vira cinema drive-in

O Aeroporto de Carrasco, principal terminal aéreo do Uruguai, nos arredores da capital Montevidéu, trocou as decolagens e aterrissagens de aviões por filmes. Isso porque, conforme a reportagem publicada ontem (31) pela Agência Brasil, o estacionamento foi transformado em cinema drive-in após o surgimento do novo coronavírus.

O local, que tem capacidade para aproximadamente 100 veículos, exibe sessões de quinta a domingo. A programação de segunda a quarta é reservada para sessões privadas ou eventos corporativos. Inaugurado no último dia 23, o espaço conta com a maior tela ao ar livre da América do Sul, com 20×16 metros.

Além da exibição dos filmes, há um cenário onde se organizarão espetáculos e eventos musicais. A iniciativa terá duração de dois meses e os idealizadores esperam realizar cerca de 80 exibições durante este período, com mais de 20 mil espectadores. Os ingressos custam 590 pesos uruguaios por veículo (cerca de R$ 73).

As entradas para as sessões são vendidas apenas pela internet e os protocolos sanitários do Ministério da Saúde uruguaio são respeitados, como a obrigatoriedade do uso de máscaras pelos funcionários.

Antes de cada exibição, uma mensagem com as medidas de higiene e prevenção à pandemia é apresentada ao público.

Espaço conta com tela de 320 m² e pode receber até 100 veículos

A programação, atualmente com 11 filmes, é variada e possui obras infantis, como O Rei Leão Dois Irmãos, e adultos, como Bohemian Rhapsody Coringa. Às quintas, sextas e domingos, são exibidas duas sessões e, aos sábados, três. No último fim de semana, foram exibidos Dois IrmãosBohemian RhapsodyO Roubo do Século (El Robo del Siglo) e Sonic.

Ainda de acordo com a reportagem, os cinemas do país estão fechados desde que foi declarada emergência sanitária no Uruguai, no dia 13 de março. Agora, com a abertura do drive-in no aeroporto, os moradores de Montevidéu têm a oportunidade de desfrutar da experiência do cinema sem a preocupação de estarem em locais fechados, como as salas tradicionais. Para muitas famílias, é a primeira saída recreativa com as crianças desde o início do surto de covid-19.

Ingressos e serviços de alimentação são adquiridos pela internet

Os espectadores podem comprar lanches na praça de alimentação do aeroporto ou pelo próprio site drive-in, recebendo os alimentos diretamente no carro, para evitar contatos e cumprir com as medidas de distanciamento físico e prevenção de contágios.

O público também pode utilizar os banheiros nas dependências do saguão do aeroporto, mas com uso obrigatório de máscaras.

Sessões ocorrem de quinta a domingo

Os espectadores também são convidados a fazer doações para a campanha “Unidos para Ajudar”, uma iniciativa de arrecadação de alimentos, produtos de higiene, roupas e brinquedos, que são entregues para pessoas carentes e em situação de vulnerabilidade. 

Aeroporto Internacional de Carrasco, me Motevidéu

Inaugurado em 1947, o Aeroporto Internacional de Carrasco, em Montevidéu, é a principal porta de entrada e saída do Uruguai por via aérea e um dos mais modernos e bonitos do mundo, com a arquitetura futurista e excelente estrutura. Suas instalações foram administradas pelo governo federal até 2003, quando foi transferido para a administração privada, a cargo da concessionária Puertas del Sur S/A. Três anos depois, foram iniciadas as obras do novo terminal de passageiros, com investimento de 134 milhões de dólares.

O projeto foi assinado pelo reconhecido arquiteto uruguaio Rafael Viñoly e, desde sua abertura, em dezembro de 2009, vem recebendo vários prêmios internacionais, entre eles o de melhor aeroporto da América Latina, em reconhecimento ao seu nível estético, funcionalidade operativa e qualidade dos serviços, tornando-se um símbolo de orgulho para os uruguaios.

Fontes: EBC, Aerolifeuy, Wikipedia I Edição Fábio Ometto I Imagens: Divulgação