Linha Volkswagen Delivery ganha transmissão automatizada

Modelos leves 9.170 e 11.180 passam a oferecer maior conforto e segurança, com significativa redução do consumo de combustível, na cidade ou em rodovias

Linha Volkswagen Delivery ganha transmissão automatizada [Divulgação]

A Volkswagen Caminhões e Ônibus vai apresentar ao público em outubro, no Salão Internacional do Transporte – Fenatran -, os modelos leves Delivery 9.170 e 11.180 equipados com a nova transmissão automatizada V-Tronic.

Diferentemente da transmissão automática, que utiliza conversor de torque acionado por óleo hidráulico, o novo sistema que equipará os Delivery usa a caixa sincronizada Eaton EAO-6106, com seis relações de marchas à frente — sendo a última overdrive, para proporcionar economia de combustível em entregas intermunicipais. A montadora destaca que esse câmbio incorpora uma série de soluções e controles inteligentes, que resultam em menor desgaste para o motorista, ao mesmo tempo em que facilita o trabalho do gestor da frota.

Volkswagen Delivery 11.180 V-Tronic [Divulgação}

Segundo a VW, a primeira vantagem é que, em uma aplicação severa, por exemplo, a média é de mil trocas de marcha ao longo do dia. E com a transmissão V-Tronic, essa função passa a ser feita de forma automatizada, o que eleva de forma significativa o conforto do motorista, com melhor ergonomia, menos desgaste físico no trânsito e mais facilidade para manobras.

Ad

Outra vantagem é que o acionamento das funções da caixa V-Tronic é feito por meio de uma chave seletora, o que elimina a alavanca do câmbio e permite o melhor aproveitamento do espaço interno da cabine. Os modelos agregam também um sistema para evitar eventuais trancos que podem ocorrer quando a operação é feita manualmente.

Linha Volkswagen Delivery ganha transmissão automatizada [Divulgação]

Ao mesmo tempo, a segurança também é beneficiada. As trocas de marcha automáticas permitem que as mãos fiquem 100% do tempo no volante, enquanto o condutor pode se concentrar apenas no trânsito. Entre as tecnologias incluídas na transmissão está o auxiliar de partida em rampa “EasyStart”, que mantém o veículo imobilizado por até três segundos após a liberação do pedal de freio, evitando movimentação indesejada em aclives ou declives.

A todos esses ganhos operacionais, afirma a Vwco, ainda se soma a economia: tanto por aumentar a vida útil do conjunto da embreagem como na manutenção. Aliada a isso, a inteligência da transmissão V-Tronic programa o trem de força para que esteja sempre na melhor faixa de rotação. Ao padronizar o desempenho na condução de uma frota de caminhões e minimizar erros na operação, o câmbio automatizado permite ainda uma economia significativa de combustível.


Volkswagen Delivery 9.170 e 11.180 V-Tronic [Divulgação}

A VWcontabiliza que ambos os modelos foram os mais vendidos em seus segmentos de janeiro a julho de 2019. Indicado para aplicação como VUC (Veículo Urbano de Carga), o 9.170 tem PBT de 9 toneladas e é equipado com motor Cummins ISF de 3,8 litros e tecnologia SCR (sem catalisador), que rende 165 cv de potência 61 kgfm de torque máximo. Já o Delivery 11.180, que utiliza a mesma motorização, é homologado para até 11 ton e tem aplicações tanto para operações urbanas quanto para serviços rodoviários de curta e média distâncias.

A montadora ainda não informou os preços dos novos Delivey automatizados, o que deve ser divulgado durante o lançamento na Fenatran.

Fonte: VWCO