Jeep inicia vendas do Wrangler Rubicon no Brasil

Topo da espécie dos SUVs autênticos, modelo tem motor 2.0 turbo de 272 cv, câmbio automático de oito marchas, tração 4x4 eletrônica e multimídia com GPS próprio

Jeep inicia vendas do Wrangler Rubicon no Brasil

Agora a coisa ficou séria no terreno dos utilitários esportivos “de raiz” aqui no Brasil. Isso porque, a partir desta semana, a rede de concessionárias da Jeep no país começa a receber os pedidos para o Wrangler Rubicon, o modelo de série com a maior capacidade off-road do mundo, segundo a marca que se confunde com a própria definição de veículo fora de estrada.

Para merecer a patente, o Wrangler Rubicon conta com equipamentos exclusivos, que separam os verdadeiros SUVs (Sport Utility Vehicle) dos demais, como o sistema Rock-Trac, diferenciais de bloqueio eletrônico Tru-Lok, suspensão 5 cm mais alta e pneus lameiros de 33 polegadas, entre outros. Aprovado em outras versões do Jeep Wrangler, o potente motor 2.0 turbo de 272 cv, equipado com sistema stop/start (que desliga e liga a ignição em paradas momentâneas, ajudando a economizar combustível), e a moderna transmissão automática de oito marchas, também estão presentes no Rubicon.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

O Rubicon é a representação máxima do espírito da marca Jeep. Essa configuração mais impetuosa do Wrangler foi lançada em 1997, em homenagem à trilha Rubicon Trail, localizada ao sul do Lake Tahoe, na Califórnia.

Com extensão de aproximadamente 35 km, ela é considerada uma das pistas mais técnicas de condução off-road dos Estados Unidos; e o Wrangler Rubicon encara o trajeto sem a necessidade de qualquer preparação, exatamente como sai da concessionária, gaba-se a Jeep.

Lançada em 2018, a quarta geração do Jeep Wrangler apresenta o design notadamente mais lapidado, porém limpo e imediatamente reconhecível pelas características inconfundíveis do modelo: desde os faróis redondos, grade frontal de sete fendas verticais e parabrisa rebatível, passando pelas caixas das rodas com recortes trapezoidais, portas removíveis e barra anticapotamento, até as lanternas quadradas e estepe aparente na traseira. 

O modelo estreia os faróis totalmente de LED (Diodo Emissor de Luz), que além de mais eficientes – ampliando a visibilidade e a segurança para os desafios off-road na chuva, neblina ou até à noite -, realçam o visual moderno e poderoso do novo Wrangler.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

O suporte do estepe na traseira também foi deslocado em 300 mm para baixo, aproximadamente, a fim de aumentar o campo de visão tanto do motorista quanto dos passageiros; ao mesmo tempo, esse reposicionamento beneficia a estabilidade do veículo, uma vez que reduz a altura do seu centro de gravidade (ponto de equilíbrio do peso de qualquer corpo) em relação ao solo.

Entretanto, o que torna o Jeep Wrangler um modelo inigualável, mesmo, é o fato de ser o único SUV 4×4 autêntico totalmente conversível no mercado, possibilitando diversas configurações para as aventuras a céu aberto. As diferentes posições de uso para o parabrisa rebatível e do teto destacável dá a liberdade de escolha entre múltiplas combinações para o próximo passeio, de acordo com as condições do trajeto e do clima.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

O teto rígido modular Freedom Top é composto de três peças, fáceis de serem manuseadas, que foram melhoradas com a adoção de painéis mais leves e travas simplificadas, agilizando as operações de remoção e de reposição. Essa facilidade se estende às novas portas feitas de alumínio superleve e de alta resistência, também mais práticas de se retirar e recolocar.

Por fim, outra novidade no design que vale destaque está nas barras anticapotamento, que agora trazem apoios de mãos integrados e pintura na mesma cor da carroceria, disponível nas opções Granite Crystal, Black, Bright White e a Punk’n (laranja metálico), exclusiva do Rubicon.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

A configuração que vem para o Brasil, a Unlimited, é equipada com um motor totalmente novo. O 2.0 de quatro cilindros em linha, a gasolina, entrega a potência de 272 cavalos a 5.250 rpm e o torque máximo de 40,7 Kgf.m a 3.000 rpm.

Essa unidade faz parte da família global de motores médios e inclui o sistema stop/start, duplo comando de válvulas no cabeçote (Dohc), com eixos sincronizados de forma independente, e sistema refrigerado de recirculação de gases (C-EGR).

Jeep Wrangler Rubicon 2020

Esta é a primeira vez que o uso combinado do turbo do tipo Twin Scroll (que funciona como duas turbinas em uma), sistema C-EGR, injeção direta central e sistema de refrigeração independente para o coletor de admissão, corpo do acelerador e turbo são empregados juntos. Segundo a fabricante, essa combinação de tecnologias proporciona níveis superiores de desempenho, bem como reduz o consumo de combustível e a emissão de poluentes.

O propulsor é perfeitamente integrado à transmissão automática de oito marchas TorqueFlite, que permite que as trocas sejam ainda mais suaves e rápidas, aprimorando a aceleração e a entrega de força em trilhas off-road, além de mais suavidade no asfalto.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

Para ser capaz de trilhar qualquer caminho, por pior que seja, todo Wrangler já nasce com o selo Trail Rated, que garante as cinco características que a Jeep considera essenciais para um off-road: tração, distância do solo, articulação, manobrabilidade e capacidade de submersão.

Combinando todas elas, a configuração Rubicon – vale lembrar, a mais capacitada da família para o uso fora de estrada -, destaca-se do rebanho por conta do sistema de tração 4×4 Rock-Trac, que inclui eixos Dana 44 de última geração e alto desempenho, e relação reduzida de 4:1. Na prática, esse componente transfere a força do motor com menos giros nas rodas, condição ideal para superar atoleiros, trechos inclinados, pedras, pisos com pouca aderência e demais desafios que a trilha possa surpreender.

Associado a ele, outro sistema eletrônico, o Tru-Lok, bloqueia os diferenciais dianteiro e traseiro, fazendo com que a potência seja distribuída uniformemente, o que se traduz na capacidade de tração impressionante do Wrangler.

O Wrangler Rubicon tem capacidade de reboque de mais de 1,5 tonelada e pode superar áreas inundadas com até 76 cm de altura. Os ângulos de ataque e de saída são de 44 graus e 37 graus, respectivamente – os melhores da categoria, crava a fabricante.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

Outros recursos exclusivos que compõem a personalidade indomável do Rubicon são a barra estabilizadora dianteira com desconexão eletrônica; a suspensão eleva em 5 cm em relação às demais configurações do Wrangler; proteção metálica sob o chassi para evitar o impacto direto com as pedras.

Os pneus lameiros BF Goodrich, de 33 polegadas, oferecem maior área de contato com o piso – algo fundamental para extrair o melhor desempenho de todos os recursos de tração e obter maior controle no off-road.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

Por dentro, a nova geração do Wrangler combina estilo autêntico, versatilidade, funcionalidade e uso intuitivo. A cabine ganhou mais estilo e conforto, graças ao uso de materiais e acabamento de alta qualidade. Os bancos e o console central revestidos de couro sintético, bem como a superfície do painel com material agradável ao toque, têm costura dupla, feita a mão.

O conceito de funcionalidade é notado nos botões de climatização e de volume, no controle do sistema stop/start e nas entradas de recarga e conectividade, desenhados para fácil reconhecimento e acesso pelos ocupantes dianteiros.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

O conteúdo de tecnologias é outro destaque do novo Wrangler Rubicon. A central multimídia Uconnect oferece tela sensível ao toque de 8,4 polegadas, conexão com smartphones por meio das plataformas Apple Car Play e Android Auto, além de sistema de navegação próprio por GPS (Global Positioning System).

Outra exclusividade do sistema Uconnect são as Off-Road Pages, telas exibidas na central multimídia com informações importantes ao se aventurar pelas trilhas, tais como os graus de inclinação lateral e longitudinal da carroceria, modo de tração selecionado, grau de esterço da direção, as coordenadas geográficas e a altitude em relação ao nível do mar, entre outras.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

O pacote de tecnologias voltadas à segurança inclui sensores frontais e traseiros; câmera de ré, com linhas de grade dinâmicas exibidas na tela central; monitoramento de ponto cego e aviso de colisão frontal com alerta de frenagem ativa, que atua mesmo sem a intervenção do motorista, em caso de colisão iminente.

O único obstáculo, no entanto, entre a maioria dos aventureiros e este sonho americano inédito no Brasil é o preço: fabricado em Toledo, no estado de Ohio, o modelo desembarca aqui com preço sugerido de R$ 419.990. 

Para os interessados em adquirir este passaporte para a natureza selvagem, a rede de concessionárias da marca, seguindo as medidas de isolamento social vigentes atualmente, está com sua equipe de vendas atendendo por meio dos canais digitais ou por telefone, incluindo a possibilidade de agendamento de test-drive.

Jeep Wrangler Rubicon 2020

A FCA (Fiat Chrysler Automobiles), dona da marca Jeep, também criou um hotsite dedicado ao novo Wrangler Rubicon, onde é possível configurar o modelo online. Na mesma página, os clientes podem clicar em “Compre o Seu” e, após o preenchimento de um formulário, escolhem a concessionária Jeep mais próxima, a qual entrará em contato para finalização do negócio, com disponibilidade da entrega em domicílio.

Fonte: Jeep do Brasil I Edição: Fábio Ometto I Imagens: Divulgação