Ducati Corse revela pintura para a MotoGP 2020

Atual vice-campeão da categoria, Dovizioso está confiante de que disputará novamente o título este ano. Temporada terá início em março, no Qatar

Ducati revela suas novas cores para a MotoGP 2020

O histórico Palácio Re Enzo, em frente à Piazza Maggiore, em Bolonha, na Itália, foi o palco para o lançamento da equipe Mission Winnow Ducati Team 2020.

Durante o evento, realizado esta manhã, os pilotos Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci, juntamente com os executivos da marca italiana, revelaram as novas cores das duas Desmosedici GP2020 com as quais disputarão o mundial de MotoGP deste ano.

Ducati Desmosedici GP2020: vermelho brilhante e detalhes em preto e cromado

A nova pintura da Ducati Corse, na cor vermelho brilhante, com vários detalhes em preto e cromado, vai ser exibida pela primeira vez, oficialmente, na etapa de abertura da temporada, no dia 8 de março, no Qatar. Mas antes, as duas “macchinas” já poderão ser vistas na pista, em fevereiro, durante as duas baterias de treinos oficiais pré-temporada, que serão realizados em Sepang, na Malásia, entre os dias 7 e 9, e no próprio circuito dos Emirados Árabes, de 22 a 24

A principal categoria da motovelocidade terá o número recorde de 20 etapas na temporada deste ano, que marcará a estreia da Finlândia no calendário.

O vice-campeão Andrea Dovizioso e a Desmodesedici nº9

Para Dovizioso, o ano de 2019 foi interessante, pois o fez entender vários aspectos que vão ajudar a equipe a melhorar e crescer nesta temporada. “No último ano, pela terceira vez consecutiva, terminamos logo atrás de Marc Márquez, um piloto que certamente fez a diferença. Mas nós também fizemos o melhor para desempenhar nosso potencial”, avaliou o atual vice-campeão da MotoGP.

“Cada ano tem sua história e não é fácil prever o que acontecerá em 2020. Mas nosso objetivo é claro: queremos disputar o título novamente”, concluiu.

Após a primeira vitória em 2019, Petrucci correrá com a Ducati nº4 este ano

Sexto colocado no ano passado, Petrucci também se sente motivado para próxima a temporada: “O ano de 2019 foi positivo para mim, apesar de várias dificuldades no final do campeonato. Foi minha melhor temporada na MotoGP em termos de resultado. Conquistei minha primeira vitória em Mugello, numa corrida fantástica em frente à minha gente e dos fãs da Ducati”, lembrou o piloto da Desmosedici nº 9.

“Esse resultado reforçou minha confiança e me motiva a melhorar ainda mais este ano. Sei que nossos rivais estarão de volta mais fortes este ano, mas isso também vale para mim. Eu venho melhorando e crescendo a cada temporada, e este ano quero confirmar meus resultados e dar mais alguns passos em comparação com o ano passado”, finalizou.

Fonte: Ducati Corse I Imagens: Divulgação