Nissan Frontier começa a ser produzida na Argentina

Nova geração da picape dividirá linha de montagem com as versões da Renault e Mercedes-Benz. Brasil será o principal mercado de exportação do modelo

Nissan Frontier começa a ser produzida na Argentina [divulgação l Nissan]

A Nissan lançou oficialmente hoje a produção da picape Frontier no Complexo Industrial da Renault em Córdoba, na Argentina. A nova linha de manufatura terá capacidade para produzir 70.000 veículos por ano – dos quais 50% serão destinados à exportação – para as empresas-membro da aliança Renault e Nissan, bem como para a Daimler, proprietária da marca Mercedes-Benz.

O Brasil será o primeiro mercado a receber a Frontier feita no país vizinho, porém a Nissan ainda não confirmou quando ela chega por aqui, nem se encerrará a atual produção do modelo na planta da Renault em São José dos Pinhais, no Paraná.

Nissan Frontier começa a ser produzida na Argentina [divulgação l Nissan]
As picapes de uma tonelada Nissan Frontier, Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X compartilharão componentes estruturais, mas preservarão a identidade das respectivas marcas, com características distintas de design. Segundo a Nissan, o projeto de manufatura de Córdoba é resultado de um investimento de US$ 600 milhões para construir uma linha de produção moderna exclusiva para a montagem de picapes, além de uma pista de testes dedicada a estes veículos.

Nissan Frontier começa a ser produzida na Argentina [divulgação l Nissan]
Com o início da fabricação em Córdoba, a Nissan Argentina passa a fazer parte da rede mundial de produção da Nissan Frontier, junto com a Tailândia, China, México e Espanha, consolidando sua posição entre as principais fabricantes de veículos na Argentina.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário