Volvo FH gasta até 10% menos diesel com nova tecnologia nacional

Programação do motor desenvolvida no país identifica a necessidade real de torque e de potência, controlando a injeção de combustível de forma ainda mais precisa

Volvo FH gasta até 10% menos diesel com nova tecnologia nacional [Divulgação]

Exatamente neste momento em que o Brasil discute políticas de controle de preço do óleo diesel e de sua implicação na tabela do frete para o transporte rodoviário de cargas, a Volvo coloca o time em campo e apresenta uma solução que agrada a frotistas e autônomos.

Chamada de Aceleração Inteligente, a nova tecnologia desenvolvida por engenheiros da marca no Brasil aprimora o software (programa computacional) de controle do motor, que resulta na redução do consumo de combustível do caminhão.

Volvo FH 460 6×2 2020 [Divulgação]

Segundo a fabricante, a novidade se baseia em algoritmos (cálculos eletrônicos) de última geração desenvolvidos pelos engenheiros brasileiros, que identificam a necessidade real de torque e potência conforme as condições de topografia, carga e condução da América Latina. A partir desses dados, o gerenciamento da injeção de combustível controla o envio do diesel para o motor de maneira mais precisa para cada momento.

A nova tecnologia está presente em toda a linha 2020 dos Volvo FH, FM e FMX, disponível nas concessionárias da marca no país a partir deste mês de abril.

Volvo FH 540 6×4 [Divulgação]

Também de acordo com a Volvo, os testes de campo mostraram economia de até 10% em consumo, dependendo do tipo de aplicação, carga e estrada. Para chegar esse índice, a fabricante comparou os resultados obtidos de diversos veículos equipados com a nova tecnologia aos de modelos da geração atual.

Após mais de 1 milhão de km em testes em operações rodoviárias e fora de estrada, com clientes que transportam cargas em todas as regiões do país, com implementos, cargas, topografias e estradas diferentes. Nas composições mais pesadas, que trafegam por estradas com topografia acidentada, os ganhos foram maiores.

Volvo FH 460 6×2 2020 [Divulgação]

A Volvo ressalta, no entanto, que a redução de consumo de combustível pode variar em função da velocidade, especificação técnica, carga, topografia, condução, manutenção e condições climáticas, entre outros fatores.

Além de um novo software de gestão de injeção, os motores do FH, FM e FMX ganharam também novos componentes internos que contribuem para a economia de combustível. Entre eles, as camisas de cilindro com rugosidade mais eficaz; anéis raspadores de menor atrito; unidades eletrônicas com maior memória e processamento mais rápido; e o turbo com geometria mais eficiente.

Outra novidade é o lubrificante Volvo VDS 4.5, que aumenta os intervalos de troca em até 33%, comparado ao óleo recomendado atualmente.