Embraer Praetor 600 bate recorde de alcance

Jato bimotor executivo nacional fez um voo sem escalas entre São Paulo e Miami, com mais de 7.200 km, estabelecendo um novo marco no segmento dos médios

Embraer Praetor 600 bate recorde de alcance [Divulgação]

O Embraer Praetor 600 acaba de realizar um voo histórico. O novo jato executivo brasileiro bateu o recorde de alcance para a categoria de supermédios, ao voar, sem escalas, as 3.904 milhas náuticas (ou 7.230 km) que separam São Paulo e Miami, no sul dos Estados Unidos.

O novo Praetor 600, recentemente certificado pela Agência Nacional de Aviação Civil, a Anac, decolou do aeroporto internacional de Guarulhos na manhã de 8 de maio de 2019 e pousou em Fort Lauderdale no fim da tarde.

Em sua primeira operação com destino àquele país, o Embraer Praetor 600 foi configurado para realizar o voo de teste com 1.200 libras de lastro – ou cerca de 540 kg -, equivalente ao peso de seis passageiros e suas bagagens, além dos dois tripulantes.

Embraer Praetor 600 [Reprodução]

A rota utilizada foi intencionalmente mais longa, para evitar o espaço aéreo venezuelano, optando-se por desviar Praetor 600 para oeste e sobrevoar o território da Colômbia. Durante o voo, o avião percorreu trechos com ventos muito mais intensos do que os registrados normalmente nas mesmas regiões, que chegaram até 43 nós (perto de 80 km/h) pela frente.

Seguindo os procedimentos oficiais para aproximação no espaço aéreo de Miami, o Praetor 600 iniciou a descida a 250 milhas náuticas (463 km) do destino, mantendo neste último trecho o nível de voo FL240, limitado a 2.400 pés de altitude (731,5 m). Isso leva o avião a consumir mais combustível, por conta da maior resistência do ar atmosférico a essa altitude.

Embraer Praetor 600 [Reprodução]

Somados todos esses fatores, a aeronave tocou a pista 10R do aeroporto internacional de Fort Lauderdale após a distância voada equivalente a 3.904 milhas náuticas, ou 7.230 km, e ainda cumprindo com todas as reservas técnicas previstas pela Nbaa, a associação nacional de aviação executiva estadunidense.

Segundo a Embraer, a autonomia nominal de 4.018 milhas náuticas do Praetor 600 redefine os paradigmas dos jatos executivos supermédios em todos os aspectos, incluindo conforto, tecnologia, eficiência e desempenho. O alcance intercontinental de 3.900 milhas náuticas (7.223 km) do modelo também permitirá ao modelo voar sem escalas entre Londres e Nova Iorque, com quatro passageiros e reserva Nbaa. Fora isso, o novo jato executivo médio oferece a melhor altitude de cabine do segmento, a 5.800 pés (1.767 m).

Embraer Praetor 600 [Divulgação]

O Praetor 600 é o primeiro jato do segmento supermédio com comandos de voo full-fly-by-wire, ou seja, totalmente sem uso de cabos mecânicos de acionamento, e com redução ativa de turbulência, o que de acordo com a fabricante proporciona voos mais suaves e eficientes.

A aviônica de última geração no Praetor 600 – que é o conjunto de equipamentos e programas eletrônicos de bordo para o controle de voo – conta com os mais avançados recursos como Autothrottle (acelerador automático), Autobrake (freio automático) e o Hud/Enhanced Vision System, tecnologia de realidade aumentada que projeta dados digitalizados em uma tela transparente posicionada à frente do para-brisa.

A cabine dde passageiros do Praetor 600 conta com o maior espaço interno entre os jatos supermédios, proporcionado pela altura de 1,83 m com piso plano. O ambiente desenhado dentro do conceito Embraer DNA Design oferece oito poltronas totalmente reclináveis, que podem ser convertidas em quatro camas, além de cozinha, lavabo privativo com toalete a vácuo e área de bagagem.

Veja mais detalhes do primeiro e histórico voo do Embraer Praertor 600 aos Estados Unidos: