Chevrolet Bolt EV, 100% elétrico, tem pré-venda aberta no Brasil

Oferecido na configuração de topo Premier, modelo conta com potência de 203 cv e autonomia de 416 km. Primeiras unidades da minivan desembarcam aqui em fevereiro

Chevrolet Bolt EV, 100% elétrico, tem pré-venda aberta no Brasil

A Chevrolet inicia oficialmente a pré-venda do Bolt EV (Electric Vehicle) no Brasil, com sistema de propulsão que não emite poluentes por onde passa e de baixo custo de rodagem. O modelo estreará no mercado nacional equipado com a nova geração de baterias, que proporciona a maior autonomia da categoria, segundo a montadora.

Produzido em Orion Township, Michigan, nos Estados Unidos, o Bolt EV tem motor 100% elétrico, com potência equivalente a 203 cv, e será oferecido aqui na configuração topo de linha Premier, com preço sugerido de R$ 175.000. A ampla lista de itens de conforto e de conveniência inclui o conceito de segurança em 360º, com câmeras de alta definição.

Chevrolet Bolt EV 2020

As vendas antecipadas do primeiro Chevrolet totalmente elétrico estão abertas em 12 cidades: São Paulo, Campinas e São José dos Campos, no estado de São Paulo; Florianópolis e Joinville, em Santa Catarina; além das outras sete capitais Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Vitória e Brasília.

Os interessados podem fazer as reservas por meio da página da Chevrolet ou diretamente em uma das 25 concessionárias credenciadas, mediante o sinal de R$ 5 mil. De acordo com a marca, o primeiro lote do Bolt EV começa a ser entregue em fevereiro de 2020.

Chevrolet Bolt EV 2020

A carroceria do tipo minivan do Bolt EV mede 4.165 mm de comprimento (69 mm a mais que o Honda Fit, por exemplo, que tem formato semelhante), por 1.765 mm de largura e 1.610 mm de altura. O entreeixos tem 2.600 mm, enquanto o peso de 1.616 kg é distribuído de forma quase simétrica entre as quatro rodas.

Soma-se isso o baixo centro de gravidade, uma vez que a maior parte do peso está concentrada no nível do assoalho do veículo, o que contribui para os excelentes níveis de dirigibilidade e estabilidade do Bolt, de acordo com a Chevrolet. Ao mesmo tempo, a superfície sob o veículo tem perfil plano e fechamento aerodinâmico, o que reduz a resistência do ar e, assim, contribui para reduzir o consumo de energia.

Chevrolet Bolt EV 2020

Esteticamente, a linha 2020 do Bolt diferencia-se pela grade dianteira com elementos em alto relevo, faróis com tecnologia HID e luzes de condução diurna em LED. As lanternas traseiras também têm iluminação totalmente por LEDs. As rodas de liga leve com aro de 17 polegadas são montadas com pneus Michelin Energy Saver A/S 215/50R17, autovedantes, que permitem continuar rodando mesmo com furo.

O novo Chevrolet Bolt EV conta com cinco opções de cores: Branco Summit, Vermelho Glory, Prata Switchblade, Preto Ouro Negro e Cinza Graphite.

Chevrolet Bolt EV 2020

O conjunto de tração do Bolt EV é formado por um motor magnético permanente acoplado à caixa de transmissão, que entrega 203 cv de potência e o alto torque de 36,7 kgfm de forma imediata, uma característica deste tipo de propulsão.

Com isso, as arrancadas de zero a 100 km/h podem ser feitas em 7,3 segundos, além de proporcionar retomadas igualmente vigorosas, elevando a segurança em ultrapassagens. A velocidade máxima é limitada em 146 km/h.

Chevrolet Bolt EV 2020

Outra característica comum aos carros elétricos mais recentes, incluindo o Bolt EV, é que eles podem ser conduzidos no modo “One Pedal” (um pedal).

Ou seja, basta aliviar a pressão no acelerador para que o veículo reduza instantaneamente a velocidade e inicie a frenagem de forma otimizada, a fim de aproveitar a energia cinética dissipada para gerar eletricidade e incrementar a autonomia. 

Chevrolet Bolt EV 2020

De acordo com o padrão norte-americano de medição EPA, o Bolt EV percorre 416 km, em média, a cada recarga completa da bateria, variando de acordo com a forma de condução e a maior utilização do sistema regenerativo dos freios.

Além de mais limpa, a energia elétrica também oferece maior economia por quilômetro rodado. No caso do Bolt EV, a Chevrolet estima que este custo é quatro vezes inferior ao apresentado por um modelo flex do mesmo porte, e menor, também, do que a oferecida pelos híbridos equivalentes em tamanho.

Chevrolet Bolt EV 2020

O Bolt EV chega ao Brasil já equipado com a última geração de baterias de íon-lítio (recém-lançada nos Estados Unidos, onde também é produzida), com capacidade para 66 kWh, o que representa um aumento de 10% em eficiência, por conta da nova composição de seus elementos químicos.

A recarga a partir da rede elétrica é feita por meio de conexão plug in. De acordo com a Chevrolet, as concessionárias credenciadas para comercializar o Bolt EV também estarão aptas a oferecer o aparelho de recarga rápida para ser instalado na garagem do cliente.

Quatro vezes mais eficiente que a recarga numa tomada de 220 volts convencional, o aparelho tem capacidade para abastecer totalmente a bateria em dez horas, adicionando a cada 60 minutos a quantidade de energia suficiente para rodar mais 40 km – distância média percorrida por um motorista comum a cada dia.

Já em eletropostos de alta voltagem, bastam 30 minutos de recarga para o carro rodar mais 160 km, aproximadamente. O comando remoto na chave presencial permite interromper a recarga e destravar o plug de alimentação.

Chevrolet Bolt EV 2020

Por conta da posição das baterias distribuída pelo assoalho plano e do motor elétrico bastante compacto, o Bolt EV oferece espaço interno para os cinco ocupantes superior aos de modelos a combustão de mesmo tamanho.

2020 Chevrolet Bolt EV

Isso vale também para o compartimento de bagagens, que tem capacidade de 478 a 1.603 litros (com os bancos traseiros rebatidos), volumes semelhantes aos oferecidos pelo SUV médio Chevrolet Equinox.

Chevrolet Bolt EV 2020

Entre os itens de conforto, o Bolt vem bancos de couro aquecidos e ventilados. Os ocupantes também dispõem da central multimídia MyLink – que incorpora a tela de 10,2 polegadas compatível com Apple CarPlay e Android Auto -, sistema de som de alta definição Bose e recarga de smartphone por indução magnética (sem fio).

Chevrolet Bolt EV 2020

Para o motorista, uma série de equipamentos propiciam maior comodidade e controle da situação. Bem à sua frente, o quadro de instrumentos é exibido em um painel digital customizável, com tela de 8”.

Fora isso, o Bolt também conta com freio de estacionamento elétrico acionado por botão no console, sistema de partida do motor por controle remoto e sensor crepuscular para acendimento dos faróis.

Chevrolet Bolt EV 2020

O pacote de auxílio à condução inclui o assistente de permanência na faixa; alerta de ponto cego; aviso de tráfego traseiro cruzado; alerta de colisão frontal; e sistema de frenagem automática com detecção de pedestres.

Outra novidade da linha 2020 são as câmeras – agora de alta definição – para visão 360º, que ficam localizadas nas extremidades do veículo e ampliam a visibilidade, auxiliando nas manobras de estacionamento, por exemplo.

Chevrolet Bolt EV 2020

O veículo também conta com o espelho retrovisor central que projeta numa tela as imagens captadas pela câmera de ré. A segurança a bordo é complementada por dez airbags, distribuídos entre frontais, laterais e de cortina.

O Chevrolet Bolt EV conta com três anos de garantia para o veículo e de oito anos para as baterias de íon-lítio. O plano de revisão segue o padrão global da marca para carros elétricos, que têm manutenção bastante simplificada e espaçada, pelo fato de dispensarem as rotineiras trocas de óleo, velas, correia e diversos filtros, por exemplo, como acontece no caso dos tradicionais modelos a combustão.

Chevrolet Bolt EV 2020

As concessionárias credenciadas para distribuir o Bolt EV também estarão aptas a realizar serviços de manutenção. Até os 240.000 km, os principais serviços de revisão do modelo se concentram nas trocas de itens de desgaste decorrentes do uso do veículo, como o filtro do ar condicionado e pastilhas de freios.

Dentro do ainda iniciante segmento nacional de carros totalmente elétricos, o Chevrolet Bolt EV tem como concorrente direto apenas o Nissan Leaf, importado do Japão, no valor de R$ 178.400, que oferece motor de 149 cv, sistema One Pedal e autonomia de 241 km – também conforme o padrão EPA.

Fonte: Chevrolet I Imagens: Divulgação